8 de jun de 2013

Simplesmente irresistível por Rachel Gibson

Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.

Autora: Rachel Gibson
Editora: Jardim de Livros
ISBN: 9788563420381
Páginas: 392
Nota: 

Sempre que falam sobre romancistas contemporâneos, o nome de Rachel Gibson surge a mente. Você pode ainda nem ter lido algum livro dela, mas sabe que existe, sabe que escreve e sabe que as pessoas amam. Provavelmente ela está na sua lista de escritores que deve acompanhar e ter/ler ao menos um livro na sua estante/vida. Claro que um título depois você já vai estar querendo ler todas as outras obras da autora. Simplesmente irresistível pode muito bem ser o primeiro da sua fila.

São duas passagens de tempo até chegar onde a trama realmente se desenrola. Primeiro conhecemos Georgeanne, quando é diagnosticada com dislexia aos nove anos. Anos depois, acompanhamos quando ela foge do próprio casamento. Por ser disléxica, ela sempre se sentiu burra, incapaz de ser bem sucedida por conta própria, e achar um marido rico foi a solução mais fácil. Porém minutos antes do casamento, Georgie percebeu que não queria passar o resto da vida ao lado de um cara com o triplo de sua idade, e pega carona para qualquer lugar com John, um "funcionário" de seu ex-futuro-marido. Sete anos depois, Georgeanne comanda um buffet ao lado da amiga, Mae, e cuida sozinha da filha de seis anos, Lexie. Tudo ia muito bem até John voltar para sua vida - e perceber que uma parte dele nunca tinha saído do lado dela. Literalmente.

Rachel tem a grande habilidade de pegar vários clichês, criar uma sinopse guilty pleasure e fazer você adorar aquela previsibilidade toda. A forma que ela criou os protagonistas e avançou no tempo fez toda a diferença - deu para conhecer a fundo os personagens e, principalmente, quem eles se tornaram. Por exemplo Georgeanne e como descobrir que é disléxica a afetou. O livro se passa bem antes dos anos 2000, quando não tinha internet e google ao alcance do bolso, e o pouco conhecimento que se tinha dessa disfunção a pintava como um grande retardo mental. Esse é o grande ponto fraco da protagonista, o que mais faz dela humana, e por consequência, criou empatia com o leitor.

O mais legal do casal protagonista é a forma como se batem de frente. Os dois são muito geniosos, orgulhosos, e até mesmo egoístas. Você sabe o que isso significa, né? Diálogos incríveis, olá! Amo/sou respostas atravessadas e tiradas sarcásticas rebatidas, dá uma fluência maravilhosa para qualquer narrativa. Sem falar que shippar um casal como John e Georgianne é muito mais emocionante - tem mais drama e tensão sexual. Contudo, a gente ainda conhece um outro lado dos personagens, muito mais suave, muito mais bonitinho: quando estão com a filha, Lexie. John perde toda sua pose gurutal de jogador de hóquei e fica muito, muito fofo, principalmente quando está sofrendo para colocar leggings em Barbies. Cá entre nós, eike coisa complicada!

Sem mais, eu adorei Simplesmente irresistível, achei a história muito bonitinha, divertida e com ótimos personagens (Lexie ♥). Só tirei uma estrela pelo inicio. Embora eu reconheça que o passado dos personagens é de exímia importância para o enredo principal, e o livro não teria o mesmo significado sem ele, as primeiras cem páginas foram bastante cansativas, não via a hora de chegar logo no "presente" (1996).  Isso arrastou demais a minha leitura, mas também é só o que tenho à reclamar. Cada vez entendo mais os elogios que Rachel Gibson recebe. São muito merecidos.
Beijinhos ♥

11 comentários:

  1. Oii, tudo bem?
    Te indiquei pra responder um selinho, passa lá no blog pra conferir!
    beijos

    http://osnarnianos.blogspot.com.br/2013/06/tag-selinhos-liebster-award-e-este-blog.html

    ResponderExcluir
  2. Não li nada da Rachel Gibson. Aos poucos vou matando minhas curiosidades. Estou lendo Menina de Vinte, da Sophie Kinsella, que para mim é um avanço, já que há muito tempo queria ler algo dela. Então, Rachel Gibson não está perdendo.

    Beijos
    Lucas

    ResponderExcluir
  3. aaaaah parabéns pela resenha, fiquei afim de ler o liivro

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nenhum livro da Rachel, e simplesmente morro por isso rsrs Só ouço elogios dos livros dela! E mal vejo a hora de ler algum deles. Espero que seja Simplesmente Irresistível, pois depois da sua resenha, fiquei morrendo de vontade de lê-lo. (:
    Adoro diálogos incríveis com personagens como o John e a Georgianne. E acho que isso tem de sobra no livro!

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. É uma história bem boa pelo visto. Ansiosa para o meu livrinho chegar, quero ler! Gostei dele, acho que vai ser uma boa leitura mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Goostei da resenha, me parece um ótimo livro *-*
    Ótimo domingo Joana, beijos ♥

    Louca Indecisão

    ResponderExcluir
  7. realmente, não li nenhum livro dela ainda, mas tenho alguns na minha lista de desejados! e é claro que este também está! hahaha
    provavelmente começarei por este, pois é o que mais me interessa!
    presente em 1996? este livro é antigo ou eu que estou atrasada? ahahahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayme! O livro é lançamento, acho que até nos EUA não é muito antigo, então 1996 porque a autora gosta do ano, imagino. Claro, é o melhor ano, cof cof <3 hahaha Beijos

      Excluir
  8. Eu achei a capa bem fofa!
    Nunca li nada da Rachel, mas tenho muita vontade! Como amo romance, gostei muito da resenha e estou querendo o livro! Gostei ainda mais da história ser divertida!!!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro não despertou meu interesse. :/ Quem sabe futuramente eu o inclua em minha lista de leitura. ^^

    ResponderExcluir
  10. Apesar de ter vários clichês, parece que no caso da autora funciona muito bem! Eu adorei a história (pela resenha), parece fofa e divertida. Mas o ponto principal, na minha opinião, é o gênio dos personagens. Adoro quando eles têm personalidade forte, batem de frente, etc.
    Ainda não li nada da autora, mas este seria um livro perfeito para começar.
    bjs

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!