29 de jul de 2013

O livro das Princesas por Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patricia Barboza

"Da mesa da Princesa Mia Thermopolis: 
Olá, amigos, fãs e companheiros admiradores de princesas (ou eu deveria dizer simpatizantes de princesas?)! Eu mal pude acreditar quando alguém do Brasil permitiu que EU desse uma olhadinha neste livro. Mas acho que faz sentido, já que, além de ser uma princesa, também tenho verdadeira paixão por histórias românticas! Acreditem no que eu digo, este livro tem essas duas coisas de sobra! Mas são releituras contemporâneas, com reviravoltas que farão você dizer owwwwnnnnnn… Uma Cinderela DJ? Rapunzel popstar? Bela é uma supermodelo? E unicórnios em A Bela Adormecida?! Sim, por favor! Mais, mais. POR FAVOR. Não se preocupem, tem mais. Muito mais. Eu amei, e vocês também vão! (Sim, você também vai amar, Tina Hakim Baba. Pode pegar meu exemplar emprestado quando eu terminar de ler. Não, melhor: compre o seu. Assim você vai poder ler de novo e de novo, como eu pretendo fazer.)
Sinceramente, Sua Alteza Real, Princesa Mia Thermopolis"

Autoras: Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patrícia Barboza
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501403254
Páginas: 288
Nota: 
Comprar

Nunca fui grande fã de livros de contos, principalmente com autores que gosto. Eu sei, é estranho. Não é que eu ache o estilo chato, mas sempre acabo meio frustradas pelas histórias terminarem na melhor parte, ou então, por nem terem uma melhor parte já que são poucas páginas. Só que eu desisto e ignoro esses livros? Nope! Sempre tem uma história que vai mexer mais comigo e me deixar em completa agonia por não ter um livro só dela. Contudo, é aquela agonia boa, né? As literárias normalmente são...
A modelo e o monstro - Meg Cabot - 
Na história de Meg Cabot, a protagonista é Belle, uma modelo que está de férias com o pai, a nova madrasta e a meia irmã, num cruzeiro. Você viu? É esse o problema de contos! Não tem o que falar, já que só a apresentação dos fatos leva metade da história e o resto é spoiller. Pelo menos é assim com Meg. Das 70 páginas, 35 são para situar. O resto é conclusão. E o que eu posso resumir?
Ela fez uma nova versão de A Bela e Fera com referências bem visíveis - o nome da protagonista, sua paixão por livros, o monstro... Aliás, esse é um ponto importante. Foi incrível ver como a autora conseguiu criar a Fera, em toda sua glória monstruosa, sem usar nada de sobrenatural. Isso contribuiu para deixar a história ainda mais fofa. O problema, como eu citei, é que é curto demais. A modelo e o monstro acaba na melhor parte. Não é de ontem que eu acho os contos de Meg Cabot com finais incompletos. Aconteceu o mesmo com Formaturas infernais, Zumbis vs Unicórnios... Por que dessa vez seria diferente?!
Princesa Pop - Paula Pimenta - 
De longe, a melhor história dessa coleção - e que merecia um livro com 400 páginas só para si. Paula Pimenta fez sua versão de Cinderela, cuja protagonista, Cintia, é DJ nos finais de semana (até a meia noite). Era uma vez, (como se eu fosse perder a brecha) ela é contratada para tocar na festa de suas novas meias irmãs, mas como o pai não sabe da profissão, faz disfarçada. Dá pra ir mais longe na sinopse de Princesa Pop porque esse é, também, o maior conto. Paula desenvolveu sua história em pouco mais de 100 páginas, e conseguir fazer muito bem todos os passos da narrativa: introduzir, desenvolver e concluir. Parece um livro inteiro, de tão bem executado e detalhado que é. Fico boba de imaginar o que ela faria se tivesse mais espaço.
Cinderela DJ é uma coisa extremamente genial, e na ordem geral dos fatos, o enredo inteiro ficou bastante inteligente - mesmo sendo baseado num conto de fadas, mesmo tendo 219 clichês envolvidos (já que clichês e contos de fadas andam de mãos dadas ao longo de arco íris). Todos os personagens tem espaço, e príncipe encantado é de derreter as pernas. O romance em si é de derreter as pernas. MELHOR, MELHOR HISTÓRIA. Finalmente entendi por completo porque Paula é tão amada por aqui.
Eclipse do Unicórnio - Lauren Kate - 
Já Lauren Kate decepcionou. Sua história, uma versão fraquíssima de Bela Adormecida, foi a única que usou fantasia. A narrativa é dividida entre Talia, a princesa dorminhoca que a gente já conhece, apresentada da forma que a gente já conhece, amaldiçoada por anjos (já que estamos falando de Lauren) para se encantar por um unicórnio, e Percy, um garoto comum de coração partido. A história é curta demais, não tem um desenvolvimento conciso. Num minuto começou, no outro terminou. E muito mal terminado, cá entre nós. Achei a história bem sem sentido e sem propósito, principalmente a parte do unicórnio. Não entendi, poderia ter doado esse espaço para Paula continuar sua história linda.
Do alto da Torre - Patricia Barboza - 
E, por fim, Patricia Barbosa faz sua versão de Rapunzel, em que Camila, a protagonista, é uma tímida garota de cabelos compridíssimos (graças a uma promessa) que mora com a tia controladora no alto de um prédio e faz covers da Katy Perry, disfarçada, para o youtube. A história em si é bem bonitinha, mas não consegui me apegar aos personagens. Achei Hannah Montana demais. Eu esperava mais drama na história de Camila, principalmente na relação com sua tia (que nem é tão tirana quanto é pintada), e também no romance. As semelhanças com Rapunzel ficaram muito na parte física da história, nas descrições, não nas ações em si. Faltou algo mais... Páginas, talvez.
Beijinhos ♥

7 comentários:

  1. Pois é... sou da mesma opinião. Contos são tão curtos, que quando chegamos na melhor parte deles, eles acabam. Mas fazer o que, né?

    Olha, gostei bastante do projeto, e fiquei curioso pela leitura. Meg é diva, Lauren é demais! Paula e Patrícia não li nada, mas quero ler o quanto antes...

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Fofa essa parceria, adorei a ideia do livro com essas autoras. Fica gostoso de ler, conhecer mais de cada uma em um livro só é bem bacana. E parece valer a pena, gostei de ver essas histórias. Queria conferir!

    ResponderExcluir
  3. Particularmente não curto contos, sempre fico com a sensação de que falta algo...
    A capa é fofinha, ;)

    ResponderExcluir
  4. Estou encantada com este livro. Adoro três dos contos escolhidos e as "adaptações" parecem muito bem feitas e divertidas. Bela Adormecida é uma história bem chatinha (na minha opinião) e parece que continuou assim na narrativa da Lauren. rs
    Também tenho receio de ler livros assim, por medo de me frustrar ou dos autores estragarem os contos que tanto adoro.
    Mas acho que não tenho com o que me preocupar, O Livro das Princesas tem autoras fenomenais (pelo menos 3! rsrs).
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, Joana!

    Li o livro e concordo com você em quase tudo. Assim como você, amei o conto da Paula Pimenta e também acho que a Lauren Kate devia ter cedido o espaço do conto dela para que a história da Cíntia (e do príncipe dela!) tivesse mais páginas para eu me deliciar ainda mais. Aliás, eu adorei essa ideia!
    Eu gostei muito da história da Patrícia Barboza e não gostei do conto da Meg Cabot. Achei tudo muito instantâneo, mesmo para um conto.

    Parabéns pela resenha e pelo blog, gostei bastante! :)

    ResponderExcluir
  6. Eu preciso ler!!! Preciso muito!!!!
    Eu amo conto de fadas, se isso não bastasse a capa é linda!!!!
    Amei as ilustrações, fiquei ainda mais curiosa com o livro....

    ResponderExcluir
  7. também não sou muito fã de contos, pelo mesmo motivo que você comentou: as histórias terminam na melhor parte hahaha
    mas para este livro, estou curiosa! as autoras são ótimas, a capa e os contos parecem ser fofos... e até já sinto eu me decepcionando também com a Lauren Kate. não gosto da escrita dela! hahaha

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!