15 de jan de 2014

Círculo — Mats Strandberg e Sara Bergmark Elfgren

Círculo - Engelsfors #1
Autores: Mats Strandberg e Sra B. Elfgren
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580574296
Páginas: 416
Nota: 
Extra: Maratona Literária
Comprar

É com uma sinopse curiosa, protagonistas com personalidades fortes e um primeiro capítulo de arrepiar o braço que Círculo chega ao Brasil. Pelo menos, é assim que ele é apresentado na sua chegada ao país verde e amarelo. Então nos jogamos. Estamos sempre a procura de uma história de bruxaria que satisfaça a saudade que sentimos de Harry Potter, certo? Algo que mesmo sem nos levar a Hogwarts, nos dê vontade de recitar alguns feitiços por aí e ver coisas fantásticas acontecerem. Nada muito grande, apenas uma parcela do sentimento literalmente mágico que J. K. Rowling colocou nas nossas vidas. É pedir demais que os livros de bruxaria tenham bruxaria, afinal de contas? I think so...


Em Círculo conhecemos um grupo de garotas que, a principio, não tem nada em comum além da própria escola. Elas não estão no mesmo grupo social, não conversam ou têm amigos em comum... até uma lua vermelho-sangue surgir no céu e uma força sobrenatural unir as garotas. O que posso falar que não é extremamente óbvio de se deduzir? Hm... Elas tem poderes? Conexão com os elementos? Tem que lutar contra as forças do mal? Tudo isso, claro. Tão surpreendente quanto Cho Chang não ser a garota certa para Harry Potter.*
*Se me perguntar, a Gina também não era, mas enfim.

O trunfo dos autores foi seu começo de tirar o fôlego. No prólogo se encontra a melhor forma dessa história, o nível de suspense, terror e fantasia que deixariam esse livro incrível se fossem contínuos e não apenas uma vez a cada cem páginas. Mats e Sara souberam unir todas essas características e tirar seu chão em pouquíssimas páginas, para logo depois encher o desenvolvimento de informação desnecessária, cenas sem conteúdo e diálogos bobos. Não manteve o nível, sabe? Uma pena, porque estava bem elevado.

Não acho que colocar várias protagonistas ao mesmo tempo tenha sido uma coisa boa. Até um primeiro momento, todas tem personalidade forte e precisam lidar com seus próprios demônios (muito bem colocados na orelha do livro), mas depois fica apenas confuso e raso. É tanta troca de ponto de vista (embora seja tudo em terceira pessoa) que você não consegue se ligar com nenhuma, muito menos com o grupo como um todo. O que é meio previsível, já que nem o grupo se ligou como um grupo, por quê o leitor deveria fazer isso sozinho?

E lá vem a fantasia. Não sei vocês, mas estou bem cansada dessa coisa de elementos da natureza. Já deu, né? Em toda história é a mesma coisa, fica tão cansativo e repetitivo. Talvez se você nunca tenha lido um livro em que os personagens se ligavam com água, fogo, terra e variados (o que eu duvido muito), até pode curtir essa ideia, mas para quem já conhece, nada de novo (exceto que metal é um elemento também?). Também não é na revelação do vilão que Mats e Sara conquistam seu lugar ao sol. Colocar a culpa na pessoa menos óbvia é sempre óbvio, sabiam?

Três estrelas por eu ter realmente gostado da força do mal se manifestando nas pessoas, e também pelo prólogo. Em outros pontos, Círculo é bem méh. Muitas protagonistas, muita superficialidade, muita pista falsa que grita que é falsa, pouca surpresa e pouco cativo. Esse não é um livro para quem adora bruxaria na sua forma clássica, esse não é um livro para quem gosta de high school. Eis apenas uma mistura desses dois elementos que ao puxar para os dois lados, acabou estagnada no meio. Uma pena, pois potencial tinha.
Beijinhos ♥

2 comentários:

  1. Eu não me interessei pelo livro. Não é todo livro que envolve bruxas que consegue chamar minha atenção, acho que o enredo precisa ser muito bem moldado, senão fica algo muito mais do mesmo. Pela sua resenha, não me arrependo de não ter lido rsrs Quem sabe um dia, né?

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu amei o livro! Talvez por não ter lido mais nenhum livro com temática de bruxarias desde Harry Potter haha
    Concordo quanto aos diálogos, tem alguns que foram muito bobinhos, mas no resto, discordo. Eu gostei bastante da mudança de perspectiva dos personagens e estou super curiosa para ler o próximo!

    Bjs!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!