13 de mai de 2014

Três séries que vamos sentir falta em setembro

Deu, já podemos avaliar a próxima fall season. Podemos avaliar a última também. Maio chegou, os vereditos foram dados: quem vai, quem fica, quem choramos? Acredito que chega um momento da vida que você começa a aceitar mais fácil que seriados acabam mesmo sendo ótimos (SAUDADES, GG ♥), e os adeus de maio ficam menos dolorosos. Mas isso não quer dizer que não vá rolar um sentimento de perda, principalmente quando os retornos começarem e aquele nome não estará na grade. Pensando nisso, selecionei as três séries que mais me apeguei e mais doeu quando foram pro beleléu. Será que é uma das suas também?
Acho que a tristeza maior de The Carrie Diaries ter acabado é que agora totalmente fechou a vida de seriados adolescentes sem sobrenatural, sem morto mandando mensagem e sem músicas aleatórias no corredor da escola (ou numa avenida de Nova York). TCD tinha sido o último vestígio de coisa linda, fofa, high school e despretensiosa da CW e agora cabô. The end. Finished. Au revoir. Arrivederci. See you next never. Claro que, como a audiência estava uma droga, a emissora teve uma leve preocupação em fechar os plots... Porém existia um gancho e eu queria ver! Outro adendo importante: qual o próximo seriado que Eric Daman vai figurinar?

Uma temporada bastou para Trophy Wife se tornar uma queridinha - totalmente a melhor comédia que estreou no ano passado. Mas alguém disse isso para os americanos sem graça que não deram audiência? NOPE. O seriado teve uma recepção bem fraquinha e nem a fofura do Bert impediu a ABC de dar uma segunda temporada. Vamos sentir falta: sim ou certeza? 
Beauty and th... Não pera. Esse seriado horroroso com audiência ridícula foi renovado. E VOCÊS FALAM DA JUSTIÇA NO MUNDO.
O final foi muito ruim? Sim, foi. Mas teve um final... e a gente vai sentir saudades. How I met your mother concluiu suas nove temporadas mostrando que, por mais que você tente, sua vida não vai sair do lugar se você for uma pessoa obcecada. Charater delevopment? Não aqui. Claro que os roteiristas pintaram essa mensagem num modo bonitinho, porém no final das contas, era isso que significava: você não vai sair do lugar. Porém as piadas no meio termo faziam valer a pena, assim como a genialidade da produção - o que vai fazer mais falta ainda por simplesmente não se encontrar histórias tão bem amarradas desse jeito. Só que, como eu disse, tudo foi a perder com os últimos cinco minutos de série. CONGRATS, YOU DID IT.
Beijinhos 

2 comentários:

  1. Não sabia que TCD era uma serie! Acho os livros bem fofinhos, apesar de nunca te-los lido rsrs
    Eu adoro essa temática e vou procurar assisti-lo =)
    Bem, eu ainda tenho GG para me distrair, mas não custa ir a caça de outros ne haha

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  2. Ainda tô revoltada com o fim de TCD!!! A série era super fofa, alto astral, looks divinos! Mas tb, passava na sexta a noite, daí difícil ter audiência mesmo... é uma pena, ainda tinha a Miranda e a Charlotte pra conhecer! Sem contar q o fim ficou uma porcaria considerando q foi series finale, se fosse season finale vá lá... :/
    E eu gostei do final de HIMYM, na hora fiquei meio chocada, mas não achei nenhum absurdo...

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!