28 de mai de 2013

A seleção por Kiera Cass

A seleção #1

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765015
Páginas: 360
Nota: 

Palavras não exprimem minha curiosidade com A seleção, trilogia distópica com capa linda de Kiera Cass. Eram tantos comentários positivos, era um piloto da CW com Ethan Peck, o mundo exigia que todos lessem esse tão aclamado livro. Eu fui com sede ao pote e sem saber no que estava me metendo, com pouco mais do que uma sinopse pouco aprofundada e comentários soltos da timeline. E não é que me deparei com um Jogos Vorazes de vestido longo?

Aconteceu terceira guerra mundial, os Estados Unidos quebraram, nasceu Illéa. Nesse novo governo, as pessoas são dividas por castas, sendo 1 a realeza, até os mendigos no 8. A protagonista é America, uma 5. Ela cresceu numa realidade pobre, passando frio no inverno e vendo os pais passarem por todas as dificuldades para que os filhos não tivessem fome. É então que America é selecionada para participar do concurso A seleção, em que 35 garotas de todas as castas competiriam por um noivado com o Príncipe Maxon, e a coroa de futura Rainha de Illéa.

Até aí, ok, a premissa é muito boa e interessante. O problema - que acaba se estendendo por todo o livro e, possivelmente, a trilogia inteira - é que America já tem um namorado, Aspen, da casta 6. Não só por serem de castas diferentes, mas namorar é ilegal em Illéa, e a ideia de entrar - e ganhar - um concurso em que o prêmio é um marido, é estressante demais para a protagonista. America peca numa característica que acho essencial em qualquer ser humano: a capacidade de abraçar qualquer oportunidade. Ela está num castelo, o público gosta dela, Maxon é incrível, mas mesmo assim ela passa a maior parte do seu tempo reclamando de sua vida cruel e do quanto gostaria de estar passando fome e se esgueirando na noite fria para encontrar Aspen. Falei, repito, crio um cartaz se preciso for, mas dá para culpar Aspen por todos os defeitos do livro. Existem duas Americas (me poupe de piadas que, geograficamente falando, são três): uma com potencial para ser uma boa protagonista, e a outra, um porre apaixonada e incompreendida. Se Aspen cruza os pensamentos de America, pode ter certeza que ela será insuportável por páginas afim.

Querendo ou não, não teve como não lembrar de Jogos Vorazes por muitos e muitos fatores. Claro que é uma versão menos sádica e sem tantas mortes gratuitas, mas existem semelhanças enormes - principalmente na preparação de America para entrar n'A seleção, e em personagens. Aspen é tão Gale que tenho vontade de chorar de desespero (já que odeio os dois com todas as minhas forças) e May, irmã mais nova da protagonista, é quase a Primm (e isso está longe de ser um elogio). Também faltou um pouco da cara de distopia, faltou a opressão gritante do governo. Para um primeiro volume distópico, ficou muito morno, muito introdutório. A pior coisa que acontece para o povo de Illéa são as castas, e para sobreviventes do ano 2.0 como nós, isso não é algo tão chocante e perturbador assim. Acontece hoje, conhecemos essa realidade. Estamos preparados para mais, Kiera, pode mandar!

Mesmo assim, A seleção conseguiu ser inteiramente compensada por Maxon. Eike personagem maravilhoso, gzus! Assim como tudo que cercava Aspen me irritava, tudo que girava em torno de Maxon me deixava amor. Ele é um lindo, gente, e foi o que fez o livro ser muito bom. Não é algo tão maravilhoso quanto eu achei que seria, mas isso não tira seu encanto. É uma leitura rápida, cativante, e que desperta a curiosidade. Se não tivesse Aspen, seria maravilhoso. Não pretendo ler A Elite até o último volume ser lançado, mas contudo, recomendo.
Beijinhos ♥

53 comentários:

  1. "Jogos Vorazes de vestido longo" kkkk. foi exatamente o que pensei quando li a sinopse! kkkkk
    São tantas pessoas dizendo que o livro é bom que estou curiosa, mas acredito que eu vá achar o mesmo que vc...de qualquer forma darei uma chance a ele...mas não agora.

    Adorei a resenha!

    Beijooos

    http://kastmaker.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. aaah, Jo, estou morrendo de vontade de ler este livro, parece ser uma história maravilhosa...
    e até então não tinha reparado nas semelhanças com Jogos Vorazes, mas tudo bem... hahaha
    quero ler agora ;~~

    ResponderExcluir
  3. Sou louca por esse livro, mas é tão difícil encontrá-lo nas livrarias.
    Com relação a semelhança, bem, a minha opiniao é que a maioria dos distopicos têm algo parecido, e se nós os transformarmos em um "reality show", então...

    girlishbooks@blogspot.com.br
    @girlishbooks

    ResponderExcluir
  4. Já li A Seleção, e além de ter uma capa linda, Maxon compensou realmente tudo! Odeio o Aspen assim como o Gale (não acredito que finalmente encontrei alguém que odiasse o Gale), e concordo que se ele não existisse tudo ficaria melhor (:
    No segundo livro da trilogia, A Elite, a autora trabalha mais no ponto distópico, e foi isso que tornou livro ainda mais legal que o primeiro, mas se prepare para ficar com muuuuita raiva de America rsrs
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Também estou considerando esperar o terceiro ser lançado.
    Li A Seleção esses dias e gostei muito, muito mesmo, mas não sou fanática pela série. Sinceramente prefiro Estilhaça-me (super recomendo, por favor leiam!!!!).
    Eu ao contrário da maioria, gostei do Aspen, mas prefiro o Maxon(concorrência injusta, quem ganha do Maxon nesse livro??? Difícil....) Gostei muito da resenha!!!

    ResponderExcluir
  6. Não li A seleção, mas vontade não falta. Fiquei triste pelo fato de a CW ter cancelado o piloto, depois de tantas idas e vindas. Mas mesmo assim, curto ler e estou esperando uma promoção linda, ou alguém me dar de presente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu pretendo ler "A seleção", mas tenho certo receio, admito. Li muitas opiniões contraditórias...algumas que me dão incentivo, mas outras tantas me deixam desanimada...como isso que você citou de uma protagonista "apaixonada e incompreendida"/um porre - não dá pra aguentar isso :( E esperava mais envolvimento com o governo e tal...Mas fiquei curiosa qto ao Maxon haha

    ResponderExcluir
  8. Eu pretendo ler "A seleção", mas tenho certo receio, admito. Li muitas opiniões contraditórias...algumas que me dão incentivo, mas outras tantas me deixam desanimada...como isso que você citou de uma protagonista "apaixonada e incompreendida"/um porre - não dá pra aguentar isso :( E esperava mais envolvimento com o governo e tal...Mas fiquei curiosa qto ao Maxon haha

    ResponderExcluir
  9. Bom, eu gostei da sua ideia de ler A Elite apenas quando o terceiro foi lançado, pena que eu não sou tão forte pra resistir assim né? Adorei a sua resenha, simplesmente encantadora, e super recomendo pra quem quiser ler! Mas já aviso se prepare porque eu nunca senti tanta raiva de alguns personagens em um livro como em A Elite! Esteja preparada ok? haha Beijos adorei seu blog ;3

    ResponderExcluir
  10. Bom, eu gostei da sua ideia de ler A Elite apenas quando o terceiro foi lançado, pena que eu não sou tão forte pra resistir assim né? Adorei a sua resenha, simplesmente encantadora, e super recomendo pra quem quiser ler! Mas já aviso se prepare porque eu nunca senti tanta raiva de alguns personagens em um livro como em A Elite! Esteja preparada ok? haha Beijos adorei seu blog ;3

    ResponderExcluir
  11. Quando li a sinopse de A Seleção pensei estar lendo um resumo um pouco diferente de Jogos Vorazes, como você destacou na resenha alguns pontos são comuns as duas histórias, mas como amei Jogos Vorazes *minha trilogia preferida* acredito que para mim não será nenhum sacrifício ler A Seleção que já ganha pontos pela maravilhosa capa. Quando ler espero que o livro se mostre diferente de Jogos Vorazes, que mostre que ele tem seu próprio encanto!

    ResponderExcluir
  12. Amei ler esse livro, simplesmente é perfeito do inicio ao fim! America consegue deixar a história interessante pelo fato dela ser determinada em alguns aspectos e não ser aquelas mocinhas ingenuas! A parte mais perfeita é a relação dela com Maxon e claro enche o saco com a situação dela com Aspen!

    ResponderExcluir
  13. Nossa eu adorei A Seleção, devorei ele rapidinho, a Kiera soube me cativar grandemente com esse livro, adorei o jeito teimoso da America, o pai dela: sempre muito humilde e preocupava mais com o amor do que com o financeiro. O Principe Maxon é tudo de booom!!! EU realmente ameei esse livro!!

    meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Adorei a comparação" jogos vorazes de vestido" foi demais! rsrs
    Estava louca para ler esse livro mas a sua resenha me esfriou um pouco! rs

    Bejios

    ResponderExcluir
  15. Sabe, este é um dos romances que mais gostei neste ano. Bem diferente dos que estava acostumada ler e posso te dizer que não me arrependi em ler. Ansiosa pra ler a série toda. Beijos.

    ResponderExcluir
  16. amei sua resenha!!! e eu adorei A Seleção de inicio eu achei chato mas depois que a America foi para o castelo e conheceu o Maxon foi tão <3

    ResponderExcluir
  17. eu amo esse livro e a resenha tá perfeita!

    ResponderExcluir
  18. sou louca por esse livro desde que ele lançou, mas cadê dinheiro pra comprar ? k , adorei o "Jogos Vorazes de vestido longo" kkk acho que quando eu ler vou odiar o aspen também, sabe aqueles persentimentos de leitor que quer que a protagonista fique com o "mocinho" da história, pronto. a mesma coisa com Jogos Vorazes, como você disse, quando fui assistir Em chamas fiquei agonizando com a Katniss e o Gale u.u mas quando aparecia o Peeta, oh God ;-; tô sentindo que vai ser nesse ritmo pra mim em A Seleção haha Parabéns pela resenha :3

    ResponderExcluir
  19. Ainda nao tenho o livro dessa autora,mais interessante a historia...........

    ResponderExcluir
  20. Aiii, a maior reclamação que leio a respeito de 'A Seleção' é da chatisse de America. Talvez seja mais uma semelhança com JV, o desejo de morte, mas nesse caso da protagonista. kkkkkkkkkk
    Mesmo assim, a série é elogiada em outros pontos e tenho curiosidade em ler. Espero que consiga conter minha curiosidade até a série completa ser lançada. :)

    ResponderExcluir
  21. Eu nem acredito que perdi uma promoção desse livro!! :( minhas amigas estão todas falando que esse livro é simplesmente ótimo e eu aqui chupando dedo porque ainda não li!
    Ninguém merece! Amei a resenha e só fez aumentar minha ansiedade pela leitura T__T ai como sofro.

    Beijocas da Deebs

    ResponderExcluir
  22. Já li várias críticas positivas da trilogia no todo. Adoro distopia! Adoro romance e me interessei pelo livro pela disputa pelo coração do príncipe... a questão das castas e do cenário em si me deixaram fascinada! Adorei esta resenha também :)

    ResponderExcluir
  23. Uma história tão boa e interessante e não aceitaram a série :( Aposto que ia ser linda *-* Imagina os bailes!

    ResponderExcluir
  24. Gente que capa é essa! De todas as resenhas que li do livro achei a sua a mais interessante. Estou super curiosa para ler apesar dos pesares. Beijos

    ResponderExcluir
  25. É a primeira vez que leio uma resenha falando sobre pontos negativos nesse livro, não acho ruim não, até agradeço, é bom saber o que esperar de verdade do livro. Sei que vou gostar bastante do livro, por ser uma distopia, pelo enredo ser diferente de tudo que li, por essa capa linda e maravilhosa, mas é bom saber dos pontos negativos pra eu ir com calma e não me decepcionar depois né?!
    Contudo amei sua resenha, foi muito divertida e super sincera e eu gosto muito disso!

    ResponderExcluir
  26. Não achei nada parecido com JV, mas achei esses livros muito bons, emocionante, fiz uma choradeira para ganhar, e li os dois em 2 dias, não consegui desgrudar o olho.
    E amei a capa do terceiro livro, muito boa, principalmente os efeitos.
    Amei a resenha :)

    ResponderExcluir
  27. É bem complicada essa questão de comparações na minha opinião, o que tem de pessoas comparando Jogos Vorazes e Divergente por exemplo não é pouco, mas não vi muita semelhança, mas na maioria das resenhas eu realmente vejo que as pessoas acham A seleção parecido com Jogos Vorazes, apesar de não contar muito como um ponto negativo nos meus requisitos para um bom livro. A história me parece interessante, e creio que assim como você também irei odiar Aspen, essas indecisões amorosas sempre me matam kkkkk

    ResponderExcluir
  28. amei sua resenha e estou louca pra ler!

    ResponderExcluir
  29. Li esse livro em um dia. A premissa, como você disse é bem bacana, mas algumas coisas acabam ficando repetitivas e o triângulo amoroso, chega um determinado momento que começa a irritar. America é extremamente indecisa. Odeio personagens assim. Já li também "A Elite" e agora estou a espera de "A Escolhida". Sem dúvidas, sou #TeamMaxon

    ResponderExcluir
  30. dizem que este livro é muito bom,nao vejo a hora de ganhar e começar a ler

    ResponderExcluir
  31. Desde que soube do lançamento dessa série, fiquei completamente ansiosa para ler cada livro. Tem um enredo muito interessante, com todo esse clima de escolher uma princesa para um príncipe... é meio que um conto de fadas MODERNO, não é mesmo?!
    Sou muito fã de JV, e espero poder ler brevemente esse livro para fazer as comparações ;)

    ResponderExcluir
  32. esse livro é perfeito ! uma amiga me emprestou , e eu me apaixonei ! é tao perfeito ! amei o principe acima de tudo !kk

    ResponderExcluir
  33. Primeira vez que leio a resenha do livro e ele parece ser incrível. Ultimamente tenho lido apenas livros com histórias individuais, sem continuação, e estava louca querendo começar a ler alguma série. Esse livro parece ser uma ótima escolha para eu começar a ler.

    ResponderExcluir
  34. Não li esse livro ainda, mas estou louca para ler. Adorei Jogos Vorazes, e creio que vou adorar esse também. Não sabia que tinham tantas semelhanças, eu sei que as distopias em geral se parecem um pouco, mas não sabia que as semelhanças eram tão gritantes como você disse. Porém, ainda assim, fiquei com vontade de ler esse livro, ter minha opinião sobre ele e espero ter essa oportunidade em breve.
    Beijos!

    http://temponaoperdido.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  35. aaaain, esse livro deve ser mega legal! To super curiosa para lê-lo ♥

    ResponderExcluir
  36. A maioria das resenhas que tenho lido são positivas em relação a esse livro. Engraçado que até agora, não tinha visto essa comparação com "Jogos Vorazes". O pior é que parece mesmo. Uma pena que a autora não tenha focado muito na distopia em si, mas espero que nos próximos volumes, a coisa melhore.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  37. Ouvi falar super bem desse livro . to louco pra ler

    ResponderExcluir
  38. Gostei bastante desse livro, foi uma leitura leve e rápida, mas concordo com os pontos negativos que vc citou. Quanto a comparação com Jogos Vorazes, acho isso inevitável. Os dois são distopias com reality shows, fora que o Aspen e o Gale são muito parecidos, a diferença é que não odeio o Gale rs. E o Maxon realmente é o melhor personagem ♥

    ResponderExcluir
  39. Sou apaixonada pela trilogia. A Seleção é uma distopia que tende a fazer ainda mais sucesso, pois é incrível. Team Aspen ou Team Maxon, o que importa é amar a série.

    ResponderExcluir
  40. Minha amiga leu o livro e amou. Leu os dois, aliás, haha. Estou esperando uma oportunidade para lê-lo, e espero conseguir em breve rsrs. Adorei a resenha!
    Beijos,
    Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  41. Tenho (ou tinha) certa curiosidade em ler essa trilogia. Mas, acho que só público feminino para gostar. Me parece um The Bachelorette com Jogos Vorazes - sem as mortes e ação do segundo, então meio sem graça para mim.

    ResponderExcluir
  42. No começo, confesso que não gostei muito do livro, mas depois de ler o enredo vi que ele é bem parecido com Jogos Vorazes em algumas partes, depois de ler e reler várias resenhas comecei a gostar bastante dele, espero um dia poder lê-lo também. Bjos.

    ResponderExcluir
  43. De tanto ver as pessoas comentando sobre ele, estou curiosa para lê-lo por demais!!!!!

    ResponderExcluir
  44. Li esse livro, mas não foi um dos meus preferidos. É um livro ótimo,porém não me vejo lendo novamente.

    ResponderExcluir
  45. Nossa, amei a resenha! E concordo com o que disse sobre o Aspen, tive a mesma sensação... Toda vez que ele aparecia na estória meio que estragava tudo que vinha sendo desenvolvido até ali (principalmente no segundo livro "A Elite")... A América se tornava a personagem mais chata que já vi... E o Maxon é mesmo um fofo! Apesar de também enxergar alguns erros no livro, ainda acho que vale muito a pena ler a série.

    ResponderExcluir
  46. Li o e-book deste livro, mas gostaria muito de ter o livro *.*

    ResponderExcluir
  47. Sua resenha faz bastante sentido. Em alguns momentos do livro a América é a personagem mais chata de todos e em outros eu até entendo o que há por trás de tudo isso. Acabei lendo o e-book desse livro, mas já estou louca pelo físico e pelo lançamento do terceiro volume

    ResponderExcluir
  48. Adoro o jeito rebelde da personagem, querendo ser do contra e ao mesmo tempo tentando ajudar a familia. Está na minha lista de leitura de 2014

    ResponderExcluir
  49. Nunca imaginei que esse livro fosse distópico se formos julgar pela capa, mas a premissa é muito boa e quero ler toda série.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!