2 de fev de 2016

O despertar do príncipe • Colleen Houck


Deuses do Egito #1
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414363
Páginas: 384
Comprar
Quero que você entenda, antes de tudo, que Cassandra Clare é minha autora favorita da vida. Cassandra Clare, essa, que já escreveu nove livros no mesmo cenário e planeja vir com mais doze - sem nem contar bônus. Dito isso, visto que não sou exigente com autoras que sabem explorar seu potencial - desde que faça direito de um modo cheio de feels. 

E histórias de príncipes de Colleen Houck sabemos bem que é algo cheio de feels.

Aos 17 anos, Lilliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, só usa roupas de grife, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Mas para isso ela precisa seguir algumas regras: só tirar notas altas no colégio, apresentar-se adequadamente nas festas com os pais e fazer amizade apenas com quem eles aprovarem. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia — na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, em busca dos outros dois irmãos adormecidos, numa luta contra o tempo para realizar a cerimônia que é a última esperança para salvar a humanidade do maligno deus Seth.

A semelhança

No geral, é uma história bastante parecida, com personagens que carregam a essência daqueles que deixaram Houck conhecida. Acho que foi isso que trouxe tanto as críticas acusando de auto plágio, síndrome de Rick Riordan que encontra Nicholas Sparks. Porém, se deu certo antes, por que não agora? Se a leitura ficar tão viciante como A saga do tigre, é sucesso. E digo pra você: é sucesso.

A protagonista

Lily é uma boa protagonista.Alguns problemas de auto estima, mas trabalhados de modo que permite ao leitor acompanhar seu desenvolvimento pessoal enquanto ajuda Amon numa missão épica. Ela não tem aquela coisa toda do rabanete (lembra do rabanete? Sou traumatizada com o rabanete), e é bem gratificante ver como ela não esconde seus sentimentos abaixo de sete pedras. 

A mitologia

A mitologia da autora é ótima. A aventura é bem desenvolvida, com momentos de tensão, agonia, aquela vontade marota de poder entrar no livro para ajudar - mesmo que isso arrisque a vida. A autora conseguiu evoluir equilibradamente os acontecimentos para que o momento introdutório de explicações chegasse em cenas de aflição acima de aflição. 

O romance

Três irmãos. Um muito parecido com Ren, um muito parecido com Kishan, um muito meio termo. Todos bastante sedutores, obviamente. Mesmo assim, acredito que Houck não vai fazer a louca do quarteto romântico e, dessa vez, os irmãos vão respeitar o que viu primeiro. Claro que parece ser uma série cheia dos plot twists, como a autora faz bem, porém ainda mantenho Lily e Amon como OTP. E nossa, como preciso de uma continuação para continuar desenvolver essa relação.

Óbvio que eu recomendo

A única coisa verdadeiramente péssima sobre O despertar do príncipe é que a continuação só sai no meio desse ano - NA GRINGA. Mais uma série que viciei bonito, viciei forte, viciei pra vida. Eu adorei o andar das coisas, as tiradas espertas, a narrativa divertida e a forma como todos os personagens se encontraram e combinaram. Sim, parece o Tigre, porém o Tigre é um dos meus favoritos, so...

Um comentário:

  1. Todo mundo fala tão bem dessa série que morro de vontade p/ ler, assim como a saga do Tigre. Amo histórias sobe mitologias e com romance. Abraços, adorei a resenha ^-^

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!