18 de dez de 2014

As crônicas de Bane — Cassandra Clare, Sarah Rees Breenan, Maureen Johnson


Autora: Cassandra Clare, Sarah Rees Breenan, Maureen Johnson
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501403964
Páginas: 392
Comprar
Poucas autoras mexem tanto comigo quanto Cassandra Clare. Poucos personagens são tão especiais para mim quanto os criados por essa mulher. Em uma trilogia e uma saga, ela roubou meu coração e o estilhaçou mais vezes do que consigo contar. Mas eu volto, não largo, e amo mais intensamente a cada livro - seja ele uma continuação ou um extra. Seja ele um guia ou uma coletânea de contos do Magnífico feiticeiro do Brooklyn, Magnus Bane.

Para quem não acompanhou, durante cerca de um ano, Cassandra Clare, junto de duas autoras amigas, Sarah Rees Breenan e Maureen Johnson, publicou ebooks com histórias de Magnus, o feiticeiro rei do mundo que conhecemos em TMI, suas incríveis aventuras durante os séculos que viveu. Depois de todos os contos lançados, saiu o livro físico, e foi só então que me deixei sofrer por As crônicas de Bane. Será que um dia vou saber lidar com meus OTPs?

São séculos de histórias. São duas sagas que a gente já leu, tendo a vida cruzada por esse maravilhoso feiticeiro. São gerações e gerações de personagens que a gente conheceu ou ouviu falar ganhando mais espaço, mais vida. Você sabe o que isso significa para meu coração de fangirl? Muita dor. Muito amor. Conhecemos o pai de Will (e sim, egocentrismo é de fato parte do DNA dos Herondale), temos cenas Jewessa, temos o Círculo contra a Clave e uma tirada maravilhosa de Magnus dizendo para Maryse que não está interessado no pirralho dela (se você não entendeu, não serei eu que vou explicar). É tão brilhante e genial que vou até desculpar Clare por quase parar no hospital a cada cena que os feels tomavam conta.

Magnus é tão maravilhoso que, se eu não conhecesse sua linhagem, sugeriria uma cruza com os Herondale, mas não. Magnus é brilhante (literalmente e figurativamente), confiante e divertido. Suas histórias não seriam as mesmas se fossem narradas por outras pessoas. Algumas histórias nem eram tão interessantes, mas uma fala de Magnus fazia todas aquelas páginas valerem a pena. Não é por nada que ele se chama Alto ou Magnífico Feiticeiro. Ele é isso e mais.

A narrativa é mó delicinha e cheia de tiradas inteligentes e engraçadas - como todo livro de Cassie. Além de toda beleza das páginas, cada início de capítulo começa com uma ilustração de Cassandra Jean, traço conhecido do fandom. As crônicas de Bane é um livro especial que todo mundo que já acompanhou os Shadowhunters deve ter na estante, apenas pelos forninhos caídos. Só o último capítulo, com a transcrição da caixa de recados de Magnus, faz o livro valer a pena, as mensagens de Izzy são impagáveis. 

PS: É obrigatório que você tenha lido Princesa Mecânica e recomendado que esteja a par dos acontecimentos de Cidade das Almas perdidas, por conta dos spoillers e porque a Juliana está DES MAI A DA por um motivo.

3 comentários:

  1. Confesso que ainda não li nenhum livro dessa autora, mas depois de ler aqui sobre Magnus fiquei bastante interessada sobre ele. Gosto de personagens engraçados, com humor irônico... Curto bastante livros com tiradas engraçadas.
    Muito legal que resolveram publicar o livro físico. Com certeza vai ser um sucesso como os outros livros da Cassandra!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. já tentei ler livros desta mulher mas não consigo gostar.
    sempre vejo muitas resenhas positivas dos livros dela, principalmente vindas de você, porque né... kkkkk
    apesar de gostar das tramas dela, quando pego o livro para ler nunca consigo entrar na história... fico flutuando e acabo abandonando kkkk

    ResponderExcluir
  3. É realmente uma vergonha que eu ainda não tenha começado a ler esses contos do Magnus Bane. Já sei que são maravilhosos - não poderia ser diferente se tratando da Cassandra -, mas não sei, são tantos livros pra ler e que estou lendo, que acabo deixando o pobre Bane pra trás.
    Só imagino como ele está nessas crônicas.kkk
    Também estou ansiosa para conhecer mais dele nesses contos, porque durantes as séries, nós conhecemos muito pouco desse personagem fantástico. Sempre tive a vontade de conhecer mais dele. (O curioso é que agora, quando eu tenho essa oportunidade, não consigo arranjar tempo pra começar!kkk). Quero conhecer o pai do Will também, que não eu sabia que estaria nas crônicas. Quero mais Jewessa. Quero mais Clare e Jace. Quero mais Magnus. Enfim... Quero mais TMI!!! Bateu saudades agora! :(
    Cassandra Clare é uma das poucas autoras que eu leio sem medo, que eu tenho certeza que eu vou amar. Isso é raro! E eu com certeza lerei todo e qualquer livro que ela venha lançar no futuro. Ela é incrível!

    Só espero que tenha Magnus e Alec e Jace e Clare nas crônicas. Estou com saudades deles!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!