1 de abr de 2014

Vamos falar de cultura, época e genialidade: Da Vinci's Demons!

Eu não sou alguém das séries de época, mas de uma hora para outra, esse se tornou um dos meus maiores passatempos. É aquela sede por cultura, sabe? De certa forma, os seriados ~atuais~ não trazem uma gama de conhecimentos tão grande quanto aquelas históricas que foram incansavelmente pesquisadas. Você senta, assiste, pinta as unhas e aprende costumes do passado. Melhor ainda quando estamos não só falando do século, como falando de pessoas relevantes. Reign, por exemplo, trás para ficção a realeza da França em meados de 1500. O novo amor da minha vida, Leonardo Da Vinci, nos apresenta a briga entre Roma e Florença, o Papado e os Medici, e muita, muita genialidade. 
A trama é basicamente isso que eu falei acima. Leonardo Da Vinci, ser humano incrível, genial, a frente de sua época, com insights maravilhosos e um decote melhor ainda, é o foco do seriado que nos apresenta a inacabável discussão sobre religião, sobre os mistérios que a igreja católica esconde e tudo isso. Leo (SIM!) mora em Florença, cidade comandada pelos Medici, sem influência cristã. Com suas ideias mirabolantes, ele chama atenção do Papa e seus cardiais, principalmente por uma busca que pode desvendar segredos inimagináveis. Então além da briga entre as duas cidades e seus governos opostos, está outro enigma que liga Leonardo à mãe que não consegue recordar. Ainda assim, claro, não é só isso. 

Por ser a frente da época, Da Vinci tem costumes e ideias dadas como "ilegais". Sua busca por descobertas são, por inúmeras vezes, dignas de fogueira, talvez interpretadas como bruxaria, coisas que desafiam os limites do céu e da terra. Até quem compreende a genialidade de Leonardo tem essa dificuldade de aceitar algumas de suas ideias. "Isso é demais até para você", disse uma vez Verrochio, seu mestre. Cada vez que o personagem tem uma ideia para salvar a sua pele, você consegue ver que sua engenhosidade não tem limite. São coisas que hoje são comuns, são cientificamente testadas e comprovadas, mas na época era influência do capiroto. 
Acho que a parte mais incrível de seriados históricos é que você assiste com o Google aberto no celular. Quando assisti o piloto, terminei já lendo o wikipedia sobre Da Vinci (com mais afinco e dedicação do que quando precisei fazer um trabalho sobre o artista no colégio). Isso acarreta ainda mais responsabilidade para os roteiristas que não podem deixar passar nada. Ele não foi apenas o pintor de Monalisa, você deve saber disso. Leonardo estudou anatomia, era engenheiro, pensou que o homem podia voar e libertava pássaros enjaulados só para ver suas asas funcionarem. Gênio com G maiúsculo, sabe?

Abrace a ousadia, esqueça o pudor. A produção não tem medo de censura e não mede seus limites do que é ou não permitido exibir na televisão. Lembre que isso não é o Brasil que faz a internet cair com um mísero beijo gay. Da Vinci's Demons é bem mais pesado que isso. Sabe Game of Thrones? Pois então. Nudez, sexo explícito, corpos abertos, provavelmente aparecem rins e pâncreas (como se eu fosse ver isso, ha-ha)... Sem falar que religião é um tema naturalmente complicado e esses roteiristas usam e abusam de todos os paradigmas que podem criticar. Não estou falando que eles pintam os cristãos como os ruins (isso cabe à quem assiste decidir), mas são vários tabus incorporados ao século XVI. E tabus mesmo, porque fofoca de corredor é bobagy.
Eu quero exprimir em palavras que Da Vinci é genial e sinto que não consigo. Ele é mais que isso. Ele é totalmente a melhor pessoa. Eu tenho essa queda por criaturas que desafiam o arquétipo, e ele consegue fazer isso em todo santo episódio. Quando mais ~errada~ é a coisa que ele cria, mais eu o amo. Sua visão de mundo é muito mais ampla que qualquer cérebro unilateral, e a soma de ator com diretor com editor com produtor com roteirista dá tão certo que se torna épico. As melhores cenas são quando os desenhos entram em ação, quando Da Vinci olha para certa coisa e enxerga mais do que está na sua frente. Quando ele percebe algo, ou visualiza uma novidade, tem uma ideia, o seriado liga quem está assistindo. Os monólogos inteligentes são como estalos para o telespectador que não consegue se desligar. Você está meio com sono porque ninguém merece o Riario (conde de Roma, pessoa horrorosa, odeiem), mas então aparece Leonardo descobrindo uma passagem secreta E GENTE ISSO É MELHOR QUE CAFÉ.
Um ano atrás eu dispensaria por não ser o tipo de série que assisto. Agora estou catando palavras no dicionário para dizer o quão maravilhosa é e que você deve assistir também para comentar comigo no twitter. Tem cenas fortes? Tem, muitas. Tem polemica? Em todo bendito minuto. É diferente de tudo que você já viu? Imagino que sim. Da Vinci's Demons cativa em sua primeira hora, gruda no cérebro e você começa a olhar objetos com mais atenção para tentar fazer o Leonardo. É aquela série que vale a pena assistir só pelas tags do orangotag (as melhores de todo o site), pelos ~~~~ momentos ~~~~, por tudo aquilo que Leonardo representa hoje, e pelo que pode acrescentar nos diálogos da sua vida. E olha que Monalisa só vai entrar em pauta nessa segunda temporada. #ansiosa 
1ª Temporada: 8 episódios - 1h
2ª Temporada: 2 episódios exibidos, no ar aos sábados
Nos EUA: Starz, no Brasil: Fox
Beijinhos ♥

Um comentário:

  1. Eu realmente queria assistir essa série, porém já estou lotaaadddaa e infelizmente não posso pegar mais nenhuma série, porém quando as minhas chegarem ao fim ou derem algum intervalo pode ser que eu vá atrás desta.

    Blog: http://worldbehindmywall.fanzoom.net/
    Twitter: https://twitter.com/Blog_WBMW

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!