1 de jun de 2013

Se7e minutos no paraíso por Rafaella Vieira

Raquel só se veste de preto, é extremamente antissocial e se acha a esquisitice em pessoa. Diego é só mais um garoto de 16 anos louco por videogame e filmes de terror. Os dois cresceram juntos e são amigos inseparáveis. Mas um dia ela percebe que está perdidamente apaixonada por ele.

Autora: Rafaella Vieira
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788565383400
Páginas: 184
Nota: 

Ninguém nunca vai poder me acusar de não ler livros clichês com histórias batidas. Faço isso repetidamente, toda semana, leitura sim, próxima também. Como lidar quando a sinopse que mais chama a sua atenção, coincidentemente, é a que mais está presente na sua estante? É, nem tão coincidente assim. Se7e minutos no paraíso, de Rafaella Vieira, é desses livros que costumo gostar. Mas também é desses livros que costumo ser bem chata.

Sabe aquela "brincadeira" de Sete minutos no paraíso, que tem no filme De repente 30? Esquece. Esse livro é sobre Raquel e Diego, dois melhores amigos, e o dia-a-dia deles após Raquel perceber que está completa e enlouquecidamente apaixonada por ele. Onze a cada dez pensamentos da protagonista é sobre seu melhor amigo, sobre ele ser seu primeiro beijo, sobre perder a virgindade com ele, e por aí vai. E, cabô aí também, a história não passa disso.

O que não deu certo para mim foi logo o principal: o relacionamento dos dois. A autora se preocupou mais em detalhar a paixão secreta de Rachel e seus milhares de pensamentos "Ah, Diego, me beija", "Ah, Diego, para de ser lindo", do que realmente criar uma química entre os dois. Se tem, eu não senti. Achei raso mesmo - e a evolução é totalmente sem pé nem cabeça (mas não entro em detalhes porque é o sr. spoiller). Para um livro que tem como ideia principal torcer pelo casal, falhou em sua parte mais importante.

Em contraponto, eu adorei a narrativa. Quando não está sendo uma apaixonada irritante e repetitiva, Raquel é realmente sarcástica e tem ótimas tiradas. Os diálogos são bem construídos e as palavras fluem mesmo. Sem falar das inúmeras citações pop do livro - uma das raras vezes da vida que entendi todas as referências que os personagens usavam (tem até Jogos Vorazes!). A autora também é super fã de Crepúsculo e a participação dos personagens de Meyer na narrativa são muitas - assim como os atores. Além disso, Rafaella também faz um pequeno merchan de seu outro livro, Depois daquele beijo, no meio da história. Er...ok.

Eu estava bem curiosa com Se7e minutos no paraíso e acabei não curtindo tanto assim, a história foi MUITO diferente do que eu imaginava, mesmo continuando mega clichê. Se o livro tivesse mais páginas, teria mais tempo de criar um relacionamento melhor entre Raquel e Diego, fazer o casal ter momentos que deixassem o leitor com um sorriso bobo na cara, e por consequência, ser convencido pelo romance que nos fez comprar a sinopse. É uma pena que isso não aconteceu. Para mim, mesmo muito legal, narrativa não sustenta livro nenhum.
Beijinhos ♥

11 comentários:

  1. Não fui com a cara, e provavelmente não leria. É chato ser livros clichês. Se tivesse alguma originalidade, tudo bem, mas...

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esses clichês e por mais q tente evitá-los, não dá!!!
    Fazer o q, gostei do livro!!!
    Preciso de tratamento, pq mais um livro com o mesmo assunto q a maioria da minha lista.......

    ResponderExcluir
  3. Adoro o seu gosto para livros e músicas enfim tudo!! Amei o layout tudo!!! Seu blog tem tudo para ser um sucesso!!! Já estou seguindo, estou te esperando lá no blog!!! Amo o jeito que você escreve tudo é demais!! Com carinho, 4 amigas.
    http://4amigaseacidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. ah, confesso que eu adoro livros clichês, não canso de lê-los hahaha
    mas sei lá, esse livro, para mim pareceu ser irritante demais... com toda essa coisa de paixão secreta e não sei o que mais...
    mas ele é fininho né? quem sabe eu me arrisco em ler :)

    ResponderExcluir
  5. Awwwn eu amo esse livro ele é pefto! Não concordo com nada q vc falou.
    E qto ao merchan, a paula pimenta tb faz isso em mvfs neah? rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina! Ah, ok, todo mundo tem opiniões diferentes, né ;)
      Em quem livro a Paula Pimenta faz também? Não sou muito fã dela, não li muitos livros... Beijos

      Excluir
  6. Eu lembro do quanto fiquei curiosa sobre este livro, pela capa e sinopse. Mas esperei as resenhas. E tive a infeliz ideia de seguir a autora no twitter, ela falou tanto da Kristen que me irritou, e saber que no livro ela cita os atores e personagens foi o bastante para me fazer ficar longe.
    Mas quis conhecer a escrita dela e li um trecho de Depois daquele beijo, e não gostei da maneira que ela conduz a história.
    Um livro para ser clichê tem que se garantir, e nesse caso é uma promessa não cumprida.
    Mocinha que pensa demais me irrita.

    ResponderExcluir
  7. Não fui muito com a cara desse livro....é bem...sei lá, não chama atenção. A história pode ser boa, mas não é pra mim. Sou mais uma que se ler acho que vou ter a mesma opinião...

    ResponderExcluir
  8. Não curti muito o livro. Quando comecei a ler a resenha já não curti muito. A personagem parece ser bem chatinha, daquele tipo que gosta de ser diferente e faz de tudo para ser assim. Não gosto muito de histórias clichês onde a protagonista não pensa em nada a não ser no garoto que ela está gostando. Acho que não leria...

    ResponderExcluir
  9. Não me interessei pelo livro. A começar pela parte em que ela cita Crepúsculo. Tipo, nada contra, mas realmente não curto a história. rs E também não curti por, pelo que entendi da resenha, não ter um relacionamento consolidado entre os personagens. Parece até que ficou só naquelas paixonites platônicas. Esse é um livro que não irei ler. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Me pareceu uma história BEM chatinha, não sei se por causa dos pensamentos infantis da personagem, ou pelo clichê generalizado. rs
    Não pretendo ler.
    bjs

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!