19 de fev de 2014

Poseidon — Anna Banks

Poseidon — O Legado de Syrena #1
Autora: Anna Banks
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633152
Páginas: 285
Nota: 
Comprar

Não existe mitologia boa o suficiente que se sustente para sempre, independente da situação, personagens ou cenário simplesmente por ser um pano de fundo curioso. Pode perceber que em todo caso tem um melhor e um pior, recheado de histórias masômenos nos entremeios. Em termos de literatura, isso vale para tudo: auto ajuda, Nicholas Sparks, histórias de vampiros e viagens no tempo. Mas o que quero falar hoje é sobre sereias... Mas não as amigas da Ariel.


Poseidon, com sua capa maravilhosa e diagramação linda, nos apresenta Emma, uma garota que só se destaca no mundo por conta de seu equilíbrio digno de uma morsa. Não tem um dia que Emma não caia, não bata a cabeça numa parede de vidro, não tropece nos próprios pés... É como se ela não fosse feita para andar na Terra. Pelo menos é isso que pensa Galen, príncipe Syrena (sereia, para leigos like us), que sente uma inesperada conexão com a humana de olhos claríssimos. E por sentir que ela é um dos seus, Galen resolve seguir Emma em sua vida, entrar na mesma escola e se matricular nas mesmas turmas, tudo para descobrir esse mistério que se mostra tão atrapalhadamente irresistível.

Por um lado, Poseidon é legal. Por outro - e maior em proporção -, esse é um livro bastante sem pé nem cabeça. A autora dividiu a narrativa entre Emma e Galen, pessoas completamente diferentes que vem de mundos diferentes. E para contar essa história, que tem grandes pingos de originalidade na mitologia marinha, ela precisava de dois personagens que soubessem situar o leitor no universo. O problema é que isso não acontece. Emma nada em sua santa ignorância, e Galen já é introduzido na história de modo que as explicações sejam bem raras. É como se quem está lendo já devesse saber da hierarquia dos reinos do mar e precisasse entender quem manda quem na Ordem de quem e essas coisas toda. Desculpa, Banks, mas não é bem assim que a banda toca.

Para compor seu casal principal, a autora abraçou o clichê. É uma mistureba de romance high school com romance sobrenatural agarrando todos os pontos comuns que um livro do gênero oferece. Em certos momentos, Emma e Galen são interessantes e tem química, em outros são só mimizentos porque esse não seria o namoro mais comum do mundo. Vou fazer a Selena Gomez e cantar tell me, tell me something I don't know, something I don't know, porque olha. E para reforçar o lado sem pé nem cabeça do livro, estava a mãe de Emma fazendo as perguntas mais constrangedoras, inesperadas e sem noção do mundo. Não sei se a autora estava tentando forçar uma situação engraçada, mas todo o lado cômico só ficou embaraçoso e forçado. Nossa, muito forçado.

Sabe aquele livro que dá impressão de que quanto mais você lê, menos avança? Acima de tudo, Poseidon foi assim para mim. Quando a história começava a empolgar, a narrativa parava e Banks começava a enrolar mais e mais um pouco. A lenda das sereias é diferente, mas não foi muito bem explicada e não é nem algo que dá para ver melhor desenvolvido na continuação. Uma pena, pois minhas expectativas estavam bem altas. Talvez tenha sido esse o principal problema?
Beijinhos ♥ 

6 comentários:

  1. como fazer um romance sobrenatural sem ser clichê?? neste mundo já tem de tudo... e para fazer algo diferente, acredito eu que só com um pacto com o ... mesmo =/
    triste saber que a autora se enrola um pouco, mas mesmo assim há alguma coisa no livro que me deixa curiosa para ler (a capa linda talves??) então pretendo ler ele logo...

    ResponderExcluir
  2. Nossa!!!! Esse é o tipo de livro que eu largaria no terceiro capítulo. Escrever livros com temáticas mitológicas é muito complicado. A pessoa precisa entender muito sobre o assunto e fazer com que o mesmo seja introduzido de maneira fácil de compreender e torne-se interessante. Fiquei com a impressão que você citou: a coisa toda parece uma mistureba e muito forçado. Uma pena.

    http://spencer-pretty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ta aí um livro que eu estava louco pra ler, mas todas as resenhas que li me fizeram ficar com uns mil pés atrás, inclusive a sua! A resenha está ótima, mas infelizmente, essa será uma leitura que não irei arriscar durante muito tempo!

    Robs - http://www.perdidoempalavras.com/

    ResponderExcluir
  4. Obrigada mesmo por ter feito esta resenhas, graças a ela não vou gastar dinheiro comprando este livro.
    Quando li no skoob a sinopse eu achei bem interessante, sua explicação sobre o enredo também mostrou que parece um livro legalzinho, mas depois, quando você nos mostrou sua opinião eu vi que não vale a pena, que é uma perda de tempo.

    worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir
  5. Esse é um livro que comecei a ler com muitas expectativas..afinal de contas, se trata de mitologia...mas, infelizmente me decepcionei muito...assim como vc achei o livro sem pé nem cabeça... não tinha base, faltava coisas...pra mim o livro está repleto de buracos, parece que ele pegou pedaços de historias diferentes e juntou tudo...realmente o casal não me cativou...só não abandonei a leitura pq nunca consigo deixar de terminar um livro por pior que seja.

    Quando li no inicio de sua resenha que será uma serie, fiquei chocada...não pretendo ler mais de jeito nenhum..


    bjs

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ser um livro sobre sobrenatural, um tema que eu adoro, nunca tive muita vontade de ler ele. E Depois da resenha, a vontade também não aumentou.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!