13 de mar de 2015

Remembering us — Stacey Lynn



Sexta feira. Dia de resenha de livro gringo. Aqui. Oficial. É sério, pode cobrar.


Autora: Stacey Lynn
Editora: Montakle Romance
ISBN: 1494929708
Páginas: 305
Comprar

Li dois livros de Stacey Lynn e virei fã da escrita da autora. Depois disso, de duas experiências maravilhosas e que figuram a lista de favoritos de 2014, eu fiquei certa que precisava ler toda obra que ela lançasse na vida. Todos tem que ser tão excelente quanto os que eu já tinha amado, certo? Pois então: sim! Pelo menos Remembering us é (quase) tão amorzinho quanto Just one song e Just one week, aqueles lindos ♥

Amy tem a vida inteira planejada pelos pais. Ela entrou numa faculdade de prestígio, tem um namorado muito promissor, o futuro garantido e um armário cheio de vestidos. Só que, de repente, Amy acorda formada, trabalhando num café e morando com um desconhecido. Ah, e com muitas camisas xadrez no lugar de vestidos. Ela sofreu um acidente e perdeu a memória temporária, e agora precisa conhecer a pessoa que se tornou. E os motivos que a levaram a se tornar tão diferente de como se lembra.

Vários livros já apostaram nesse plot de fazer a pessoa esquecer uma parte da vida para então rolar aquela coisa de "como se fosse a primeira vez". É enredo de sessão da tarde, a gente já sabe. Mas, dependendo do autor e da criatividade, é algo que pode funcionar muito bem. Sophie Kinsella, por exemplo, acabou por fazer uma comédia excelente com Lembra de mim?. Stacey Lynn, que arrasa nos romances e uma pitada de drama, fez exatamente o que sabe fazer bem: encantar o leitor.

Particularmente, acho essa trama um pouco confusa. Essa experiência de perder parte parcial da memória é algo que, acredito, pouca gente vivenciou, então se colocar no lugar dos personagens se torna uma tarefa bastante complicada. Nós temos apenas a visão de Amy da história, e ela é uma garota que não se conhece. Ela não sabe nada sobre si mesma, sobre a pessoa com quem vive, sobre as escolhas que fez. Sua melhor amiga também não é boa em dar respostas - o que eu, sinceramente, achei duvidoso e irreal. Como assim você pode ajudar sua melhor amiga a recuperar lembranças, mas fica quieta para que ela se esforce? Dá um tempo, né.

Adam é totalmente uma incógnita. Eu já conheço a capacidade de Lynn de criar personagens masculinos sensacionais (ZAAAAACK ♥), então não saber qual é do Adam foi bem estressante. Eu queria confiar nele ao mesmo tempo que tinha uma lista de dúvidas. Ele não se abre para Amy, que, por sua vez, tem arrepios só de vê-lo. Adam não parece perfeito, não tenta ser, e quer que Amy pare de tentar também. Isso faz dele um personagem real, claro, mas ainda prefiro genéricos do Zack.

Dos livros de Stacey, posso dizer que Remembering us é o mais fraquinho. Ainda é cinco estrelas, porém passa boa parte da leitura sendo um livro de quatro - só no final que arrebata a quinta e o coração do leitor. Cada autor que apostou nessa trama fez alguma coisa diferente, então o que acho que me desanimou (um pouco) foi ver que o livro não tem nenhuma carta na manga. Just one song tinha. Just one week *fucking* tinha. Remembering us é apenas um romance. Um ótimo romance, sim, mas não digno de OMG!
Nível de inglês: fácil
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!