3 de jun de 2014

Silo — Hugh Howey


Silo — Silo #1
Autor: Hugh Howey
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580574739
Páginas: 502
Nota: 
Comprar

Antes de você começar a me julgar pelas duas estrelas lá em cima, num livro que está todo mundo amando, preciso que você entenda que estou num ritmo de leitura frenético. Se me perguntar o que eu faço da vida, a resposta não será trabalho, nem estudo, nem respiro. Eu leio. Leio no intervalo do trabalho, no caminho da aula, enquanto respiro. Então, nessa animação toda, cai na pilha um livro pesado (não só pelo tamanho, digo), denso e lento. Desculpa, mas não combina com esse momento.

Silo conta sobre uma sociedade que se organiza dentro de um silo depois de uma catástrofe deixar inviável a vida na Terra. As pessoas se organizam nos muitos andares e tem todas as funções representadas como numa cidade normal: prefeita, xerife, pastor... Como tudo é muito controlado, esse habitantes convivem diariamente com inúmeras regras. Pensar na vida lá fora pode ser errado. O ponto da partida do livro é quando Holston, o xerife atual, decide sair do Silo. Ele pede para sair, ele quer sair. Ele sai. E morre assim que entra em contato com os gases tóxicos do mundo exterior.

O problema é que Silo demora para prender o leitor. No meu caso, demorou tanto que mesmo quando surgia um plot mais instigante, eu já estava de saco cheio demais para curtir a trama. A narrativa é cansativa, enrolada, muitas vezes sem objetivo, e demora mais ou menos 100 páginas só para nos apresentar a protagonista citada na quarta capa, Juliette.

Obviamente é diferente das distopias adolescentes que estamos acostumados a ver nas listas de mais vendidos. Silo é uma trama com personagens adultos, tem uma narração mais pesada, um feeling muito mais enrolado do que você espera quando abre (até mesmo se já abrir esperando algo confuso). É um livro que se prende em muitas mínimas coisas e deixa para o leitor fazer sua parte em compreender tudo. Não é, nem de longe, um livro ágil, animado, empolgante. De certa forma, me lembrou bastante 1984, o clássico de Orwell.

Demorou muito tempo para o autor introduzir o leitor nesse contexto. Entre divagações, subir escadas e comentar sobre aspectos gerais da vida no silo, o livro vai perdendo o que poderia ser a chance de ter uma reviravolta. Quando são usadas cartas na manga ou narradas cenas de ação, você já está bastante saturado daquela narrativa e daqueles personagens.

No atual nível das coisas, três dias são o suficiente para que eu leia quatro livros com cerca de 300 páginas. Silo passou esse mesmo tempo na minha mesa de cabeceira, o que é bastante coisa, e confesso que deu bastante vontade de largar. Ele não combinou com meu ~momento literário~, não empolgou, saturou e cansou.

Talvez se você goste de narrativas mais lentas e não se importe de passar vários dias com a mesma história, se arrastando muito devagar para raramente ter alguns picos de animação (que não me animou, btw), se tenha realmente adorado 1984 pelo modo como é apresentado, você tem chances de gostar de Silo. Para mim, não rolou. E não pretendo embarcar numa série com livros de 500 páginas que podem facilmente serem contados com metade.
Beijinhos ♥

2 comentários:

  1. não combina mesmo com estes momentos! hahaha
    desde que vi resenhas e comentários deste livro, senti que não ia gostar :S
    não me interesso mesmo por ele, então nem vou tentar ler ;x

    ResponderExcluir
  2. Já li algumas resenhas sobre este livro. Algumas delas inclusive, elogiando o enredo, outras, nem tanto. Mas ainda continuo na dúvida, pois a história em si, tinha tudo para ser boa ...

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!