9 de set de 2013

Nada é para sempre por Ali Cronin

Garota ♥ Garoto #1
Cass é a namorada fiel. Ashley não leva nada a sério. Donna é festeira. Ollie é mulherengo. Jack é esportista. Rich talvez seja gay. Mas e Sarah? Os amigos sempre tiram sarro dela por ser certinha demais, mas ela só está esperando pelo cara certo e agora tem certeza de que o encontrou. Será que ele sente a mesma coisa? Ou tudo não passa de uma paixão de verão? Acompanhe o emocionante último ano de escola de quatro garotas e três garotos de dezoito anos.

Autora: Ali Cronin
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765053
Páginas: 272
Nota: 

Esse livro estava nos meus desejados desde que foi lançado por aqui, ainda no ano passado. Motivo? O gênero. Já disse antes que sou apaixonada por new adults, por mais fraco que o estilo seja, e sempre quero ler todos os títulos lançados. Garota ♥ Garoto é uma série deles, em que cada livro fala sobre algum personagem em especial no grupo de amigos, fazendo uma abordagem mais realista e menos romanceada da adolescência. Não, esse não é o livro para o qual você corre quando quer achar um substituto para Belo Desastre ou Easy no seu coração.

A primeira protagonista apresentada por Ali Cronin é Sarah, a garota-certinha-pau-pra-toda-obra. Ela sempre foi a primeira opção para ouvir as histórias dos outros, mas nunca para falar. Sua vida é monótona, não acontece nada que mereça comentar... Até ela conhecer Joe durante as férias, se apaixonar perdidamente e perder a virgindade com ele. Depois disso, Sarah tem suas próprias experiências para dividir com os amigos. Você sabe: Joe para cá, Joe para lá. Joe se torna 9 a cada 10 palavras que sabem da boca de Sarah (a outra é "eu"), e os amigos percebem isso. E não é como se algum deles conhecesse o garoto que a amiga tanto fala. É um relacionamento a distância, sem compromisso... Só que alguém pode, por favor, avisar isso a Sarah?

Então, obviamente, ela é chata. Você sabe, o tipo de garota que fica obcecada porque achou alguém que goste dela e passa a respirar essa pessoa, afinal, pra quê oxigênio quando a gente tem um namorado gostoso, né. Não senti empatia por ela, não torci por seus dramas. Não é como se Joe tivesse dado uma pista de que queria uma namorada (muito pelo contrário, aliás), mas Sarah já tinha o nome dos filhos logo depois da primeira noite juntos. Mas tirando a protagonista, a trama é muito legal. Eu adorei como a autora abordou o assunto, foi bem leve e fez Sarah chorar bastante para aprender a não ser tão chata. Não. Perdoo.

Diferente de todos os new adults que já li até agora, Nada é para sempre não teve aquele sentimento de arrebatamento, de tirar o fôlego. Vai de que o casal não é daqueles predestinados, que deixa um rastro de química por onde passa o livro. Nem de longe. O relacionamento que vale a pena citar é entre o grupo de amigos de Sarah: Ashley, Rick, Ollie, Donna, Jack e Cass. A melhor interação é a deles, os melhores diálogos e momentos. Acaba que Nada é para sempre é um NA focando na amizade, e não no romance. Pelo menos nesse primeiro livro.

Nada é para sempre é muito bom, mas totalmente diferente do que eu imaginava. A narrativa da autora é muito gostosa de passar o tempo e o livro acabou em poucas horas, portanto é bem escrito, tem uma visão realista e um pouco cruel, só que um jeito bonitinho. Dá pra entender? O problema foi Sarah, a egoísta e apaixonada Sarah. Apesar de que se for ver, uma protagonista diferente faria a história perder o propósito, então precisamos conviver com ela. Enfim. Gostei, recomendo e tenho a leve impressão que os próximos volumes serão bem melhores.
Beijinhos ♥

5 comentários:

  1. tenho vontade de ler os livros da serie, e já vi comentários sobre a personagem ser chata desse jeito...
    mesmo assim quero ler hahaha
    ah, e Belo Desastre é insubstituível tá? hããm

    ResponderExcluir
  2. Nossa eu comprei o livro com tanto gosto e com tanta vontade de ler e acabei me decepcionando um pouquinho. Mas na verdade amei o jeito como Ali nos joga no universo dos personagens do livro, assim como você disse o foco é nas amizades, e todo o final de livro da série fiquei com vontade de conhecer o próximo personagem, acho que essa era a intenção de Ali no final das contas.

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Livro fofo, história bacana...e não li ainda ¬¬
    Gostei dessa trama. Não parece ser daqueles livros loucamente novos e que te deixam pasma, mas é uma trama com jeito de gostosa. E com um gênero assim não tem como ler e não adorar.
    Querendo conferir.

    ResponderExcluir
  4. Não consegui lidar com o mimimi eterno da Sarah. Errrgghhhhh!!!!! Porém o background do livro me interessou pra caramba, e não vejo a hora de colocar minhas mãozinhas nas continuações.

    ResponderExcluir
  5. Essa trama não despertou a minha curiosidade.
    Li alguns comentários por aí, mas só que não é meu estilo... :\

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!