27 de nov de 2014

Bela distração — Jamie McGuire


Bela distração — Irmãos Maddox #1
Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus
ISBN: 9788576863397
Páginas: 304
Comprar
Depois da gloriosa decepção que foi Belo Casamento, comecei a repensar todo meu relacionamento com Jamie McGuire e Travis Maddox. Eu já falei mil vezes sobre isso e posso continuar repetindo o quão mal elaborado foi o último livro, e criei muitas dúvidas sobre a habilidade da autora - coisa que eu confiava cegamente até então. Assim, quando eu perdi a confiabilidade, ganhei implicância. Sabe quando você quer ler um livro só para falar mal? Essa cara sou eu. Mas vou morder a língua porque quero tecer apenas muitos elogios para Bela Distração. Droga, McGuire, você fez de novo!

O irmão Maddox que vai abrir a nova série de new adults da autora é Trenton, que tem uma participação importante no final de Belo Desastre. Nesse livro nós vamos conhecê-lo melhor: ele perdeu a namorada num acidente e largou a faculdade após o trauma. Desde então ele vive com o pai e trabalha como tatuador. Nos contando isso está Cami, que vem de uma família problemática e luta pela própria independência desde que completou 18 anos - mesmo que isso signifique dois empregos mais faculdade. Eles estudaram juntos quando pequenos, mas nunca se falaram... Até Trenton decidir que queria ser seu amigo. Mas Cami namora o T.J., cara!

Vamos combinar que a fórmula é, hm, parecida. O Maddox pegador escolhe uma garota comum, que desdenha de seu longo histórico de ficadas, para se tornarem melhores amigos. Blablabla, acontecimentos, você sente uma química danada e uma tensão sexual palpável. Mas diferente de Belo Desastre, não há nada que os aproxime além deles mesmos. Não tem nenhum plot como a aposta para que os personagens se unam, é apenas o cenário, o desenvolvimento e eles mesmos. Eu gostei, mas de inicio fiquei esperando quando viria o enredo de verdade.

Travis e Trenton são muito parecidos, porém o irmão mais velho é ~grazadeus~ menos obcecado e ciumento. É nas protagonistas femininas que há as maiores diferenças. Trenton e Cami são mais velhos que Travis e Abby. Eles já são adultos por lei, são mais maduros e experientes. Cami não tem aquela coisa de "não posso ficar com você" por nenhuma razão, esse discurso parte do pressuposto que ela tem namorado e o leitor (e Trent) precisam aceitar isso. Arrisco dizer que gostei mais dela do que Abby, que ainda era uma das personagens de NA com que mais simpatizei (até Belo blergh Casamento).

Alguns diálogos são absurdamente parecidos. Jim Maddox deve ter ensinado as palavras corretas para os filhos repetirem para suas amadas, já que dizem as exatas mesmas coisas. Mal posso esperar para ver o próximo livro com as mesmas declarações cercadas de palavrões. 

Tem um pequeno mistério na trama por conta de T.J., o namorado de Cami. A gente passa o livro inteiro juntando pistas que você nem sabe se são pistas para então, bem no final, CABOOM. Eu não sei se era porque eu estava com McGuire então baixa cota, mas fiquei de DES MAI A DA com a revelação. É o tipo de bomba que não se espera dela, sabe? E, de repente, a trama ganha um novo sentido, muito mais claro, e você quer reler tudo de novo para perceber detalhezinhos que deixou passar batido. 

O livro promete, na quarta capa, participação de Travis e Abby. De longe, a pior coisa que McGuire podia ter feito. A história de Bela distração acontece simultânea a de Belo desastre, então temos cenas inéditas do casal anterior? Não. Temos fatos repetidos pela quarta vez? Sim! Temos os mesmos diálogos que já decoramos de tanto que a autora repetiu? Sim! Jamie, pelo amor de Deus, pela última vez: LARGA. DESTE. OSSO.

Mas eu amei. Mesmo com repetição, mesmo com deja vu, mesmo querendo não amar. Eu amei. Bela distração acerta nos mesmos pontos que Belo desastre fez sucesso, e provou que para um new adult funcionar, só o que precisa é de um casal que derrama química entre as páginas. Poderia ter o ponto de vista intercalado e bilateral, poderia ser mais longo, poderia ser depois dos acontecimentos finalizados do livro antecessor, mas é incrível e eu já quero o próximo. 

5 comentários:

  1. eu ainda acho que aquele ultimo livro é totalmente descartado porque né... detestei também!
    eu achei a trama clichêzinha sim, mas acabei gostando. só achei um meio exagerado o fato de T.J. nunca estar perto e tudo o mais... acho que se ele fosse mais presente, a trama teria ficado um pouquinho melhor...
    aaah, eu também gostei mais deste casal do que do Travis e a Abby ;x
    issaê larga desse osso, pelamor. já tô de saco cheio também
    eu tinha comprado o ebook deste livro achando que vinha outra decepção, porém, agora, necessito do livro físico. preciso lê-lo de novo, outra vez, e mais outra ;*

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha de Bela Distração, mas confesso também que Belo Casamento foi blazé, e ainda me deixo dizer que Desastre Eminente também, acho que livroa com POV do casal principal devem estar no mesmo livro, porque muitos casos em que são em livros separados deixa a leitura cansativa SE contarem a mesma história de outra forma!
    Mas quero dar uma chance para os irmãos Maddox porque sei q vale a pena!

    ResponderExcluir
  3. Nem preciso falar o quão ansiosa estou por esse livro, né? Também me decepcionei um pouco com Belo Casamento, porque queria aquela coisa explosiva de Travis e Abby, mas a Jamie só quis dar importância pra uma coisa séria que ela, obviamente, deixou de lado em Belo Desastre (talvez achando que ninguém fosse se importar com um incendiozinho que matou uma galera e tal). Enfim... Logo mais vem a visão dele (você duvida?), mas o que vou fazer? Isso mesmo, ficar roendo as unhas pra ler logo etc.

    Beijos,
    Ceile.

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei muito mais de Bela Distração do que de Belo Desastre, achei o Trent e a Cami mais reais e palpáveis, mais fácil de se identificar com eles, apesar de tudo achei o relacionamento deles NORMAL, sim com letras maiusculas porque apesar do meu amor por Belo Desastre a dinâmica do relacionamento da Abby e do Travis me irritavam, os dois me irritavam, mas eu amava os dois mesmo assim, em Bela Distração eu senti empatia, torcia por eles no caso da Abby e do Travis eu só queria que eles parassem de mimimi, mas talvez isso ainda seja efeito de Belo Casamento.
    PS: Eu descobri mistério do TJ lá pro meio do livro, quando acabou e eu vi que eu estava certa eu falei sozinha com o livro (porque conversar com o livro, quem nunca?) "Ahá eu sabia!" rsrsrs.

    ResponderExcluir
  5. Jurava que você tinha detestado o livro, até o último parágrafo. rs
    Concordo que nesse gênero, basta um bom casal e uma narrativa fluida para dar certo. Mas confesso que tenho a impressão de que existem livros melhores.
    Esse negócio dos irmãos serem tão parecidos me irrita um pouco. Parece que a autora não sabe construir personagens diferentes, mas "igualmente" charmosos. Uma pena!
    bjs

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!