6 de nov de 2014

04 seriados delicinhas que não passaram da primeira temporada


Séries ótimas e canceladas são totalmente a minha praia. Não que eu goste disso e busque por elas, mas acaba acontecendo tão repetidamente na minha vida que tenho até experiencia para escrever um rap (e hitaria). Na minha quarta fall season, já somei um grandioso número de séries começadas, amadas e arrancadas do meu coração sem dó nem piedade. Hoje eu decidi comentar as maiores queridinhas que não passaram do marco da temporada inicial, mas poderiam ter durado anos que eu daria muito amor. 
PS: Exclui Jane by design e 10 things I hate about you da lista porque eram escolhas óbvias demais, mas eu recomendo de todo coração.

Bunheads

Balé: um plot maravilhoso que fica esquecido dentre o monte de sinopses de super heróis e cenários de CSI que são tudo que a TV apresenta no momento. Daí a ABC Family colocou o assunto em voga, misturou drama de ensino médio com dança e mais algumas belezuras e resultou nessa Bunheads cheia de amor. Porém, como a ABC Family não tem lógica nenhuma e só gosta de série de defunto que, na verdade, não é defunto, esta foi pro beleléu.

Camp

Camp é o tipo seriado que os americanos preferem viver na pele, e não sentar na frente da TV durante 40 minutos semanais. Ok, eu entendo, mas né, aqui não tem essas coisas. A série de verão que nos mostrava as aventuras vividas por um grupo de adolescente durante um acampamento de férias foi super amorzinho e surpreendeu todo que achava que a trama seria frívola. Não que isso tenha sido suficiente para arrancar um segundo ano da NBC, mas tudo certo, é uma ótima maratona de um único dia.

Privileged

Enquanto a summer season gringa se mostrava péssima (como todas as últimas seasons, cof cof), Privileged caiu como presente nos meus arquivos de torrent. Quer dizer, mais ou menos. Eu sinto muita falta de dramas adolescentes comuns (como repito sempre) e me deparei com esse título enquanto lia o "Sobre a autora" de Hollywood é como a escola. Alí dizia que um dos livros da autora tinha sido adaptada pela CW e, né, você sabe que na década passada não existia ninguém como a CW para contar esse tipo de história. Na trama, Megan é uma aspirante a escritora que é contratada para ser tutora das netas de Laurel Limoges, uma magnata dos cosméticos. É um seriado bem despretensioso, mas uma gracinha. Ah, e é ótimo ver Lucy Hale antes de Pretty Little Liars, parece outra pessoa!

Underemployed

Você pode falar em Awkward, em Teen Wolf ou até mesmo Faking it, mas digo pra você: não houve, até hoje, melhor seriado da MTV do que Underemployed. Foi a primeira vez que vi a emissora flertar com assunto mais sério e continuar com seu jeito maravilhoso de contar histórias. O seriado é meio comédia, meio drama, meio romance, 100% lindo. Falando sobre juventude, realidade, amizade e sonhos frustrados, essa é uma daquelas tramas que eu continuo recomendando mesmo sabendo que jamais vai ser refeita. Uma pena, porque todo mundo merece doses semanais de Diego Boneta.

3 comentários:

  1. eu, desligada do mundo que sou, não conhecia nenhuma dessas séries ai hahaha
    mas fiquei super super super curiosa para ver Bunheads!!!
    graças ao bom deus, semana que vem entro em férias, ai poderei assistir milhares de séries ♥
    além de Bunheads (cara, não consigo falar esse nome! :@), anotei aqui para ver também Camp e Underemployed. Privileged nao me deixou interessou ;x
    ah, da onde vc baixa as séries por torrent??? vou te pedir no face :D hehe
    valeu pelas dicas *.*

    ResponderExcluir
  2. "porque todo mundo merece doses semanais de Diego Boneta." disse tudo kkkkkk Gostei das indicações!!!

    ResponderExcluir
  3. Nunca vi nenhum desses seriados, mas eles parecem bons. Concordo que uma dose semanal de Diego seria agradável! rs
    Aliás, Underemployed parece uma série bem "madura" para os padrões da MTV. Acompanho Awkward e, às vezes, me canso com as bobeiras dos personagens. rs
    bjs

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!