21 de mar de 2013

Never Sky - Sob o céu do nunca por Veronica Rossi

Never Sky #1
Desde que fora forçada a viver entre os Selvagens, Ária sobreviveu a uma tempestade de Éter, quase teve o pescoço cortado por um canibal, e viu homens sendo trucidados. Mas o pior ainda estava por vir... Banida de seu lar, a cidade encapsulada de Quimera, Ária sabe que suas chances de sobrevivência no mundo além das paredes dos núcleos são ínfimas. Se os canibais não a matarem, as violentas tempestades elétricas certamente o farão. Até mesmo o ar que ela respira pode ser letal. Quando Ária se depara com Perry, o Forasteiro responsável por seu exílio, todos os seus medos são confirmados: ele é um bárbaro violento. É também sua única chance de continuar viva.

Autora: Veronica Rossi
Editora: Prumo
ISBN: 9788579272363
Páginas: 334
Nota: 
Extra: Promoção

Dentre distopias, podemos dividir duas tendências: as voltadas para romance (como Delírio, por exemplo), e as que dão foco para o governo opressor e o regime social (Jogos Vorazes e variadas). Por mais que o livro fique em cima do mundo, sempre terá um lado que mais forte e que tomará mais espaço. O cenário, na maior parte das vezes, é o grande divisor de águas e que revela o enredo logo de cara. Em Never Sky isso não acontece.

A história é narrada a partir do ponto de vista de Ária e Perry, de realidades completamente diferentes. Enquanto ela foi criada pela mãe nos Reinos, sob a proteção do governo, Perry é um selvagem que vive com o irmão mais velho e o sobrinho doente. Como resultado de uma confusão que terminou em várias mortes e falha no sistema de vigilância, Ária é largada na selva, sozinha e sem orientação. É assim que o caminho dos dois se cruzam, e decidem ir atrás da mãe de Ária e sobrinho de Perry, ambos presos na capital, Nirvana.

Certo, você sentiu o futuro romance na sinopse, mas eu não esperava por isso. De inicio, Perry e Ária eram zero compatibilidade e a descrição do cenário tinha muito mais espaço. Não precisa de muitas páginas para os personagens já passaram por uma tempestade de Eter e serem atacados por canibais. Referências românticas eram minimas, então eu estava preparada para uma história arrasadora e cruel. Entretanto, isso também não acontecia. Pery e Ária passavam por poucas e boas, mas por 100 páginas, não tinha mexido nada comigo. Sem suspiros pelo casal, sem pertubação pelo mundo com canibais em que estão. O livro demorou para empolgar - e quando finalmente aconteceu, não era como eu estava imaginando.

Perry e Ária seguem muito o esteriótipo do mundo em que cresceram. A descrição que a autora faz dos personagens, tanto física quanto psicológica, segue muito os padrões de ser Ocupante ou Forasteiro. Ária é cheia de manias, acostumada com luxos e não conhece nada do mundo lá fora. Já Perry é selvagem em sua forma mais literal, seja os cabelos rebeldes ou o costume de lutar, caçar e decepar. Eles não tem nada em comum além da vontade de encontrar seus familiares que estão em Nirvana. O casal é improvável e eu achei que não daria certo (por mais clichê que parecesse), até se tornar um dos meus ships favoritos.

Meu ponto principal é que a história de Never Sky não precisava estar situada num cenário distópico para acontecer, esse é simplesmente um elemento extra com potencial de ser explorado. Uma crítica? Talvez, não sei. Eu não esperava isso do livro, queria outra coisa diferente, mas gostei bastante do que encontrei. Os personagens secundários são ótimos (Cinder ♥), e depois que o enredo toma um rumo, fica muito, muito bom. Recomendo e preciso urgentemente do próximo volume - aquele final não pode. 
BTW, não esquece que está na promoção de aniversário, ok?
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

25 comentários:

  1. Gente, será que posso dizer que não esperava nada disso da história? HSUHSUSAHUSHU Mas apesar de parecer um pouco clichê e confusa...reserva suas próprias surpresas né?
    O livro já me chama a atenção a um tempinho, estou tentando me controlar pra não comprar mais nada ~lê cartão de crédito quase estourado~, porém, o livro está sim na listinha de próximas leituras/aquisições.
    Ao menos não foi uma decepção total que nem Anjo amador né? HSUSHAUH -tadinha, deve estar traumatizada :/

    http://thetheatredesvampires.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. To participando da promoção querendo muito esse livro :DD agr dps da resenha, eu quero mais ainda :D

    ResponderExcluir
  3. O livro chamou minha atenção primeiramente pela capa, mas depois de ler a sinopse e a resenha, eu fiquei interessado nela. Eu adoraria lê-lo!!

    ResponderExcluir
  4. Quero muito esse livro ( estou participando do sorteio por ele). Sem triangulo amoroso e casais chato ? \O/

    ResponderExcluir
  5. Mas não era o que eu esperava meeeeeeeeesmo esse livro. Eu li os três primeiros capitulos e curti bastante. E só de pensar que foge dos triangulos amorosos suuuuuper presente hoje em dia em 80% dos YA ja respiro aliviada.

    ResponderExcluir
  6. Serio estou muiiito curiosa com esse livro, primeiro que a capa dele é linda <3 Segundo que a historia realmente me chamou atenção eu o coloquei na minha lista de desejados desde a epoca do lançamento.

    ResponderExcluir
  7. não sou grande fã de distopias, mas se fosse para escolher entre um estilo, seria a voltada para o romance!
    apesar de ter gostado bastante de Jogos Vorazes, gostei bem mais de Delírio!
    gostei da sua resenha, parece ser um livro bom. fiquei com vontade de ler, sim, mas não aquela vontade de ler ], tipo, logo! :P

    ResponderExcluir
  8. Não curto muito histórias que demoram a se desenvolver... Fica cansativo! Mas gostei da dica..

    Beijos..

    ResponderExcluir
  9. Fico muito satisfeita por este romance ser uma ótima opção pra leitura. não imaginei que gostaria tanto do que li na resenha. Os personagens e o ambiente em que vivem é diferente e bem intrigante. Adorei conhecer. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Eu discordo com vc, eu achei interessante o cenário distópico do livro... e a história também.

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda não li mas achei interessante sua percepção de que não haveria necessidade de um cenário distópico para a história acontecer. Uma das coisas que me chama a atenção é o fato de ter sido escrita por uma brasileira, com esse tom de distopia. Não sabia que era mais uma série.

    ResponderExcluir
  12. falou em distopia, falou comigo, simplesmente ADORO!!! Já quero ler ^_^

    boa resenha :)

    ResponderExcluir
  13. Adorei a capa e o enredo ! e sou louca por distopias ! parece ser um livro que eu nao vou conseguir largar !!!

    ResponderExcluir
  14. A capa desse livro é linda! E, para mim, é simplesmente impossível ler o nome da autora e não lembrar da Veronica Roth. Se esse livro for tão bom quanto Divergente (mesmo parecendo ser super diferente. Canibais? Tempestade de Éter? Céus)... Já tem meu amor! hahaha
    Pelo final da sua resenha, devo supor que Never Sky termina em cliffhanger?

    Estou participando da promoção! Espero ser a sortuda. rs
    Beeijos =*

    ResponderExcluir
  15. "quase teve o pescoço cortado por um canibal, e viu homens sendo trucidados. Mas o pior ainda estava por vir..." poxa, ainda tem pior? tadinha! HSUAHSAUSAH :xxxx
    Gostei da resenha e do livro tbm, ♥

    ResponderExcluir
  16. É estranho quando estamos lendo algo que não nos empolga muito, e quando damos conta, já estamos completamente envolvidos pela história. Mesmo com esse começo não tão legal assim, do meio pro fim, a história engrenou, e acabou fazendo com que você esperasse ansiosa pela continuação. Nesse ponto, a autora conseguiu atingir seu objetivo. Só em ser distopia, já tinha me agradado.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  17. Adoro distopias e ainda não li essa. Achei que fosse uma história bem diferente... gostei. =)

    ResponderExcluir
  18. Eita livrinho que me surpreendeu. Cenários, personagens, ações.. tudo, tudo foi uma grande surpresa. Não vou negar que certas vezes a coisa foi beeeem parada, por isso não levou 5 estrelas de mim, mas mesmo assim, eu gostei muito.
    Foi tão diferente de tudo que já li, quero muito que a Prumo lance o segundo logo xD
    XO

    ResponderExcluir
  19. Parece ter pouca ação e mais romance, mas, leria numa boa, pois parece mesmo ser muito bom e envolvente. Química de 2 tipos diferentes sempre é um atrativo.

    ResponderExcluir
  20. Adorei a ideia do livro. Ando bem empolgada em relação a livros distópicos. Provavelmente lerei este :D

    ResponderExcluir
  21. Amos distopias, pela resenha me interessei pelo livro

    ResponderExcluir
  22. Parece ser um livro ótimo!! Os distópicos normalmente enchem a minha prateleira, e acho q com esse não vai ser diferente, Ótima resenha. Só queria saber mais um pouco sobre o por que ele recebeu apenas 4 estrelas? Não pode ser apenas pelo cenário.

    ResponderExcluir
  23. Ai OMG, desde que lançou o livro eu fiquei querendo ele, mas tãooo dificil conseguir =/
    Sua resenha conseguiu me mostrar bem o que esperar do livro, nada muito meloso e algo meio arrastado no início pelo jeito o quesito Distopia nem é o ponto chave da história mas sim a busca pelos familiares e a união que duas pessoas COMPLETAMENTE diferentes conseguem realizar.

    Moniiqueta

    monica.oli@oi.com.br

    ResponderExcluir
  24. Ok, você me ganhou com distópico + ataque canibal + casal super shippável, agora eu pre-ci-so ler Never Sky urgentemente, e não vou nem comentar dessa capa maravilhosa!

    Beijos
    alvorada-literaria

    ResponderExcluir
  25. Eu não sabia muito sobre essa distopia até ler essa resenha e estou encantada com a história de Ária, quero ler muito em breve. Vi em um blog uma das páginas do livro mostrando um galho, achei linda. A resenhista ainda disse que há um galho de árvore,diferente para cada um dos caps, achei isso muito interessante. A capa também é muito linda, nem tem como não achar =D

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!