12 de fev de 2015

Os 04 últimos filmes que assisti!


Estou assistindo mais filmes, olha que surpresa. Acredito que nessas férias vou esgotar a cota de paciência que tenho para longas e depois que as aulas voltarem esse tipo de post vai ficar jogado no cantinho. Vamos aproveitar enquanto dá, certo? Acho que terminar de assistir tudo que baixei será meu compromisso de carnaval, hum...

A Esperança - Parte 1

Assisti, mundo, finalmente. E então, vamos jogar limpo: Quem foi que em sã consciência disse que A esperança era tão bom quanto Em chamas? Mentira, gente, mentira forte e rude. Por melhor que o filme seja, ele é comparável com Jogos Vorazes, ou seja, uma adaptação ok. A minha impressão é que as quase duas horas serviram unicamente para preparar o terreno para só então, na parte 2, a coisa deslanchar como deve. As partes mais emocionantes do filme foram as cenas que envolviam o Peeta (poucas). Na verdade, a participação de Josh me lembrou muito Robert Pattinson em Lua Nova, quando forçaram a presença apenas para conquistar o público cativo do personagem (o que funciona). Então, se você for colocar esse filme ao lado do anterior, cujos todos minutos foram recheados de paradas cardíacas, A Esperança é um tédio danado, já que infelizmente dez minutos de Peeta e um discurso da Katniss não segura nada nas costas. Estou até mais conformada de não ter ido no cinema...

Playing it cool

Uma comédia romântica com Chris Evans é uma comédia romântica com Chris Evans. Os produtores já sabem que a gente vai assistir independente da trama fraca, já que ele é lindo e, para o gênero, isso basta. Na história, ele é um escritor com bloqueio criativo que se apaixona por uma mulher comprometida. As piadas são pouquíssimas e o casal não me convenceu, porém os amigos escritores de Chris (esqueci o nome do personagem, yey!) são as melhores pessoas. Juro, eles são tão divertidos e disfuncionais que podiam ter um filme só sobre eles e eu assistia sem reclamar.

Quero matar meu chefe 2

Anote isso que estou falando uma verdade muito séria: comédias não deveriam ter continuações. Eu sei que a voz de Deus em Hollywood é a voz da grana, mas um pouco de bom senso não faz mal. O problema dessas comédias é que suas tramas foram inicialmente criadas para serem concluídas em 90/100 minutos e, mais do que isso, é colocar história onde não tem. Dobrar isso é pedir para cansar os outros. É o caso de Quero matar meu chefe, que embora tenho sido ok, a continuação só evidenciou onde o roteiro é apelativo e nível ruim de piada. As partes que mais tentam ser engraçadas são daquele jeito óbvio e ridículo de comédia, que parece zombar da inteligencia e senso de humor do espectador. 
PS: Eu salvo Pitch Perfect dessa coisa de continuação, esse pode ter quantas dezenas de filmes os atores toparem.

Love, Rosie

Sam Caflin e Lily Collins: ok, quero assistir. Porém é um livro ruim da Cecelia Ahern, então opa, pera lá. Love, Rosie me deixava curiosíssima antes de ler o livro, depois, fiquei receosa. Talvez seja por isso que assisti o filme esperando um tédio que só e gostei de ver algo nem tão blergh assim. Provavelmente o problema do livro tenha sido a narrativa em forma de correspondências e a longa passagem de tempo, e quando o diretor transformou a história em algo com tom mais contínuo e sucinto, funcionou. O filme consegue ser clichê e fofo, um pouco engraçado e bastante dramático. Tem um momento em que a amiga de Rosie fala que sempre que a vida dela está ruim, ela pensa na de Rosie e coloca as coisas em perspectiva. É exatamente isso. Eu fui dormir com uma depressão medonha, mas com sentimento de expectativas superadas. E a trilha sonora é excelente, então assista com o Shazam acionado.

4 comentários:

  1. não conhecia Playing it Cool ainda, mas eu assisto os filmes do Evans só pro causa dele mesmo kkkk
    nem assisti o primeiro do QUero Matar Meu Chefe, mas concordo com você sobre essas continuações toscas! hahahah
    Love, Rosie parece ser liiiindo, quero ver logo ;~~

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ver Love, Rosie, mas quero ler o livro antes, :(
    A Esperança é um filme muito bom, achei mega fiel ao livro, estou esperando ansiosamente o próximo filme!
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A esperança, com certeza é o que eu mais quero vê. Junto com o recém lançado 50 tons kkkk
    Pena vocÊ não ter gostado tanto.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  4. A esperança obviamente eu vi na estréia.Eu gostei muito.Muitas pessoas acham chato porque não acontece muita coisa, mas isso já era óbvio porque eles resolveram dividir em dois filmes e o livro não é grande.Quero ver Playing it cool e Love,Rosie.Vi os trailers e estou aguardando sair

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!