4 de jun de 2013

A vez da minha vida por Cecelia Ahern

Certo dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, há um envelope de ouro no tapete. E um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez — e histórias que contou — também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente — a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida — e ela terá de cumpri-lo.

Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630120
Páginas: 384
Nota: 

Um único trabalho é capaz de marcar toda a carreira de um autor. Você acha que J.K.Rowling é mais citada por Harry Potter ou Morte Súbita? Que Stephenie Meyer responde mais por Crepúsculo ou A Hospedeira? O livro que fez mais sucesso é o carro chefe de uma carreira e vai perseguir o autor pelo resto da vida, querendo ou não. Por exemplo, Cecelia Ahern, autora de PS: Eu te amo. Não sei vocês, mas eu tenho a impressão que ela é dramática, depressiva e mexicana. Foi isso que me afastou de A vez da minha vida, pois em plena ressaca literária, o que eu menos queria era outro livro para me deixar para baixo. Só que não é bem assim...

A vez da minha vida está muito mais para chick lit do que romance dramático. A protagonista é Lucy, que tem um emprego mais ou menos, um apartamento mais ou menos, relacionamentos mais ou menos e uma vida mais ou menos. É então que ela recebe uma carta da sua vida propondo um encontro e algumas mudanças. O problema é que Lucy é muito relutante em aceitar seus problemas, suas falhas e, principalmente, suas inúmeras mentiras. Sua vida, um cara irritante e mal humorado, tem um enorme trabalho pela frente. Um que Lucy está longe de facilitar.

Primeira coisa: eu sou cética. Digo, repito: sou mesmo! Essa coisa de receber uma carta da própria vida demorou muito para me descer, não faz sentido. No inicio Lucy até fala que esse é o tipo de coisa que acontece com ela, que nem acha loucura um homem estranho que sabe todos seus segredos e pensamentos. Embora eu gostasse da Vida, foi uma coisa muito difícil de aceitar. Não é fantasia, não é normal, é apenas uma trama muito original que só vai fazer sentido para o final. Depois de um tempo, ok, é relevante, mas até lá eu compliquei com a leitura. Bastante.

Lucy é uma mentirosa convicta. Ela mente tanto que nem lembra o que já falou por aí, e garanto que tem coisas que até a própria confunde com verdade. Não são raras as ocasiões que, no meio da narrativa, ela conta uma situação e ponto-nova-linha-parágrafo-"Ok, eu menti". Mas ao contrário do que se espera, ela é muito divertida, extremamente sarcástica e tem tiradas ótimas. Tiro o chapéu imaginário para os diálogos de Cecelia, são incríveis! Os bate papos que Lucy tinha com Vida ou Don, um número errado que ela ligou para matar trabalho, são o ponto alto do livro.

Ser cética não é uma coisa boa, tenho dito. Se não fosse essa característica minha, o livro teria fluido muito melhor e a leitura seria mais rápida. Entretanto, demorei para empolgar e li dois livros nesse meio tempo. A vez da minha vida é legal, divertido, com ótimos diálogos, mas tão original que perdeu a credibilidade. PS: Eu te amo faz chorar muito (dizem, eu ainda não arrisquei) e A vez da minha vida faz o contrário. Cecelia é versátil.
Beijinhos ♥

14 comentários:

  1. Olha, não sou cética, mas não gostei do livro. Acho que ficou muito perdido e mal consegui chegar ao final (mesmo que já pro finzinho o livro melhore muito). Acho que também havia acabado de ler O Livro do Amanhã, que para mim, é o melhor livro disparado da Cecelia. *-*
    Gostei da resenha. :)

    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  2. olha, já vi várias resenhas deste livro, e apesar de ver gente falando super bem dele, não me sinto com vontade de ler!
    se fossa para mim escolher em ler algum livro da autora, iria preferir ler PS eu te amo :P

    ResponderExcluir
  3. Oie!

    Eu sou cética também no que diz respeito á minha vida, mas na literatura deixo a imaginação correr solta! Quando li a premissa do livro e resenhas da blogosfera, fiquei tipo "que original" e gostei bastante. Tanto que adquiri o meu exemplar! Tô planejando lê-lo ainda esse mês! Haha mas adorei a resenha, flor!

    Um beijo
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não li nada da Cecelia, apesar de ter vontade. Já ouvi comentários bem diversos desse livro, desde positivos até negativos. Da autora, o que mais tenho curiosidade é O livro do Amanhã, que disseram que é ótimo. Ah, e P.S Eu te Amo também. Acredita que nem vi o filme ainda?

    ResponderExcluir
  5. Desde a sinopse me interessei pelo livro!
    Achei q devia ser interessante algum receber uma carta de sua vida, seria uma boa história e continuou achando isso.
    Ainda não li nada da autora, tenho P.S eu te amo, mas ainda não li. Quero ler A Vez da Minha Vida.

    ResponderExcluir
  6. Cecelia é uma das minhas autoras favoritas, sem dúvidas. E A Vez da Minha Vida foi um dos melhores lidos que já li. Gosto de ver como a personagem amadurece na trama, como ela passa a se conhecer melhor e a ter atitudes mais assertivas na vida e com a "vida" (rs). Recomendo para quem curte um livro mais reflexivo!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, gostei da resenha. Eu estou bem curiosa quanto a este livro. A ideia é surreal de sua vida mandando cartas e interagindo com você, mas é o que me atrai num livro, fugir do óbvio e do real, desde que não viaje demais. XD
    Lucy é mentirosa compulsiva, mas deve haver um motivo, não?
    Quero muito conferir os diálogos sarcásticos. Adoro quando os personagens usam sarcasmo, dá uma animada no texto. =)
    Bem, eu ainda não criei coragem para ler Ps. Eu te amo, apesar de estar aqui na estante. =)

    ResponderExcluir
  8. Oi, gostei da resenha. Eu estou bem curiosa quanto a este livro. A ideia é surreal de sua vida mandando cartas e interagindo com você, mas é o que me atrai num livro, fugir do óbvio e do real, desde que não viaje demais. XD
    Lucy é mentirosa compulsiva, mas deve haver um motivo, não?
    Quero muito conferir os diálogos sarcásticos. Adoro quando os personagens usam sarcasmo, dá uma animada no texto. =)
    Bem, eu ainda não criei coragem para ler Ps. Eu te amo, apesar de estar aqui na estante. =)

    ResponderExcluir
  9. Concordo com você, agente sempre julga as outras obras dos escritores de acordo com o livro chefe deles, estava com pleno medo de ler as outras obras de cecilia pelo fato de ficar melancolica e tals, mas acho q vou dar uma chance futuramente para as outras obras dela ;d

    ResponderExcluir
  10. Ainda não conheço a escrita da Cecelia, mas já li vários elogios!
    Achei a premissa da trama interessante e darei uma oportunidade a leitura da mesma em breve, ;)

    ResponderExcluir
  11. Eu ri com esse livro e fiquei me perguntando de onde a autora tirou essa ideia maluca. Se encontrar com sua vida? No começo nem entendi, foi muito doido! Mas é bem feito e não tem como não gostar. A ideia foi muto bem desenvolvida.

    ResponderExcluir
  12. Achei bem interessante sua resenha, estava meio assim de comprar esse livro, pois li um comentário de quem era fã da autora que esse livro decepcionou, então acabei comprando em e-book na promoção da Amazon... Não sou tãooo cética, a ideia é maluca, mas fiquei curiosa, acho que vou curtir o livro, pois gostei da escrita da autora.
    Li 'PS Eu te Amo' um pouco com pé atrás, pois o filme (que vi algumas partes, não inteiro) me pareceu daqueles que a gente chora do início ao fim. Adorei o livro, chorei um monte, mas ri muito também!! Vale a pena!

    ResponderExcluir
  13. Queria muito ler esse livro, pois nunca li um livro da Cecelia Ahern. Não estou com coragem de comprar, mas quem sabe um dia eu o leia :p
    Eu não sou cética, então acho que a história fluiria melhor pra mim... Qualquer dia desses eu leio o livro e vejo o que acho.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Eu gostei muito do livro, apesar de ter demorado um pouquinho para me acostumar com Vida. hehe É algo bem diferente o que a Cecelia criou. Mas gostei muito da escrita dela. Foi o primeiro livro da autora que li e me sinto empolgada para ler os outros!

    Beijos

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!