11 de mai de 2015

Que tal esta noite? — Bridie Clark


Que tal esta noite? — Pense rápido! #1Autora: Bridie Clark
Editora: Verus
ISBN: 9788576863656
Páginas: 204
Comprar
Eu nunca tinha lido livros interativos de você-escolhe. Sabia que existiam, mas não eram exatamente fáceis de encontrar e me causam certa estranheza. Mas se de um lado é uma narrativa ~exótica~ meio pobre (sempre são), do outro é a certeza que os personagens vão receber um final digno do acordo com o você quiser. Se não gostar, tem outro e pronto. Acho útil.

Que tal esta noite? é o primeiro livro da série Pense rápido!, e foi meu primeiro contato com esse método nada convencional de contar uma história. A personagem é você, que estuda numa das escolas particulares mais conceituadas da America, e vai junto das suas amigas para o Sonho de uma noite de verão, a melhor festa do ano. Ou não vai, porque quem escolhe seus passos é você.

Não sei muito bem como julgar o livro, já que foi meu debut no gênero e não tenho antecedentes para saber como esses livros são feitos. Porém, de acordo com o que eu acredito ser verdade, Que tal esta noite? está bem de acordo com o esperado. Existe um jeito que eles livros devem ser escritos e, sim, é mediano, mas também é difícil fugir do formato.

São 204 páginas. Você começa a fazer suas decisões desde o primeiro capítulo. É uma escrita bem enxugada, sem divagações, afinal, quem sabe o que você está sentindo e pensando é você mesmo, não? Então, com várias alternâncias, as histórias se tornam absurdamente curtas. Cerca de 25 páginas e você começou, escolheu e terminou. Se eu não tivesse bisbilhotado outras escolhas paralelas, teria acabado com o livro em 20 minutos.

Eu não sabia o que esperar e descobri que não gosto desse tipo de livro. Ainda assim, acredito que Que tal esta noite? é bem adequado ao que se propõe. É um livro fácil, mas que não gera empatia nenhuma. Se você gosta do tipo ou sente curiosidade, acredito que esse livro seja bem ok... Porém não irá, jamais, substituir o lot of feelings de uma boa e velha narrativa corrida.

Um comentário:

  1. sempre que vejo livros assim me lembro daqueles quiz da revista capricho que eu respondia quando era criança hahahaha
    nunca li nenhum dos livros deste gênero, mas sei lá, acho que não iria gostar
    para mim o livro tem que tem um começo, meio e fim, e nada desse negócio de poder mudar o final... gosto de ficar revoltada com as autoras quando eu não gosto do final que elas escolhem --'

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!