3 de dez de 2014

Breakable — Tammara Webber


Breakable — Contornos do coração #2Sem spoiller do anteriorAutora: Tammara Webber
Editora: Verus
ISBN: 9788576863694
Páginas: 364
Comprar
A verdade é que, mesmo quando eu estava obcecada com new adults, Easy não me ganhou completamente. Eu estava no ápice do amor com o gênero e o livro de Tammara Webber foi um banho de água fria por não me despertar todas aquelas bombas de sentimentos e tombos ao chão. Mas como sou brasileira e não desisto NUNCA (mentira), dei uma segunda chance para o enredo, dessa vez narrado por Lucas, que tinha sido um dos personagens mais introspectivos que minha mente recordava.

O livro já começa em seu trauma de infância, que delineou a personalidade quieta e o jeito de bad boy que a gente conheceu em Easy. A narrativa inteira se divide em começos de capítulo com lembranças da infância e adolescência de quando o personagem ainda se chamava Landon, e depois tempo real, já na faculdade, quando ele se assina Lucas. É para conhecer o personagem a fundo, se emocionar com sua história, e fazer ele ganhar o nosso coração. Não funcionou completamente para mim, mas simpatizei bem mais com o rapaz depois de estar dentro de sua cabeça que pensa bem mais que fala.

É a mesma história como uma nova narrativa, mas Breakable enrola bem mais antes de chegar no ponto de partida de Easy. Temos, como eu falei, os trechos de Landon, mas também uma longa quantidade de páginas em que Lucas apenas observa Jacqueline de longe e ficava intrigado com ela. No primeiro livro eu fiquei bastante incomodada porque o romance parecia não ter base suficiente, mas agora eu entendi: as preliminares vinham acontecendo há bastante tempo... Na cabeça de Lucas, but still.

Em seus pensamentos, ele parece um jovem comum, determinado, até divertido. Ele é mais fofo apenas sendo ele do que, olhe só, quando é visto através dos olhos apaixonados da amada. Fez o romance parecer mais crível (embora eu ainda ache que a base é um tanto raso, afinal, Jacqueline não é nenhuma Edward Cullen leitora de mentes). 

A carga dramática está lá, mas eu não consigo sentir força. É triste, claro, mas não é de dilacerar o coração, como teria potencial de ser. Acredito que a autora não soube passar ~para mim~ essa tristeza toda de forma que eu também sentisse e quisesse chorar junto dos personagens. Talvez fosse porque não era a primeira vez que lia (e tivesse uma ligeira lembrança), mas não sei, não senti, sabe? 

Existem dois problemas em livros que apenas mudam o POV: repetição exacerbada, ou, o que Webber fez: pular diálogos porque o leitor já leu. Mas ela precisa entender que, por mais que já tenhamos lido, pode já ter um tempo e aqueles trechos não estão mais frescos na memória (ou não foram marcantes). Em várias partes eu queria saber o que fulano tinha falado e beltrano rebatido, mas precisava me contentar com um resumo de fatos comentados no meio do parágrafo. Não gosto, gente, vamos conversaaar.

A história prende e eu li em um dia, mas não é aquele livro digno de se jogar no chão de tanto amor, sabe? Um bom romance, um new adult mediano, um passatempo bastante ok. Breakable é melhor que o antecessor, Easy, por mostrar de verdade seu protagonista, mas falha em introduzir o leitor que, por algum motivo qualquer, pode decidir conhecer a história através de Lucas. 

8 comentários:

  1. Que pena que o livro n eh tão bom assim!!
    Ainda sim quero ler easy,. Só não esta na minha lista de prioridades!
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  2. ah, eu gostei bastante de Easy, e não estava tão curiosa para ler esta continuação porque pensava que ia ser bem estilo Jamie McGuire: somente outro ponto de vista...
    mas fiquei feliz em saber que bem muitas outras coisas além disso. parece ser uma trama boa, que pena que você não gostou tanto assim... =/

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei muito de Easy achei ele um new adult honesto que não te propõe mais que um bom entretenimento e te dá exatamente isso, eu gostei muito breakable também, mas o meu único problema com ele é que ele não é o que eu esperava, não que isso tenha sido ruim porém minha expectativa era de um romance e não é disso que o livro trata e mas de como ele lida com a vida não importa o que ela traga.
    PS: Acho que breakable deveria ser o primeiro livro da série não o último, ou pelo menos ser lido primeiro.

    ResponderExcluir
  4. Como eu gostei de Easy, tenho certas expectativas para Breakable. Achei que a autora abordou assuntos delicados sem dar tanta ênfase, só causando certo desconforto (em mim, pelo menos) - mas tá um pouco longe daqueles NAs tórridos e mega intensos. Por outro lado, o passado de Lucas é, de fato, digno de trauma, o que eu vejo como vantagem sob os outros livros do gênero que tem um segredo meio meeh. Então, acho que vou gostar bastante desse livro ♥

    Beijos,
    Ceile.

    ResponderExcluir
  5. Já estou sabendo que a série esta viciante, E não vejo a hora de ler também. Estou sabendo dessas falhas na leitura. Mas acho que vale a pena, porque temos a oportunidade de conhecer o lado do personagem em questão. Mesmo com os grilos que tem, ele parece ser legal. Ansiosa por este livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu li Easy a pouco tempo, e me apaixonei pelo livro! Gostei muito da história e da escrita da autora. E amei o Lucas, então já estou louca pra ler esse livro e conhecer ele melhor! E pra mim ele é um dos mocinhos que eu mais gosto. A única coisa que acho que não vou gostar, é que a autora pulou os diálogos, eu também não lembro muito bem o que cada um falou. Eu com certeza vou ler esse livro, mas acho que estou esperando muito dele :/
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Eu sou apaixonada por 'Easy', e ainda mais por 'Breakable'. No primeiro, mesmo que o Lucas tenha revelado algumas coisas do seu passado, eu senti que ele tinha muito ainda que contar. Ele foi/é muito misterioso em 'Easy'. Mas, em 'Breakable', nós realmente entramos na cabeça dele e vemos tudo que ele passou, as dificuldades que ele enfrentou e o amadurecimento dele. Eu gostei bastante dessa versão, achei que seria chata por já saber tudo que acontecia e achei que eu leria tudo de novo. Mas não, a autora realmente me surpreendeu! Intercalando os capítulos (passado e presente) a autora deixou que eu conhecesse o Lucas mais profundamente e de bônus, me deu a chance de saber o que ele pensava e sentia quanto a Jacqueline. E vou te contar hem! Me apaixonei por ele! Ele caiu total e completamente pela Jacqueline, foi tão fofo de ver! Sem falar que o cara é intenso pra caramba, eu ficava roendo as unhas quando era um capítulo deles dois. Ele é todo durão por fora, mas quando via a Jacqueline se derretia que nem manteiga. Eu amei.kkk E Lucas entrou pra minha lista de personagens favoritos (que é encabeçado pelo Alan Thomas Beckert) e é um dos personagens mais maduros que eu já tive o prazer de conhecer.
    Eu tenho que concordar na parte do drama. Realmente não tem muito drama lá. Há partes em que sentimos, ficamos tristes, mas nada que nos faça chorar. É bem levinho. O que pra mim, no momento, foi bom. Quando eu comecei a ler esse, eu tinha arressem acabado 'A culpa é das estrelas', então foi uma boa pedida.kkkk

    Infelizmente, ainda não consegui comprar os dois. Mas, 2015 vai ser o ano!!kkk Então, estarei com os dedos cruzados e torcendo muito para que eu consiga ganhar 'Breakable'. Seria uma honra tê-lo na minha estante, ainda mais autografado. Seria um sonho!

    PS: Amei a sua resenha. Muito, muito bem escrita e totalmente sincera! Resenha perfeita!

    ResponderExcluir
  8. Sabe aquele livro que de tanto vc ouvi falar acaba despertando a sua curiosidade!?, isso me aconteceu com Easy e consequentemente com Breakable. Juntos despertaram minha curiosidade e assim entraram para minha lista de desejados, não apenas por curiosidade mas sim pelo seu enredo envolvente.

    Espero que não me aconteça o mesmo que aconteceu com vc, e eu acabe me decepcionando com ambos.

    Bjos.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!