8 de out de 2013

Ainda tá em tempo de apostar em Trophy Wife

Toda fall season trás uma leva de sitcoms. Eles são repetitivos, clichês, nada originais e, cada vez mais, maioria nas apostas televisas. Talvez estreie assim porque pouquíssimos se mantem na grade por mais de um ano, quando muito. O público já está apegado às suas comédias favoritas, aquelas que estão aí faz anos (vide TBBT, HIMYM e TAHM) e se deixar apegar por algo que pode acabar antes de dez episódios? Acabar por mais brilhante e genial que seja (sim, tô falando de Partners)? Err, quem sabe outra hora. E todo ano, muitos e muitos sitcoms flopam, são cancelados e caem no esquecimento. Outros continuam e se tornam queridinhos da watchlist. Ainda tá em tempo de citar Trophy Wife como a grande surpresa da fall 2013/2014?
Trophy Wife é o termo americano para "muita-areia-pro-caminhãozinho-dele" depois do casamento. A série segue a nova rotina de Kate, um ano depois de conhecer, se apaixonar e casar com Pete. Não basta abandonar a vida de festeira all night long, Kate também herda uma família inteira, com direito aos três filhos de seu marido e as duas ex-mulheres, ambas muito presentes no dia a dia do novo casal. O seriado não vai além disso, e é uma fórmula tão pronta e batida que é de estranhar sua entrada na grade da ABC. Todavia, se ainda há campo para piadas no ambiente familiar 2.0, esses roteiristas estão de olho para se aproveitar.
Provavelmente Trophy Wife vai seguir a linha da falta de preparação de Kate para assumir, da noite pro dia, uma família tão grande. Não digo preparação educacional da protagonista, como saber cozinhar e limpar a casa (século XXI, helloOoU!), mas de sua inabilidade psicológica de servir como figura responsável. No fundo, tudo gira ao redor do seu jeito nada ortodoxo de se portar como adulta (até ano passado ela só sabia cair na balada noite sim, próxima também), de tentar cair na graça de seus enteados, de Diane e Jackie. Se isso significa beber uma garrafa de vodka inteira sem nem respirar entre os goles? Ora, por que não?

Também vale destacar os filhos de Pete, que protagonizam cenas hilariantes. Darren e Hillary são os adolescentes cheios de hormônios e opiniões, mas meu favorito ainda é Bert, o mais novo, meigo e engraçado. Simplesmente morry com ele no segundo episódio, seu carisma sai da tela e vem como as melhores piadas. Que vontade de abraçar esse menino, gente! Pfvr, fale mais, Bert, não cale a boca nunca!
Foram dois episódios exibidos e bochechas doloridas de tanto rir. Trophy Wife foi uma das poucas sitcoms que decidi acompanhar nessa fall season e, de todas, sem dúvida foi a melhor escolha. O elenco começa chamando atenção, mas toda a equipe de produção merecem créditos por essa surpresa gostosinha que tá sendo. A série é divertida, engraçada e, mesmo sendo clichê, conquista corações. O meu já foi.
Beijinhos ♥

2 comentários:

  1. Não chamou muita atenção pra mim e já tem tanta coisa que quero ver e não dá que nem quero adicionar mais uma, gostando ou não. Fods não ter tempo :S

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia este,mas realmente parece ser bem engraçado =)
    Mas como acompanho outras terei que procurar por ela mais adiante!! Mais adorei a dica !Bjuss

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!