22 de jan de 2015

Os 06 seriados mais instáveis que já assisti


Instabilidade é algo normal em seriados. Normalíssimo, até. Tão normal que é até notável quando uma trama se sustenta bem sem rolar por altos e baixos e mantem-se fiel a sua essencia depois de algumas temporadas. A gente não julga (muito) quando um enredo bom decai e perde a graça, porém tem alguns seriados que merecem prêmios por tamanha montanha russa. São instáveis, inconstantes e inconsistentes. Sabe aqueles seriados que a gente abandona e retoma várias vezes (talvez até dentro de um mesmo episódio)? Pois então. Montanhas russas.

Revenge

Rainha. Nenhuma série consegue ser tão ruim e tão boa quanto Revenge. Há disparidades de estabilidade em intervalos semanais, chega a ser impressionante. E é por isso que estou prestes a abandonar o seriado pela quinta vez... provavelmente vou retomar na season finale, mas até lá estarei convicta que o tchau foi definitivo. O seriado consegue ser maravilhoso quando está fazendo sua especialidade: vingança, mas os meio termos entre esses acontecimentos vingativos são sempre os mais chatos. É o mesmo lero lero de sempre, com coadjuvantes cada vez mais insuportáveis, para então, no final da temporada, chegar ao ápice de emoção e nos fazer esperar ansiosamente pela fall season seguinte. Até quando?

Nashville

Provavelmente é mal de série da ABC. Tenho uma teoria. Já ouvi falar que ABC está para os EUA como a Globo está para o Brasil. Logo seus seriados devem ser mais elaborados, mais cheios de personagens e dramas paralelos. O resultado é uma bela de uma bagunça, que pode ser muito bela ou apenas uma bagunça dependendo da semana. A temporada atual, por exemplo, mal teve enredo. Foi o simples andar da carroça que vem nesse mesmo ritmo desde a season two finale. Isso dá SO-NO. Diferente da segunda metade do segundo ano, quando tudo que tínhamos era bomba para cá e para lá e com todo mundo e nem o cãozinho se salvava. Isso era interesse, isso despertava curiosidade. Agora é tão sem emoção que a gente nem percebe de mid season finale foi finale de alguma coisa... Que aff.

Once upon a time

Quer dizer, nada de provável aí - instabilidade é coisa garantida na ABC com certeza, sim senhor. Em Once upon a time, acima de tudo, a uma grande razão para isso acontecer: liberdade poética. Não é apenas algo novo: é recriar em cima do que todo mundo já conhece, ou seja, precisa ir cada vez mais longe. E, de longe em longe, dá nisso: personagens bons (a.k.a. vilões) carregando tudo das costas, desenvolvimentos improváveis, um dá-pra-trás no que foi dito anteriormente e não servia mais... Once upon a time já brilhou muito, mas piscou tanto que apagou. E brilhou, e piscou e brilhou e apagou. Talvez de vez, porque eu cansei depois de uma longa sequencia de episódios maçantes.

Pretty Little Liars

Pretty Little Liars, por sua vez, foi um caso bem próprio de montanha russa. Foi bom, daí não foi mais. Foi interessante, daí deixou de ser. Tão tranquilo o desgaste da trama que, bem, ficou ruim porque não tinha história para fazer tanta série boa assim. Simples, fácil. A inconsistência fica por conta dos pequenos picos de animação, aqueles que ainda levam referências à série no trending topics do twitter. Porém, se você for lembrar que, durante os dois primeiros anos, o nome da série ficava religiosamente entre os assuntos mais comentados no dia de exibição, você percebe que as coisas mudaram. MUDARAM, VIU ABC FAMILY? Dá um final logo pra isso!

Glee

É como eu falei no post sobre a última temporada (aqui, viu?): Glee sabe ser maravilhosa. Quer dizer, talvez não saiba, mas consegue. E quando é incrível, não brinca em serviço - cada um dos quarenta minutos tem algo de especial e inesquecível. Quando esses episódios ótimos vão ao ar, você nem consegue pensar que aquilo um dia já foi péssimo. Mas então, uma palavra para você que também está com essa ideia de que sempre foi boa depois dos dois últimos episódios: Fantoches. I rest my case.

The big bang theory

Talvez eu esteja me precipitando e The big bang theory não seja um caso de instabilidade - é desgaste mesmo. Desgaste de trama, de personagem, de piada, de esteriótipo, de tudo. Os picos são por conta de algumas singelas piadas que pegam você num bom dia e você acha hilário, mas na verdade você já viu antes. Será que esta continua sendo a maior audiência dos EUA porque está todo mundo no mesmo pé que eu, que não quer largar depois de ter dedicado tanto tempo? Só pode...

5 comentários:

  1. Oi Joana! É muito difícil uma série se manter boa sempre, mas tem algumas que exageram, né? rs É um episódio ótimo seguido de um péssimo, e aí vai um ótimo de novo, e por aí vai... Das que você citou só assisto Revenge e Once Upon a Time, e concordo completamente com tudo o que você disse. Só que eu não consigo abandonar, acho que justamente pelo motivo que você deu sobre The Big Bang Theory, já gastei tanto tempo assistindo, não vou abandonar agora, vai que fica bom depois e eu não fico sabendo? rs Adorei a ideia do post.

    Beijos,
    Adri Brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu não assisto nenhuma dessas séries, na verdade, assisto uma, The Big Bang Theory, e acho que é mais o caso do desgaste mesmo, parece que todos o episódios são iguais, não tem mais o que acontecer, ficam enrolando por causa da audiência... Mas eu até que gosto.
    É muito difícil se manter num nível bom sempre, mas tem séries que as vezes estão muito boas, que você fica tipo "OMG! O MUNDO PRECISA ASSISTIR!", e do nada a série fica chata, morgada, e faz você pensar "Por que eu tô assistindo isso mesmo?". Mas esse é o mundo dos seriados, principalmente daqueles que tem grande audiência, hahaha. Agora só nos resta esperar os episódios bons, e procurar séries que existam um equilíbrio.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Revenge para mim é A série, gosto bastante do enredo, dos personagens e dos atores. Já PLL tá virando uma bagunça já, é muito bla bla bla pra pouca coisa, está se tornando enjoativa já.
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. The big bang theory é uma série que só vou assistir depois que acabar. Me perdi na história e não gostei da inserção de tantos personagens secundários.

    ResponderExcluir
  5. Eu só assisto Once Upon a Time, né, mas eu super concordo com você. É uma série inocente, por isso que gosto, e cheia de contos de fadas (amo muito), mas é extremamente instável e você DESCREVEU o que acontece lá. Tipo, leis inquebráveis e invioláveis da natureza da magia, mas AH!, tem um feitiço que conserta isso. Aí a pessoa morre e volta... Eu sei que dá muito audiência, e eles vão continuar renovando enquanto isso acontecer, mas tudo tem uma hora pra acabar. Minha irmã assiste PLL e se sente assim, cansada, a trama não mais tão empolgante, porque é repetitiva, eles abrem um plot e deixam aberto por séculos... Sei não, viu.

    Clara
    @clarabsantos
    clarabeatrizsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!