20 de jan de 2016

A sereia • Kiera Cass


Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
ISBN: 9780130427014
Páginas:368
26/janeiro nas livrarias
A Sereia é o primeiro livro de Kiera Cass. É estranho conhecer tanto da escrita de uma autora, mas não saber como foram seus primeiros passos editoriais. A gente sabe que Cass é romancista, é clichê, não é política, não mede muito bem o tempo, e mais outras várias coisas que quatro livros de A Seleção nos deram como certeza. Mas a gente não sabe como Cass evoluiu para chegar ao best seller do New York Times. Certeza que essa é a pergunta de um milhão de dólares.

Então: mitologia de sereias. Não lia isso há muito tempo, desde um livro homônimo que era muito ótimo até sofrer da maldição do segundo livro. Enfim, uma história antiga, não é sobre ela que quero falar hoje. A sereia de Kiera Cass é sobre uma garota, Kahlen, que, coagida pela Água, uma entidade, se torna uma sereia por 100 anos, cantando, seduzindo e matando, em troca de uma vida única e especial. Em troca de vida, sendo mais especifica. Na ideia de Cass, sereias são servas da Água: devem alimentá-la com humanos de tempos em tempos e cumprir suas regras em silêncio, literalmente. 

Obviamente, como já conhecemos a autora e certas coisas nunca mudam, o livro ganha forma quando Kahlen conhece um garoto humano. EITA ARIEL FEELINGS. Akinli é Maxon um garoto simpático, que a vê além da beleza mitológica e não se incomoda de ela não poder responder. Akinli é aquele cara que faz todo silêncio parecer uma música legal, e é óbvio que a menina sereia que está no mundo há quase 100 anos e não fala com ninguém vai se apaixonar por ele. Kiera Cass sempre foi clichê, afinal.

Eu não me importo com histórias batidas, então claro que isso não foi um problema para mim. A conveniência como as informações são soltas e a facilidade com que a solução aparece mesmo quando os problemas parecem sufocantes não é irritante at all. Faz parte das histórias young adult urban fantasy. Se você quer inovação, claro que não está interessado em um livro de Cass. E falo isso com amorzinho.

O que eu notei e me fez tirar uma estrela da classificação final é que a autora estava numa trama repleta de possibilidades que não explorou. É como quando ela quis tornar Seleção uma obra distópica repentinamente, e não colou já que foi súbito e mal explorado. Dessa vez, a coisa toda não passou de uma sugestão. Há indícios que, nos últimos tempos, a entidade Água tem enfraquecido. Sustentabilidade? E os negócios de violência doméstica e cultura indiana? Caminho das Índias me mostrou que tem muito mais aí para tirar assunto. Porém essas coisas não passaram de detalhes do plano de fundo para Kahlen e Akinli se apaixonarem. Poderia ser o divisor de águas (sacou? sacou?) dessa história, de algo legal para algo que vale realmente a pena notar a existência.

A Sereia é uma gracinha, com personagens muito bons (principalmente os secundários), e uma mitologia interessante, embora pouco explorada. Talvez a pressão de ser um standalone tenha feito a autora correr com o que poderia ser um diferencial, ao invés de ficar no mais do mesmo. Porém é um mais do mesmo divertido, e adorei ler jogada dentro de água, como uma sereia de duas pernas. Corre que ainda dá tempo de ler nas férias!

5 comentários:

  1. Eu sou completamente apaixonada pela escrita da Kiera, porque eu amo um romance clichê e isso é o que ela sabe fazer de melhor. Hahaha Eu cheguei a ler uma prévia desse livro e não gostei muito. Mas depois de ler sua resenha, eu resolvi dar outra chance para essa história.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu amei A Seleção, então quando soube que iria sair um livro diferente da autora, fiquei curiosa. Confesso que não é muito o meu gênero livro sobre sereias, alias, nunca li nada por falta de interesse mesmo (alem de A Pequena Sereia haha), mas eu acho a escrita da Kiera tãaaaao gostosa, que vou dar uma chance pro livro. Não me importo com clichês também, pelo contrário, gosto deles rs
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Me encanta a escrita da Kiera, sou super fã dela.
    Li a série A Seleção e AMEI, bem amadinho rs!
    A Sereia, parece ser outra leitura bastante agradável.
    Espero poder conferir em breve.
    Está na minha lista de desejados.
    Mesmo você tirando uma estrelinha, continuo super ansiosa pra ler e espero não me decepcionar haha
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Eu Amo a escrita da Kiera Cass e amo mais ainda livros de Sereia e quero muito ler esse e quero também o filme dele e da serie A seleção, sou apaixonada pelos livros da seleção
    bjss

    ResponderExcluir
  5. Eu Amo os livros dela e ainda juntou com minha escritora favorita com Sereia que eu Amo muito nossa e ainda vem com uma cartinha, PRECISO PRA ONTEM kkkkkk e já quero o filme dele e a serie da seleção
    bjss

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!