29 de jun de 2014

Três é demais — Ali Cronin


Três é demais - Garota ♥ Garoto #3
Autora: Ali Cronin
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765183
Páginas: 304
Nota: 
Anteriores: Nada é para sempre, Dizem por aí
Comprar

Tem séries de livros que não marcam e, mesmo assim, você não desiste delas. Principalmente as que são totalmente adolescentes e zero pretensiosas, dois elementos incomuns quando falamos em young adults do momento. Não é distópico, ninguém namora uma espécie imortal secreta, ou precisa destruir uma maldição. São pessoas. Vivendo. Suas. Vidas. Raro, não?

Continuando as histórias do grupo de amigos Sarah, Ashley, Cass, Donna, Rich, Ollie e Jack, temos o romance protagonizado por Cass, a comprometida entre os sete. Ela namora Adam há três anos, e até agora seus amigos ainda não o aceitaram. Não que Adam tenha aceito seus amigos também. Por ser alguns anos mais velhos que essa turma que está recém saindo do ensino médio, as ideias acabam não convergindo e Cass frequentemente precisa escolher com quem passar seus fim de semanas, se sentindo excluída entre os amigos ou provocando crises desnecessárias de ciúmes com o namorado. E tudo isso sem poder deixar transparecer o quão confusa e pressionada está se sentindo com a escolha da faculdade logo aí.

Vamos resumir tudo dizendo que Cass é insegura. Isso define todos os parâmetros da história, pois nada seria como foi se Cass não fosse um poço de dúvidas atrás da imagem de menina perfeita. Seu cabelo não tem um fio fora do lugar, as roupas de marca nunca parecem amassadas e as médias escolares sempre são A, resultado de uma organização quase obsessiva. A protagonista se esforça muito para ser cem por cento certa, para agradar a todos e ter a vida pintada conforme as garotas sorridentes da Seventeen sugerem. Então é óbvio que esse livro tem muito mimimi. Tem muita vontade de sacudir Cass e mandá-la se tocar da real também.

Existe a insinuação de um triângulo amoroso, tanto que o título invoca isso, porém não passa de um simples plot secundário (terciário!!!). O romance mesmo é entre Cass e Adam. Pausa para: BLERGH. Casal chato, casal meloso, casal sem química, BLEEEERGH. Quando a série estava sendo narrada por outros personagens, esse relacionamento era aturável, porém quando precisamos ver Adam pelos olhos apaixonados de Cass, nossa, pare por aí, essa tentativa de ser romântico não me comprou.

A interação no grupo de amigos deixou de ser o ponto chave da história. Claro que é um núcleo muito forte e presente, mas Cass é mais introspectiva que os outros. Nesse livro ela é obrigava a encarar sua própria vida e preencher as lacunas de dúvidas que ela nem sabia que tinha. É sobre amadurecimento e crescimento pessoal, e embora os amigos sejam essenciais, foi ao se sentir excluída que houve "a jogada". Ainda considero que Garota ♥ Garoto seja uma série sobre amizade, porém dessa vez, teve uma única protagonista convicta, ao invés de sete pessoas jogando as atenções para alguém em especial.

Para encurtar o papo basta dizer que Garota ♥ Garoto não tem nada de marcante, mas não perde seu mérito por isso - na verdade, ganha. Com muitos dramas adolescentes e nenhuma intenção de ser brilhante ou genial, Ali Cronin continuou sua história abordando novos temas, introduzindo novos personagens e simplesmente evoluindo com o enredo. Cass é chata? É! Porém o livro, não.
Beijinhos ♥
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!