16 de fev de 2016

Daisy está na cidade • Rachel Gibson


Lovett, Texas #1
Autora: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros
ISBN: 9788584840045
Páginas: 320
Comprar
Bagagem é a palavra de ordem de Rachel Gibson. Honrando sua fama notória de romancista, a autora já aprendeu que construir relacionamentos do zero é um caso de 50/50 em livros, enquanto retomar algo com um passado sobem as chances de sucesso para 80/20.  Com Daisy está na cidade, subiu para 100/0.

Daisy Lee Monroe está de volta a Lovett, Texas, e depois de muitos anos descobriu que pouca coisa mudou. Sua irmã continua uma louca e sua mãe ainda tem flamingos de plástico rosa no quintal. E Jackson Lamott Parrish, o bad boy que ela havia deixado para trás, ainda é tão sexy quanto antes. Ela gostaria de poder evitar este homem em particular, mas ela não pode. Daisy tem algo a dizer para Jackson, e ela não vai a lugar nenhum até que ele escute.
Eu já li vários livros de Gibson e gostei da boa maioria, porém nenhum foi uma leitura tão ótima quando Daisy está na cidade. A fórmula é aquela mesma, assim como o cenário sulista e os personagens secundários caricatos - só que há algo aí, meus caros, que fez toda a diferença na soma final. Algo que não sei explicar, não consigo mensurar e nem dizer para você especificamente o que é. O toque especial é algo discreto e gracioso, e isso é tudo que posso afirmar.

Acho que há um toque muito jovial na história. Daisy e Jackson são adultos, porém seu relacionamento começou ainda no ensino médio, o que acaba por trazer todo um plot parecido com a típica história de high school, aquela bem clichêzona que amamos. Então, mesmo com os protagonistas já crescidos, a época em que Daisy usava uniforme de cheerleader e Jackson era "o cara" se torna relevante para o enredo, e eles voltam a esses tempos levando o leitor na mochila. Hum, é possível que seja isso que fez a diferença. Hum.

Outra coisa que me surpreendeu muito na escrita de Gibson é que mesmo quando as coisas não andavam, elas não ficavam paradas e maçantes. Existe um ponto do enredo que você quer que chegue logo pois, como leitor, você tem as informações do que seria o plot twist do relacionamento de Daisy e Jackson - resta, então, ~chegar ao momento~. O que demora. O que me deixou angustiada. O que me fez ler páginas aleatórias do meio e do final do livro para calcular quanto faltava. Mas, apesar disso, não é chato esperar a coisa acontecer. O caminho é bem divertido, inclusive. É inusitado querer tanto avançar na história, mas ao mesmo tempo querer parar para curtir mais a situação. Possivelmente um caso daqueles livros que pecam por serem curtos demais mesmo quando tem tamanho apropriado.

Eu renovei meu animo para ler Rachel Gibson. Daisy está na cidade foi uma surpresa, pois quando se espera mais do mesmo, dar de cara com a velha forma superando as expectativas é algo incrível. Sem dúvida, é o melhor livro da autora entre os que conheço - e mal posso esperar para conhecer outros mais!
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!