13 de jun de 2013

A marca de Atena por Rick Riordan

Os heróis do Olimpo #3
Com spoillers leves dos anteriores
Annabeth está apavorada. Justo quando ela está prestes a reencontrar Percy - após seis meses afastados por culpa de Hera -, o Acampamento Júpiter parece estar se preparando para o combate. A bordo do Argo II com os amigos Jason, Piper e Leo, ela não pode culpar os semideuses romanos por pensarem que o navio é uma arma de guerra grega: afinal, com um dragão de bronze fumegante como figura de proa, a fantástica criação de Leo não parece mesmo nada amigável. Annabeth só pode torcer para que os romanos vejam seu pretor Jason na embarcação e compreendam que os visitantes do Acampamento Meio-Sangue estão ali em missão de paz.
Os problemas de Annabeth não param por aí - ela carrega no bolso um presente da mãe, que veio acompanhado de uma ordem intimidadora: Siga a Marca de Atena. Vingue-me. A guerreira já carrega nas costas o peso da profecia que mandará sete semideuses em busca das Portas da Morte. O que mais Atena poderia querer dela?
O maior medo de Annabeth, no entanto, é que Percy tenha mudado. E se ele já estiver habituado demais aos costumes romanos? Será que ainda precisará dos velhos amigos? Como filha da deusa da guerra e da sabedoria, Annabeth sabe que nasceu para liderar; no entanto, também sabe que nunca mais vai querer viver sem o Cabeça de Alga.

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580573107
Páginas: 469
Nota: 
Livros anteriores: O herói perdido, O filho de Netuno

Um tempo atrás, me declarei de ressaca de Rick Riordan. Não de livros, não de aventura, não de mitologia; eu estava cansada do Rick - e apenas dele. Me corrijam se eu estiver errada, mas dos mais de 10 livros lançados no Brasil do autor, 11 são sobre mitologia. Todos esses onze focam num grupo de adolescentes com poderes, um profecia nas costas e um curto prazo de tempo para cumprir uma missão e evitar que o mundo seja destruído. A gente sabe que Rick Riordan é um desses autores que respiram criatividade, mas acabam se acomodando e ficando na mesma. Mas desistimos dele? Não, claro que não!

A marca de Atena é o terceiro volume do spin off Os heróis do Olimpo, e finalmente reúne os sete protagonistas que o autor introduziu para essa grande profecia apocalíptica. O livro começa no exato ponto em que o anterior terminou: na união dos acampamentos de semi deuses. Percy, Annabeth, Jason, Piper, Leo, Hazel e Frank se uniram para derrotar Gaia e evitar que Roma seja destruída, fim. É aquele mesmo esquema que comentei antes. Imagino que Rick Riordan tenha uma máquina em que digita três missões, e recebe pronto uma profecia, um prazo, o lugar que será destruído e uma lista de criaturas mitológicas para seus heróis enfrentarem. Bem prático, na verdade.

Está na cara que A marca de Atena reúne o melhor grupo de protagonistas que um livro de Rick já viu, já que né, estão todos lá. Imagine só a imensidão de poderes, as possibilidades, e as cenas que só um grupo grande desses poderia manter. Entretanto alguns personagens sobrepuseram outros, e Frank e Hazel, que tinham potencial para serem meus favoritos, ficaram bem de segundo plano. Frank foi tomado por uma insegurança infinita, e por quase todo o livro só o que se viu foi Leo tirando com a cara dele, que, por sua vez, ficava ressentido e se sentindo excluído do grupo. Ah, falando nisso, Leo ♥ O personagem sempre teve cara de melhor amigo engraçado que fica no plano de fundo, então imagine só minha alegria ao vê-lo como um dos quatro escolhidos para narrar as aventuras. Leo é um lindo, gente! São as melhores tiradas do livro, toda a veia cômica da história. Ainda tem Annabeth e Percy sendo o casalzinho fofinho de heróis que a gente ama e finalmente tem em doses grandes, além de Piper e Jason sendo mais legais do que no primeiro livro. O Jason, pelo menos.

O autor conseguiu manter muito bem sua quantidade enorme de heróis. O livro foi dividido em quatro pontos de vista: Percy, Annabeth, Leo e Piper, e conseguiu dar uma visão ampla de todos os acontecimentos. Também é nesse livro que surgem figuras mitológicas conhecidas, e que até então não tinham dado as caras nos livros de Rick. A cena com Narciso, o egocêntrico mais conhecido do mundo, é a melhor parte de toda a história. E também tem Hércules, que era até surpreendente não ter virado personagem nesses oito livros sobre mitologia grega e/ou romana. Mas falando em aventuras e criaturas que os protagonistas devem enfrentar, quero ressaltar que estou com a impressão que todos os monstros mitológicos são burros e influenciáveis. Dá para contar nos dedos os "vilões" que não caíram no papo dos personagens e foram enganados pelo próprio ego. Tenho certeza que quando eu encontrar um desses seres, vou sair ilesa só conversando. Não estou dizendo que não existem cenas de ação. Elas existem, mas até isso acontecer os personagens já tomaram chá das cinco e falaram sobre o tempo com quem quer matá-los.

Arrisco dizer que Os heróis do Olimpo está com potencial de ser a melhor série que Rick Riordan já escreveu - embora, como eu disse, tenha o mesmo formato de todas as outras. A marca de Atena pode não ser o melhor livro até agora (Filho de Netuno é completamente incrível), mas é divertido, empolgante e bem escrito. O autor fechou a história com um cliffhanger imenso e a vontade de ler a continuação está lá em cima. Mas é claro que vamos deixar a poeira baixar porque (o livro não foi lançado nem na gringa), em overdose, tio Rick pode ser bem cansativo. No mais, recomendo.
Beijinhos ♥

8 comentários:

  1. Ainda não li nenhum livro dessa serie ;x
    Acho muito lindas as capas ;))

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Mais um pra ficar querendo ler algum dia. Esse autor é bem safado com os livros dele, pelo que vi é de desesperar em alguns, querer dar umas burduadas na cabeça dele em outros. Fico querendo conferir mas ainda não deu. E pelo visto a coisa continua boa nessa série.

    ResponderExcluir
  3. Como amo mitologia quero muito ler os livro do Rick!!!!
    A cada resenha dia livros fico ainda mais curiosa! Espero poder lê-los em breve!!!!

    ResponderExcluir
  4. não li nenhum dos livros do autor, pois eles não são o estilo de livro que gosto de ler... então acabo nem me interessando ;x

    ResponderExcluir
  5. Não li a resenha na íntegra, por que só li o primeiro livro, e fiquei com medo de haver spoilers... Mas pretendo ler o mais rápido o possível!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Fiz que nem o Lucas e só li a intro e o seu fechamento, por motivos de só ter lido o primeiro também. Rick é um dos meus autores prediletos desse gênero, mas concordo contigo que essa coisa de "Preciso salvar o mundo que está para acabar daqui 7 dias" ficou meio batido :(

    ResponderExcluir
  7. Oi, Joana. Também não li a resenha na íntegra por medo de conter spoilers, pois pretendo começar a série o mais breve possível (ainda não li nenhum livro dessa série)! *-*

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não me interessei pela história. Provavelmente pela minha experiência não tão boa com o autor. Sei que muita gente adora, mas comigo não rolou.
    Adoro mitologia e realmente as histórias são cheias de ação, mas não é o bastante para me fazer ler.
    bjs

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!