1 de jul de 2015

Batida do coração — Katie Ashley


Batida do coração — Runaway Train #2
Autora: Katie Ashley
Editora: Pandorga
ISBN: 9788584420247
Comprar
Meu primeiro contato com Katie Ashley foi péssimo - não tenho nada de positivo para falar a respeito de A proposta. Meu segundo contato, por vez, foi o contrário: eu amei - embora, como todo new adult, eu tenha coisas a reclamar. Por motivos óbvio, então, eu quis ler a continuação de Runaway Train, Batida do coração. Nesse exato momento, Katie Ashley soma mais qualidades e A proposta parece apenas um desvio de padrão que não é para ser levado em consideração.

No segundo volume da trilogia Runaway Train, o personagem principal é AJ, o baterista que eu sei que, se você leu Música do coração, você lembra. AJ é divertido, lindo, egocêntrico e adora seduzir em espanhol. Quem não cai - aparentemente - em suas investidas é Mia, uma enfermeira que nunca tinha ouvido falar da banda vencedora de Grammys. Ela teve o coração partido, passou por poucas e boas (ou muitas e péssimas), e não aceita nada além de um fim de semana com o cara. AI PROTAGONISTAS DE NEW ADULT, JÁ OUVI ISSO ANTES!

Eu cometi o erro grave de ler a sinopse da quarta capa. Deixe eu falar sobre a sinopse oficial: é um spoiler puro. Quando eu estava na escola, a gente fazia resumo de livros e contava o final. Se o livro existisse naquela época, meus colegas desonestos só copiariam a sinopse, pois está TUDO ALI. Não leia, é sério. Perde muito da graça quando você está tentando entrar na história esperando uma coisa logo no inicio, e leva 250 páginas para chegar no ponto alto da sinopse, sabe? A impressão, mesmo que não seja totalmente verdadeira, é que o enredo não está andando. Se eu não soubesse o desenvolvimento, eu talvez achasse o fluxo de narrativa normal, mas como não...

Achei também que, diferente do outro livro, não houve aquela base emocional para o relacionamento. É extramente sutil o modo como surgem sentimentos, que passa de uma ficada ocasional para algo mais sério. AJ é um personagem naturalmente encantador, então você não tem como saber se aquele é seu comportamento comum ou se tem paixão envolvida. Assim como Mia, que tem uma carga muito pesada para carregar nas costas, mas fica levando o leitor em banho maria, sem falar de verdade o mal que a aflige. São pequenas coisas que poderiam fazer diferença na composição da história, dando uma profundidade que aquelas cenas de pegação não dão. Desculpa, porém pois é né migos.

Tenho a mania de ler em português e traduzir para inglês para treinar o cérebro. É bobagem, mas as vezes ajuda a perceber trocadilhos interessantes para o enredo que foram perdidos na tradução. Por exemplo, tem um momento que o filho de Brayden, companheiro de banda de AJ, pergunta se Mia é namorada de AJ. AJ responde que ela é uma garota, e sua amiga. Não faz sentido em português, mas, em inglês, o garoto pergunta se ela é sua girlfriend, e ele diz que Mia é girl e sua friend. Fiquei chateada que essa, entre outras coisas, ficaram falhas. A narrativa de Ashley é legal, e tenho vontade de ler no original para ver se tem mais algumas boas tiradas escondidas.

A ultima coisa que preciso declarar meu amor é que AJ e Mia formam um dos casais mais legais de new adult. Eles agem como iguais, e isso é raro - sempre tem um que lambe o chão em que o outro pisa. Não aqui, bebês. E, com isso, apesar das várias pequenas falhas, eu gostei bastante de Batida do coração. Ainda prefiro Música, mas estou animadíssima para o terceiro e último, protagonizado por Rhys. Quero ver amadurecimento em todo mundo como foi com Abby, do outro livro para este.

2 comentários:

  1. Ainda não li o primeiro livro, curto muito um new adult e essa resenha me deixou ainda mais interessada em conferi essa história que ser ótima.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!