23 de abr de 2014

Once upon a time: Uma antologia dos contos de fadas — Kevin Tong, Jacob Grimm, Wilhelm Grimm

Autores: Jacob Grimm, Wilhelm Grimm
Ilustrador: Kevin Tong
Editora: Planeta
ISBN: 9788542203080
Páginas: 272
Nota: 
Comprar

Na minha vida, você fala "Era uma vez" e eu já lembro do seriado da ABC. Falou em Once Upon a Time, já lembro que estou atrasada com o episódio de domingo. Falou, pensou, automático. Então, também automático, eu fico interessada. Saber o que é antes? Por quê? Tá escrito Once upon a time na capa! Na antologia de contos lançada recentemente pela Planeta, está escrito duas vezes! TWICE!

Sabe aquelas tirinhas de pontos de vista no facebook? Pois então, quero dividir essa resenha numa delas. 

O que eu imaginava de Once upon a time: uma antologia de contos de fadas:

Os contos reescritos baseados no roteiro da TV, oras! Histórias interligadas, Branca de Neve ladra, Rainha Má com passado bondoso, Príncipe Encantado com gêmeo do mal... Essas coisas, sabe? ~ básico ~ Se eu vi os autores antes de ler? Não, porque eu faria isso? Na minha cabeça, os escritores eram aqueles brilhantes roteiristas que reinventaram meu ponto de vista sobre a vida e a infância. 

O que eu encontrei em Once upon a time: uma antologia de contos de fadas:

Uma bela edição daqueles contos que eu já conheço nas mais variadas ilustrações. Neste livro, temos a mesma história de sempre, talvez um pouco mais polêmicas que as versões da Disney. São trinta e poucos contos curtos, os mesmos que você ouvia quando era pequeno. Nesses contos a Branca de Neve não rouba a carruagem de ninguém. Uma pena, migos, uma pena.

Uma boa parte das histórias foram novidades para mim, que não lembrava de vê-los antes. Mas veja bem, eu já estou bastante velha para estas histórias. Público alvo sempre foi algo que funcionou para mim e este livro não se encaixa onde estou acostumada. São contos de fadas infantis, talvez um pouco sanguinários demais quando a meia irmã da Cinderela corta um pedaço do pé para caber no sapatinho de cristal, mas ainda assim, para crianças. Histórias de ninar. Histórias da "hora de leitura" do primário. Não histórias para mim, obcecada por ficção YA.

Para quem eu indico? Crianças que entraram na livraria arrastando os pais pelos braços depois de ver a vitrine colorida. Também recomendo para colecionadores de antologias de contos de fadas. A edição é linda, a diagramação é maravilhosa e as ilustrações são muito bonitas também. Aquele lindo livro para ter na estante e bater os dois ritmadamente na capa dura. Agora se você é fã de Once upon a time e queria ver Chapeuzinho Vermelho meets Lobo Mau? Não aqui.
Beijinhos ♥

2 comentários:

  1. ah, fiquei curiosa para ler ele pelo fato de fugir do normal.
    se é meio sanguinário? adoro! passa pra cá!
    não conhecia ele ainda, mas já estou desejando!!!

    ResponderExcluir
  2. Amei ler sua resenha porque esclareceu tudo aquilo que eu tinha dúvidas sobre esse livro! É a melhor que li!!! E agora quero ler este livro mais do que nunca. Adoro a série e conhecer outra versão dos contos de fada é algo sensacional!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!