17 de jun de 2014

O irresistível café de cupcakes — Mary Simses


Autora: Mary Simses
Editora: Paralela
ISBN: 9788565530613
Páginas: 288
Nota: 
Comprar

Garota de Nova York, com um futuro promissor e uma carreira em ascendência, vai para uma cidade do interior. Lá, ela se vê presa em heranças de família. Conhece o cowboy casanova. Começa a criar hábitos novos e sentir empatia pela cidadezinha pequena. Parece a sinopse de Hart of Dixie, não? Mas é de O irresistível café e cupcakes, livro debut de Mary Simses.

O irresistível café de cupcakes nos apresenta Ellen, uma advogada de Nova York que tem a vida inteira nos trilhos. Ela está noiva de Hanley, que vem de uma poderosa família de políticos, e sua vida tem uma aura de perfeição, dessas que não tem um fio de cabelo fora do lugar. Como último desejo de sua avó, ela vai para a cidadezinha de Beacon entregar uma carta para alguém que foi muito importante no passado de sua avó, e acaba descobrindo coisas que nunca imaginava sobre sua família. Lá ela conhece Roy, que a salva de um afogamento, e logo Ellen se torna uma celebridade local pela experiência de quase morte.

O livro foi comparado à uma obra de Nicholas Sparks. Ok, tudo bem. O irresistível café de cupcakes é um romancezinho, assim no diminutivo mesmo. É um livro muito meigo, muito sessão da tarde, previsível até dizer chega. Não ao ponto de ser ruim, mas também não é nenhum master piece. Eu comecei o livro atraída pela capa, pela lembrança de Hart of Dixie (que é meu seriado favorito no momento ♥), mas simplesmente não dá para chegar com expectativas. Esse não é um livro que as bate, que supera paradigmas. Como eu disse: um romancezinho.

Tive a impressão que Mary Simses não sabe muito bem lidar com defeitos de protagonistas ou personagens no geral. Assim como a vida de Ellen é toda perfeitinha, as pessoas ao redor também são. Todo mundo  é muito compreensivo, muito simpático... Se fulano não é compreensivo ou simpático, pode saber que no fundo ele é uma boa pessoa com uma boa alma compreensiva e simpática. É como se a autora não soubesse lidar com problemas, e seus personagens devessem se adequar em termos politicamente corretos para facilitar o trabalho. Só que isso também mata um pouco da emoção. Outra coisa que me incomodou bastante nesse caso é que a vida de Ellen é ótima independente da decisão que ela fizer. Ela tá na vida boa, faz mudanças importantes e continua com a vida boa, talvez até melhor. Desculpa, mas isso não é vida real. Ou se for, PLEASE COME TO BRAZIL.

O irresistível café de cupcakes tem dividido bastante opiniões, então acho que você deve se basear, se quiser ler, na tag de livro bem mediano - em todos os sentidos. O romance é mediano, os personagens são medianos, as reviravoltas e cartas na manga são medianas. Pode ser considerado um bom livro se você não estiver esperando nada além de um romance com cara de comédia romântica que você viu, ou então se você adorar histórias com pano de fundo que lembra romance choroso do tio Faísca. No geral, é para passar o tempo e nada além de isso. E, bem, para dar vontade de comer cupcakes também.
Beijinhos ♥

3 comentários:

  1. as palavras: "comparado com Nicholas Sparks" ofuscou o resto da resenha para mim! hahaha
    livro sem personagens problematicos? isso desanima eim! nem todo mundo é perfeito, fala sério...
    enfim, parece ser uma leitura agradável. eu leria sim, mas confesso que o que mais me atraiu foi a capa mesmo :P

    ResponderExcluir
  2. O começo ja comparando o livro com o do Nicholas(credo) Sparks ja deu uma desanimada, eu odeio o autor, estes dias ainda comentei oque detesto o autor no twitter e quase fui linchada rs.
    A autora tem um complexo ai...rs, eu acho.
    Tudo muito certinho, muito perfeitinho,..
    Uma pena quando pegamos um livro com altas espectativas e nos frustar, ja que tem tantos livros no mercado e não da pra ler tudo. Dai acabamos perdendo tempo com os 'bonzinhos', não leria.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sério, Joana?
    Poxa, esperava bem mais ...
    Então, isso significa que o enredo faz jus ao título: docinho demais!!
    É bom saber...

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!