20 de dez de 2012

Halo: Cryptum por Greg Bear

Halo: Cryptum - A saga dos Forerunners #1
Há 100.000 anos atrás, a galáxia era povoada por uma grande variedade de seres. Mas uma espécie, mais adiantada que todos as outras em tecnologia e conhecimentos, conseguiu dominá-la. Eles governaram em paz, mas tiveram que enfrentar a oposição com eficácia rápida e brutal. Eles foram os precursores - os guardiões do Manto, a próxima etapa da vida no Tempo de Vida do Universo. E então eles desapareceram. Livro sete na série de histórias ambientadas no universo de Halo. Mas primeiro da saga dos Forerunners. 

Autor: Gerg Bear
Editora: Planeta
ISBN: 9788576658672
Páginas: 352
Nota: 

Eu não tenho problema em admitir minha nerdice crônica, já que, né, eu sei decorado alguns diálogos de Harry Potter! Entretanto, nunca me voltei para o lado gamer da vida (a não ser que jogar Barbie para PS1 aos oito anos conte). Eu gosto do plot principal dos jogos, mas não vejo graça em jogar. Aproveitando essa vibe de novelizações, quis ler Halo: Cryptum, baseado no famoso game da XBOX, escrita por ninguém menos que Greg Bear, autor de sci-fi super conceituado.

Foi difícil se acostumar com os nomes dos personagens. O protagonista? Bornstellar Nascido nas Estrelas de Duração Eterna (sério!), um Forerunner da mais alta casta, que por ser rebelde, é rebaixado e sai em busca de tesouros do seu passado, quando então chega a Erde-Tyrene (vulgo Terra) e  parte nessa missão ao lado de dois humanos: Chakas e Perseguidor-do-dia Que Faz Longos Caminhos Elevação da Manhã.

Quem nunca jogou e não tem noção de nada (oi, eu!), fica bem perdida durante uma parte do livro, é difícil pegar o mesmo ritmo de alguém que está acostumado com o universo e sabe da existência de certos personagens. O autor vai explicando de modo que chega certo momento em que você consegue entender e diferenciar as pessoas, as raças e parte da história por trás dos Forerunners. Mas até lá, muita atenção e paciência. 

O livro é muito bem ambientado e conduzido, ignorando a parte em que se fica boiando no desconhecido. Desde a parte hierárquica, com as castas bem definidas e o preconceito com os inferiores, até a tecnologia da era, com naves e armaduras, é bem explicado e caracterizado. Esse é o gênero que consagrou Greg, ele sabe como manter o ritmo e equilibrar as cenas de ação com o resto. Uma grande batalha foi o suficiente.

Não é meu estilo, e depois de conhecer, percebi que realmente não tem nada a ver comigo. Halo: Cryptum é um bom livro, mesmo que os personagens tenham nomes muito estranhos. É uma ficção cientifica que honra o gênero, mas quando se prefere o tema na forma de distopia, não rolou. Existem pontos em abertos para o próximo volume da trilogia, mas não chama a minha atenção. Fãs de Halo e gamers em geral podem gostar. Fãs dos jogos da Barbie? Er...
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

10 comentários:

  1. sinceramente, não me interessei muito pelo livro não.
    Nem quando li a sinopse.
    Sua resenha foi detalhada e muito boa, mas o livro mesmo não me interessou.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Barbie para PS1? rsrs.. Ri muito aqui!
    Eu acho que não teria nem coragem de ler um livro baseado em jogo. Não curto jogos deste tipo e não faço questão de entender. Cada um tem seu estilo e respeito isto. Só que tentar entrar de gaiato no livro exige um pouco mais de esforço por parte do leitor, né?
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Oi!
    Nem sabia da existencia desse livro '-'
    E menos ainda do jogo '-'
    Não gostei da sinopse e a tua resenha também não me deu vontade de ler o livro então esse não é um daqueles que viraria prioridade.

    Beijos da Lua =*
    www.tyciahadiresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. naum sabia do livro , mas parece ser perfeito , lindissimo.. eu adorei !

    ResponderExcluir
  5. Não curti muito, mas saber diálogos de Harry Potter?? ...... São duas e sua malvada meu pedacinho dark contagiou alguns com essa febre chamada Harry Potter.

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente só estou curiosa com o livro pelo fato do jogo (que é muito lindo"), somente por isso caso contrario ele nao estaria na minha lista não.

    ResponderExcluir
  7. Não tenho interesse nesse livro,ele também não parece fazer o meu estilo.

    ResponderExcluir
  8. Livros desse tipo também não fazem meu estilo, acho que iria ficar super perdida com esses nomes, até hoje não sei quem é quem de Star Wars kkkk Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu também não sou conhecedora dos games da vida, nem conhecia esse game em especifico, mas tenho um amigo que curte, pode ser que ele se interesse, quem sabe não acabo comprando pra presente de niver...

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!