2 de jun de 2014

Os escolhidos — Kass Morgan


Os escolhidos — The 100 #1
Autora: Kass Morgan
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501400598
Páginas: 288
Nota: 
Comprar

Eu tenho minhas ressalvas com até onde é bom você ler muitas críticas negativas quando está prestes a começar um livro. Ok, vai reduzir a expectativa. Ok também, você já vai ter uma boa ideia do que esperar. Contudo, você também vai começar a leitura pensando nas coisas dadas como desagradáveis. Você vai reparar em detalhes que, talvez se não tivesse ouvido a respeito, não repararia. Vai variar de livro para livro, de pessoa para pessoa... Só sei que, antes de começar The 100, a timeline me deixou pra lá de desanimada. Talvez seja por isso que eu tenha gostado... Um pouco.

Me avisaram e estou avisando você: não é uma distopia. Não é sci-fi. Não é nenhum master piece. É um romance. Daqueles clichêzões, sabe? Talvez seja por isso que a CW adaptou, hm... Enfim, o livro é primeiro volume de uma saga que narra a chegada de humanos na Terra depois de séculos despovoada. 100 adolescentes criminosos são enviados para o planeta com a missão de deixá-la habitável novamente. Clarke, Wells, Bellamy e Glass são os protagonistas dessa história, e dividem o ponto de vista.

Primeiro quero esclarecer que ainda não entendi a ligação de Glass nessa história toda. Clarke, Wells e Bellamy foram enviados para a Terra, estão se aventurando nesse planeta "novo", mas Glass está na nave espacial, junto da outra população. Talvez a autora a tenha deixado lá para dar o ponto de vista de quem continua no espaço, porém não há nenhuma ligação explícita com os outros personagens. Ela tem o próprio drama, o próprio romance e a própria polêmica, mas ainda parece bem aleatória. A autora precisa liga-la melhor ao grupo, para só assim sua participação ter um centro de lógica.

Na verdade, a autora precisa ligar várias coisas. Em Os escolhidos, o termo "livro introdutório" foi levado ao pé da letra. Nenhuma trama se desenvolve a mais do que apresentação. Fica só no romance lero-lero, uma sugestão a triangulo amoroso, um monte de flashback dentre os capítulos, para na última linha da última página, surgiu um plot que poderia ter sido desenvolvido desde o inicio (e que dará forma ao resto da série). A autora, de certa forma, acelera um pouco o ritmo no final do livro, para criar teias de teorias que podem prender o leitor. Cada final de capítulo acaba por puxar o outro pela mínima incitação que pode realmente haver uma pulga atrás da orelha. Só que isso não leva a nada além de uma trama esperada que não desenvolverá nem um parágrafo ainda nesse volume. Fica tudo por conta das continuações... E tenho uma leve impressão que até o terceiro livro, Morgan não vai sair muito do lugar.

Como não acompanhei o seriado (e nem pretendo, porque estou cansada desse tipo de trama na CW), eu embarquei na história sem ter nenhuma primeira impressão dos personagens e tudo mais, e os comentários negativos serviram para dar uma baixada na bola. Não é um livro tão ruim quanto eu imaginava, porém Os Escolhidos não é o que promete ser na contra-capa. Se você quer mais um romance adolescente com atmosfera distópica: ok, você pode gostar bastante. Se você quer um sci-fi original e ousado: passe reto. Pelo menos desse primeiro livro.
Beijinhos ♥
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!