26 de jan de 2013

Sombra por Elena P. Melodia

My land #2
Com spoillers leves do anterior
No segundo capítulo da trilogia da escritora italiana Elena P. Melodia, que terá seu desfecho com o livro Luz, a trama segue, envolta por mistérios, a todo vapor. Logo nas primeiras páginas, Alma recobra a consciência no piso de madeira de uma papelaria. Incrédula, com a cabeça doendo, a protagonista depara-se, a seu lado, com o corpo morto do velho dono da loja. Não há dúvidas: trata-se da nona vítima dos Master, criaturas saídas de um mundo maléfico que lançam sua sombra sobre a cidade. A jovem não tem outra saída a não ser fugir. Morgan, o enigmático rapaz de olhos cor de violeta, o único que parecia compreendê-la, não está ao seu lado e seu paradeiro é desconhecido. Sem ele, a protagonista sente-se perdida. E questiona-se sobre quando foi a última vez que se sentiu feliz e como é possível que, aos 17 anos, nunca tenha se sentido atraída por alguém antes de Morgan. As respostas estão relacionadas à sua própria identidade e natureza. Alma não decifra a fotografia de uma menina absolutamente idêntica a ela e se pergunta: seria apenas uma sósia ou algo mais sinistro? Os mistérios não se encerram por aí. Morgan, seu confidente desaparecido, ressurge. Ele marca um encontro com a amiga num esconderijo subterrâneo debaixo de um velho aqueduto. Teria algo a ver com os assassinatos que ocorrem na cidade? Ou com as vozes na cabeça de Alma? O que a jovem não espera é que todos os mistérios ao redor, que a intrigam e amedrontam, são indícios de algo ainda mais surpreendente e que apontam para a própria origem de Alma e de seu amigo. 

Autora: Elena P. Melodia
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788581050003
Páginas: 340
Nota: 
Livros anteriores: Escuridão

Os comentários nunca foram muito encorajadores, as capas também não ajudavam. As chances nunca pareciam colaborar com a trilogia My land, de Elena P. Melodia, porém, desde o primeiro momento, me senti atraída pela história de Alma e seu caderno que prevê mortes. É uma sinopse diferente, um tipo de mistério que não se acha todo o dia. Quer dizer, tem uma espécie de lenda urbana com essa ideia, não? Eu adoro a premissa, adoro o potencial, e adoro que Elena conseguiu explorar até certo momento.

O segundo volume, Sombra, pode ser dividido em duas partes: o desenrolar e a explicação. Na primeira, o que se segue é continuação de todos os pontos abertos deixado pela autora em Escuridão: os assassinatos, o caso de Agatha, Morgan sendo misterioso, as pequenas investigações que a protagonista fazia e o rumo que aquilo tomava. Por mais que parecesse só uma continuação sem fim e sem propósito, onde os arcos só são estendidos e nada acrescentado, essa parte foi realmente bem escrita. Em alguns momentos chegava a dar medo, e mesmo assim, era impossível abandonar a leitura. 

Então chega no momento em que a autora decide que precisa responder as perguntas, inventar uma explicação para o dom "premoníaco" de Alma, de modo que não sobrecarregasse o último volume, Luz. É ai que tudo desanda. Se antes eu admirava o livro e Elena pela história inovadora e capacidade de assustar, o porquê por trás de tudo me fez rir. Demais. A explicação é mortalmente absurda e com fortes lados clichês. Não colou, não rolou, perdeu pontos aí. 

Alma não é a melhor protagonista que esse livro poderia ter, mas para todos os efeitos, ela não é ruim. Tem coragem de ir atrás dos crimes, e não tem problema em se meter em encrenca ao ir atrás de assassinos que, supostamente, fazem parte de uma seita macabra. Claro que um pouco mais de perspicácia não faria mal, mas qual protagonista de livro YA consegue enxergar o que está abaixo do seu nariz quando precisa? São poucas. 

Sombra tem muitos pontos positivos, mas um negativo que complica geral. Se o clima misterioso e sinistro que começou a série fosse mantido, esse sem dúvida seria um livro mais bem cotado, e daria uma vontade muito maior de ler o final da trilogia. Já comecei Luz, mas minhas expectativas caíram loucamente e não espero muita coisa. Não é uma série ruim, não é uma série maravilhosa, eu fico muito em cima do muro com ela. Se tiver a chance de ler, leia. Até metade do segundo livro é realmente boa. 
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

11 comentários:

  1. para mim foi assim: primeiro bom, segundo péssimo, e o terceiro nem tenho vontade de ler!
    achei o final de sombra muito forçado --'

    ResponderExcluir
  2. Já vi a série, mas os comentários não são tão encorajadores.... Tenho certa curiosidade, até pela sinopse inovadora, mas tenho certo receio...

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Concordo com vc, nem as capas nem os comentários me encorajaram a ler essa trilogia, inclusive até hj nao sei se leria não. Essa história tinha tudo pra ser legal, por causa da sinopse, mas parece que a autora nao soube abordar da melhor forma o assunto

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Gosto do gênero, caso tenho tempo, vou ler.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa série, não é o tipo de leitura que costumo ler.
    Parece fraquinho...

    ResponderExcluir
  6. Não tenho interesse em ler os livros dessa trilogia, não gosto de julgar um livro pela capa mas essa é totalmente horrível. Com uma capa dessa chega a desanimar.

    ResponderExcluir
  7. Lembro de uma lenda urbana que segue essa temática, mas não me recordo muito bem dos detalhes... Nunca tive lá muito interesse em ler essa série, na verdade nem sabia do que se tratava. Se a explicação por trás do dom da protagonista é “absurda” já desanima muito, afinal o que sobra para um ultimo volume? Insistir no clichê ou salvar a série. No momento dispenso, apesar de já ter visto várias vezes em promoção no submarino.

    ResponderExcluir
  8. Não vou ler a resenha porque tenho o primeiro e ainda não li. Eu odiei a capa do primeiro, mas está capa bonita até.

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa para ler este livro, mas não comprei ainda por puro preconceito da capa, acredita?? rsrsrs Achei a modelo mega parecida com a Kristen Stweart de crepusculo e não gosto dela!! hauahauha
    isso sem contar que achei meio sem graça a estoria em si...
    bjim

    ResponderExcluir
  10. me despertou a curiosidade, é um bom livro a resenha ficou perfeita parabens

    ResponderExcluir
  11. Não sei porque mas nao gosto desses livros, por mais que eu leia resenhas e nao consigo gostar dele.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!