11 de nov de 2013

Mago: Aprendiz por Raymond E. Feist

Mago #1
Autor: Raymond E. Feist
Editora: Saída de Emergência
ISBN: 9788567296005
Páginas: 432
Nota: 
Comprar

Eu tenho um pé atrás para fantasia épica, pois desde Harry Potter, nunca consegui me apegar a outra série do gênero. Eu tento, mas parece que nenhuma me conquista de verdade, talvez porque nenhuma chegará um dia aos pés da tia JK. Contudo, várias séries do estilo são lançadas anualmente e, na maioria das vezes, são recebidas de braços abertos. Os comentários foram excelentes para a chegada da editora portuguesa Saída de Emergência no Brasil e seu título de estréia, Mago: Aprendiz, também era muito esperado. Então olha só o fantasma de Harry Potter (de Sirius?) me assombrando e estragando minhas leituras de novo!

O livro segue as aventuras do órfão Pug, criado no castelo do Duque de Crydee, e que sempre sonhou em se tornar soldado do Reino. Entretanto, no dia da Escolha, em que vários Mestres Artesões da corte escolhem seus aprendizes, ele é escolhido pelo mais improvável e logo se torna aprendiz de Mago. Então, além de precisar se adaptar à nova realidade, o Reino se torna ameaçado por uma criatura desconhecida, e as habilidades de Pug são mais que necessárias. 

O que não rolou pra mim foi a narrativa. Raymond tem uma escrita muito densa, muito descritiva. Pouco além de 100 páginas, eu já estava MUITO cansada e sem vontade de continuar. Demorou muito para que a história ganhasse forma e que o enredo prendesse, ainda que só o suficiente pra despertar a vontade de chegar ao final. Somado à minha frustração com o gênero, o livro passou sem me conquistar. E olha que foram muitas e muitas páginas para que o autor fizesse uma reviravolta.

Chega um momento em que Mago: Aprendiz perde um pouco do destaque em magia para ser apenas uma aventura épica (estilo literário que raramente me atrai). Tem muitos elementos de fantasia, mas vira e mexe e o principal do livro ainda são os atos heroicos de Pug para defender o reino. Claro que aí também entra a paixão do protagonista por uma princesa, algumas batalhas, descobertas...

Raymond soube usar várias influências fantásticas para enriquecer sua série e começar Mago com pé direito, mas definitivamente esse não é um livro pra mim. Não ter gostado de Aprendiz foi muito pessoal, apenas não comprei o universo que o autor criou, seus personagens, suas histórias... Achei muito cansativo, e em tempos de que a pilha de leitura só aumenta, um livro que não vai pra frente é tudo que eu não quero.
Beijinhos ♥ 

2 comentários:

  1. estou com os 3 livros desta serie na minha estante, mas ainda não tive coragem de ler ;x
    não sei, mas sinto que vou me decepcionar, e sua resenha ajudou neste meu pensamento mais ainda! hahaha

    ResponderExcluir
  2. Pensei que a história fosse mais emocionante e não maçante. Quero ler ainda este romance, mais vou esperar mais um pouco. Quem sabe ano que vem. Beijos.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!