29 de out de 2013

Mais bruxaria em Witches of East End

Vamos voltar para a fall season de 2011 e a esperada estreia de The Secret Circle, série de bruxas inspirada nos livros homônimos de L. J. Smith. Todo mundo queria assistir por tratar de um tema pouco explorado na televisão e ter conquistado com seu piloto sensacional. Contudo, não sei você, mas dei graças quando foi ~feenalmente~ cancelada no final da primeira temporada. Não é de hoje que seriados prometem demais no piloto e, quando falam sobre algo que não drama por drama, correm muito mais o risco de se perderem depois de cinco ou dez episódios. TSC cansou tanto que me traumatizou com bruxaria na TV, mas foi só a divulgação das primeiras imagens promocionais de Witches of East End para que eu voltasse atrás e adicionasse a estreante da Lifetime na watchlist. O problema é que esta pode muito bem se tornar The Secret Circle 2.0, e bem, a gente não deseja isso nem pro seriado favorito dazinimiga.
Baseado nos livros de Melissa de la Cruz, Witches of East End conta sobre as irmãs Freya e Ingrid, ambas bruxas e amaldiçoadas. O caso é que, a principio, nenhuma das duas sabe disso, pois sua mãe, Joanna, escondeu por toda a vida esse segredo de família. É com a chegada da tia Wendy e a morte de alguns conhecidos, que o circo vai fechando e alguns segredos precisam ser revelados, mesmo que carreguem maldições centenárias e possam terminar em mortes. Várias delas.
Se existe uma coisa muito maravilhosa em WoEE é que o tempo passa e você nem vê. Pela leva de informações que apenas o piloto tem, existem mil plots para explorar e vários ganchos que os produtores podem se agarrar. E como é um livro, consigo imaginar todo o primeiro volume apenas para introduzir metade da bagunça que a série fez nos primeiros minutos (levando em consideração que a grande maioria das autoras do gênero são enroladas -enroladoras?- e gostam de procrastinar na explicação). É frenética a jogada de dados e referências escolhidos a dedo para enriquecer o roteiro e se destacar no meio, então para uma primeira impressão, isso é para se receber de braços abertos e cartazes de boas vindas. Mas ainda assusta um pouco que não se saiba até que ponto isso vai e se a qualidade se manterá. A gente torce que sim, mas os antecedentes desanimam muito um pouco.
E ainda voltando ao ponto que é baseado em livros, não poderia faltar um triângulo amoroso daqueles bem forçados. Sim, esse é o grande ponto fraco da história e o possível-grande-capacitor-da-futura-desistência (ou cancelamento, vai saber). Freya, a mais nova das garotas, está noiva de Dash, o garoto dos sonhos, mas se sente estranhamente atraída por Killian, seu cunhado bad boy magya que - olha só - ela sonhava antes mesmo de conhecer (amiga, é impossível). Ela é cheia de mimimi, fica nessa coisa de "amo meu noivo mas vou ali visitar Killian no seu barco no meio da noite e não vou contar pra ninguém que tenho sonhos eróticos com ele". Bem diferente da irmã, Ingrid, que é racional, inteligente, adora livros e é cética em relação a tudo. Se a vida é uma batalha, você está vencendo, Ingrid! ♥
Assisti três episódios e minha opinião está limitada até aí, porém Witches of East End parece ser muito bom mesmo. A trama está sendo bem conduzida, num perfeito equilíbrio entre não deixar pontas soltas e ainda manter a curiosidade. O roteiro tem sacadas engraçadas e sagazes, os feitiços são feitos em latim e o cast masculino é muito, muito gato. Tenho impressão que os livros seriam chatos por motivos de Freya, mas até então, o seriado em si compensa a chatice de sua principal. Sou #team Dash-sai-da-ficção-e-seja-lindo-aqui-também,-muito-obrigada. No mais, acho que você deve assistir e adorar essa série, entretanto se WoEE se perder logo mais, não vou poder dizer que não imaginava. Ainda assim, o seriado é da Lifetime e uma temporada completa é curtinha e vai bem.... Eu acho.
Beijinhos ♥

8 comentários:

  1. Tomara que esse seriado não seja um fiasco como O Circulo Secreto.

    Adorei seu blog e já o estou seguindo e ficaria agradecida se você também seguisse o meu.

    http://fonte-da-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Diferente de você, eu gostei de TSC e ainda leio os livros (que particularmente acho pior que a série). Gosto de coisas relacionadas a bruxas mas não é meu ponto forte. Tive curiosidade em relação a série mas não sei se vou assistir, quem sabe eu não dê uma chance?

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. clichê clichê e mais clichê... céééééus!!!!
    sabe, acho que fui com a cara da Ingrid hahahaha
    não é a minha praia, então eu passo essa :D

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não vi, mas espero que seja bom e q não seja cancelada depois que a gente passa a acompanhar igual aconteceu com o Circulo secreto

    http://www.lostgirlygirl.com/

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Assisti o primeiro episódio, não me agradou muito, mas pretendo continuar assistindo pra ver se melhora.

    ResponderExcluir
  6. Bem vi falar dessa série, mas bruxa? Já fiquei pé atrás.
    Aquela outra de TSC foi um saco, vi até o 11 e depois que Deus ajude, não aguentei mais. Nem lembro se vi até o 11 mesmo :S
    Mas essa nova...hum....sei não. Não chamou atenção pra ver, é uma que vejo o que o povo fala mas ver mesmo não deu vontade ainda...

    ResponderExcluir
  7. AHHH eu gostava de TCS!!! Pena que cancelou... Vou conferi essa série pois já estou morrendo de saudades do Tema Bruxaria nas séries...

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia este seriado, apesar da sua descrição ser super interessante mas não me animei muito por ele não.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!