16 de jul de 2015

Vango — Timothée de Fombelle


Vango #1
Autor: Timothée de Fombelle
Editora: Melhoramentos
ISBN: 9788506077481
Páginas: 360
Comprar
Por mais que fantasia não seja meu gênero favorito no momento, sempre tenho espaço para um steampunk. Isso porque amo esse tipo de história? Nope. Minha garra em desbravar esse gênero flopado é a esperança de achar algo tão genial quanto o prometido pelos jornalistas quando o gênero surgiu e era must read. Vango, infelizmente, ainda não é esse livro. Mas o que posso dizer é que a busca está sendo interessante.

Vango é o primeiro volume de uma série homônima, que segue um protagonista também chamado Vango, um garoto prodígio estranho, que fala vários idiomas, escala prédios com facilidade e foge da polícia no dia e momento que seria ordenado padre. O mistério fica na conta de que se isso foi justificado e ele é culpado de algo, ou se é mais um fruto de sua paranoia diagnosticada. Vamos comentar sobre o quão sagaz é colocar um personagem paranoico como personagem principal de algo repleto de aventura? Quando faz isso, o autor está dando liberdade para uma síndrome de perseguição com inúmeras ramificações. É uma daquelas tramas que as vezes ficam melhores na minha cabeça, porém eu nunca desisto de encontrar autores com a minha criatividade.

O livro segue Vango, mas também apresenta vários outros núcleos - o que é o maior tiro no pé na soma geral das coisas. Por mais que os personagens tenham história para contar e a variedade de plots se complemente, ainda assim é muita gente para entender logo de cara. Confesso que o inicio é bem atrapalhado e fiquei confusa tentando dar uma linha para cada nome francês que aparecia.

Como a história é ambientada em meados da segunda guerra mundial, na Europa, a presença de personagens reais e históricos é bem forte. Temos Hitler e generais fascistas incitando o ódio, além de uma série de outras pessoas, listadas no final do livro junto de uma breve descrição. Esse contexto é deveras importante para a construção do gênero, e achei bastante bem feito. Contudo, levanto o problema que falei antes: muita gente, muita confusão. É tanta coisa acontecendo, com tantas referências, que não dá para aproveitar o conjunto geral. Além de que posso ser de humanas, mas história definitivamente não é a minha praia.

Eu gostei de Vango, mas vejo a chance de ter adorado se tivesse sido menos confuso. Menos é mais, lembra? Menos personagens, menos arcos, menos divagação = menos confusão. Menos mistério também, mas quem é que precisa de um protagonista cujo nome do meio é Incógnita? A leitura se arrasta porque é difícil se inserir, porém a boa ideia Timothée de Fombelle está ali, bem firme na narrativa. Vai de você arriscar ou não.

PS: A diagramação está linda, preciso falar! As letras são vermelhas, há algumas ilustrações e, no final, há algumas informações extras sobre a parte histórica. 

3 comentários:

  1. Olá, Joana! Tudo certo?
    Bem, eu adoro história e quero muito me arriscar no gênero steampunk, mas até agora ainda não li nada desse estilo literário. Preciso achar o livro certo e me esbaldar!
    É meio ruim mesmo quando no primeiro livro de uma série o autor joga mil e uma informações sobre mil e um personagens, acerca de mil e uma situações. Mas continua lendo e me diz se vale a pena. Se valer, até me arrisco, porque esse Vango parece ser um carinha loucamente agradável.

    Um abraço!

    Blog || FanPage

    ResponderExcluir
  2. Estou doida pra ler esse livro, história interessante, parece bem eletrizante e envolvente e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi isso tudo que estão dizendo.

    ResponderExcluir
  3. Estou com vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!