12 de nov de 2013

Laços de sangue por Richelle Mead

Bloodlines #1
Autora: Richelle Mead
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765152
Páginas: 432
Nota: 
Comprar

Me sinto uma das pessoas mais sozinhas no mundo por não gostar de Vampire Academy, a série de vampiros que deixou Richelle Mead famosa e que conquistou uma legião de fãs. Existe algo que não me desce nessa história toda, e parecem implicâncias que só eu tenho. Contudo, ao mesmo tempo em que muita coisa me irrita, a autora ainda tem um quêsinho cativante que dá vontade de ler seus livros, naquela esperança que ela ainda surpreenda e conquiste. Foi essa pequena possibilidade que me fez ler Laços de sangue, o primeiro volume da série spin-off Bloodlines. Estamos finalmente livres de Lissa e, nossa, isso é ótimo!

Nesse livro conhecemos Sidney, uma alquimista que ajudou Rose quando a dampira precisou e, por isso, é rejeitada pelos outros alquimistas com quem convive. Ainda assim, ela foi a melhor opção para ser enviada como protetora de Jill, uma Moroi do alto escalão real, que está indo para um colégio interno se proteger dos Strigoi. E lá se vai outra protagonista viver a sombra de uma Moroi egoísta e colocar todas as necessidades da protegida acima das suas. Hm, novo, não?

Laços de sangue parece ter sido construído no mesmo molde que a série anterior. Existem várias pequenas semelhanças, não o bastante pra comprometer a leitura, mas o suficiente pra me deixar com um pé atrás. Não sei dizer que mudanças aconteceram na hierarquia Moroi desde os acontecimentos finais de VA, se é que aconteceram, mas o que temos aqui é outra garota super bonita, inteligente e corajosa (cof cof cof cof cof, estou engasgada), largando o mundo que conhece para arriscar a própria pele ao redor de criaturas que cresceu detestando. Existe uma menor co-dependência entre Jill-Sidney do que era Lissa-Rose, principalmente pela falta do laço e da amizade de anos, mas o pouco que há me fez odiar Jill. Odiar com todas as minhas forças.

E Sidney também não é lá muito diferente de Rose (que é uma protagonista que nunca comprei, por assim dizer). Ela banca a corajosa, todas as pessoas querem ser como ela, é bonita, inteligente, usa sarcasmo para tudo, sabe se relacionar com vampiros de forma política, é altruísta até dizer chega e chora no travesseiro quando as coisas não dão certo como queria (não estou condenando, apenas não é uma atitude que nossinhora, admirável, quero ser você quando crescer). Os momentos que ela não está apenas lidando com tudo e levando a trama pra frente, Sidney estava me irritando. Em vez nenhuma eu a admirei - apenas variava entre não me importar e não gostar. Normalmente essa segunda parte acontecia quando Jill estava por perto. Ainda não é o ódio que eu sinto por Lissa, mas óh, tá parecido.

E como nem tudo são coisas ruins, temos Adrian ♥ - o melhor personagem de VA que está de volta para abrilhantar esse novo cenário. Dez estrelas por ele ser apenas maravilhoso, cínico, egoísta, gostoso, ter as melhores tiradas e conquistar meu coração. Eu shippei demais ele e Sidney, mesmo achando meio óbvio Mead utilizar o clichê romance humano-vampiro-totalmente-impossível-blablabla-te amo-blablabla-não podemos. Uma coisa que até então não dava para acusar a autora era de não ser original, e então foi a primeira vez que a vi se aproveitar de um tema batido. Durante o decorrer da trilogia, o romance ainda vai dar muito pano para manga e tem um potencial imenso de irritar/frustrar o leitor. Também tem potencial de se tornar OTP e fincar as garras no nosso coração. Pfvr, Richelle, seja ótima, por favor.

A leitura rende muito, muito. Por mais que tenha vários itens que deixou a desejar, Laços de sangue é um livro muito bom, de verdade. A mesma capacidade que a autora tem em criar personagens enfadonhos, ela tem em escrever bem. As palavras fluem, a trama desenvolve e não fica só em problemas de livro introdutório. Sidney não é a melhor protagonista, lambe o chão que Rose pisa, Jill é uma mimada estressante, mas lá está Adrian para deixar tudo mais lindo e incrível. Essa trilogia parece ser gritantemente melhor que Vampire Academy, e eu vou sim acompanhar. Recomendo que faça o mesmo - e vá de coração aberto conhecer Sidney.
Beijinhos ♥

3 comentários:

  1. eim, você não está sozinha. toca aqui porque eu também não gosto de Vampire Academy õ/
    quero ler Laços de sangue só por causa do Adrian, hahahaa
    tá, na verdade não sei se quero mesmo ler o livro... ele não me parece ser tão bom assim =//

    ResponderExcluir
  2. Olá Joana, tudo bem??
    Sempre tive vontade de ler Academia de Vampiros, mas ainda não tive a oportunidade, e esse livro me chamou bastante a atenção também; gosto muito de livros envolvendo vampiros, e sua resenha me deixou super animada e esta capa é realmente linda =)
    Espero conferir em breve!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Nunca li a Academia de Vampiros e nem pretendo ler. Mais falando deste romance agora... eu gostaria muito de conhecer mais os personagens. Sidney e Adrian são os queridinhos pelo que pude notar. E estou ansiosa pra conhecê-los. Beijocas.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!