29 de nov de 2012

Legend por Marie Lu

Legend - #1
Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

Autora: Marie Lu
Editora: Prumo
ISBN: 9788579272097
Páginas: 255
Nota: 

Nos últimos tempos, andei bem carente de livros distópicos. Foi um surto tão grande em poucos meses, que quando percebi já tinha lido praticamente todas as distopias lançadas no Brasil. Foi só agora que novos títulos entraram no mercado, e estou louca pra cair de cabeça em todos os novos universos futuristas. Comecei com Legend, da Marie Lu, sem conhecer a história, mas com expectativas lá em cima. Eu tento evitar, porém as vezes da certo. Em Legend, deu.

O mais legal desse gênero literário é que tudo é parecido e diferente ao mesmo tempo. Você sabe que se passa no futuro, que tem um governo opressor e que uma garota (na maioria das vezes) vai lutar pela democracia. Depois disso, as rédeas estão na mão do autor. O cenário vai mudando, cada livro trás o governo sendo autoritário de uma forma. Em Legend, o plot principal é o romance, mas sendo que a República é fator decisivo. Lá as pessoas são submetidas a uma prova quando completam 10 anos, o que define todo seu futuro. O "país" não tem problema em submeter pessoas a doenças e miséria explicitamente, tudo dependendo do resultado da tal avaliação. Você pode até morrer. Day deveria ter morrido.

Não me chamem de esquisita, mas realmente acho que os melhores romances (literários, eu digo) começam do ódio. Quer dizer, pelo menos, da tentativa de matar a outra pessoa (cof Katniss e Peeta cof). A vida de June e Day é completamente oposta: ela é prodígio da República, ele é o criminoso mais procurado. Ele mata o irmão dela, ela quer vingança. Pfvr, esse é um dos melhores plots da vida. Nesse tipo de romance não existe melação, apenas respostas irônicas e tapas na cara! Ok, acho que vou ser chamada de esquisita.

Preciso de um paragrafo só para frisar bem o quanto amei os protagonistas. Day e June são muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito incríveis! Primeira coisa: eles são inteligentes. Eu digo, MUITO inteligentes.  Não são poucas as vezes que você nota a perspicácia dos personagens, a precisão e o grau de observação de detalhes. São extremamente corajosos, decididos e já comentei o quanto são inteligentes? Estou amando, galera. Além de que eles tem muita química - quando June não está armando para ferrá-lo (mentira, até nesses momentos você fica morrendo com a tensão sexual). 

Expectativas muito altas, livro muito melhor. Já falei que amei Legend? Que amei os personagens, a história, o cenário e todo o livro? Porque realmente acho que devo repetir para deixar mais claro. Ok, parei. Só tenho uma pequena reclamação quanto a tradução. O apelido de June é Junebug, mas foi traduzido por Joaninha. NÃO é Joaninha. Eu sou Joaninha. Enfim, é pessoal. No mais, Legend é um livro incrível, maravilhoso, excelente e você deve ler. Corre que tá barato!
Bjs,
Para você que ama, Girlie Poderosa 

12 comentários:

  1. não vou te chamar de esquisita, pq eu pensava que eu era a unica que achava que bons romences começavam com ódio. :P
    é bom saber que alguém pensa igual eu *-*
    não gosto muito desses livros futuristas e tal, mas este realmente me agradou. é a primeira resenha dele que leio e, definitivamente, entrou para a minha lista de desejados!!! ;~~

    ResponderExcluir
  2. Oi Joana!
    Então, estou lendo também Legend (tô no finalzinho) e tipo, eu pirei com esse livro... acho que ele é o primeiro da minha lista de melhor distopia -q mas amo de paixão Divergente :( então os dois podem ficar em primeiro lugar kkk
    E acho que vou ter uma pequena depressão literária quando eu terminar de ler ele D: kkk
    Mas enfim, parabéns pelo blog :*

    - nathália

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nenhum livro distópico (acho que acabei de roubar o seu posto de esquisita). Essas estórias futuristas não me animam muito. E concordo plenamente com vc: na minha humilde opinião, as maiores e melhores estórias de amor começam no ódio.

    ResponderExcluir
  4. Engraçado, romances que começam com ódio não são tão estranhos assim. Como alguém que conheço sempre diz: o oposto de amor não é o ódio, mas a indiferença. Ou seja, é bem possível ultrapassar esta tênue linha entre amor e ódio.
    Gostei da história e acho que vale a pena a leitura. Bons personagens e um enredo convincente sempre me deixam curiosa.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu já havia lido uma resenha de Legend antes e fiquei bastante interessada, depois dessa aqui…
    Agora fiquei com mais vontade ainda de ler o livro!
    nao pensei que fosse tao legal... ate pq acho a capa mt feinha... :D
    bjim

    ResponderExcluir
  6. Eu li esse romance e fiquei encantada com a história.Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu não tinha me interessado pelo livro, pois a capa não é bonita.
    Mas a resenha ficou muito boa.
    Sua nota 5 estrelas ficou demais.
    Me deu muita vontade de ler *-*

    Parabéns pela sua resenha :D

    ResponderExcluir
  8. Dois meses demoram muito pra passar? É o tempo que vou ficar sem comprar livros (eu vou realmente me esforçar pra cumprir essa meta), e depois de ler sua resenha quero ler Legend desesperadamente. Adoro distopias, depois que li Jogos Vorazes fiquei totalmente apaixonada por esse gênero, apesar de não ter lido tudo o que já foi lançado. Isso das melhores histórias de amor surgirem do ódio eu concordo. É sempre mais interessante ler um livro em que os personagens não querem se apaixonar do que os livros nos quais eles já se apaixonam no primeiro olhar.

    ResponderExcluir
  9. Adorei o "todo bom romance nasce do ódio", isso é mais emocionante! hahaha Eu ja tinha ouvido falar desse livro, mais uma boa distopia, quero ler!

    ResponderExcluir
  10. Quero o livro desde o momento que bati os olhos nele, sério *-----*

    Além do que, só por ser distopia já ganhou minha confiança e minha curiosidade. Ainda mais depois da sua resenha,quero ler!! *O*

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler, mas muito ler mesmo esse livro AHHHH louca. Minha amiga leu, gostou e falau tanto que fiquei interessada, e agora vi sua resenha e fiquei super doida para ler *_*

    ResponderExcluir
  12. Oi Joana, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha! E graças a sua empolgação com o livro, acho que vou comprá-lo! =D
    Também gosto muito de romances que nascem do ódio. São os melhores! rsrs
    E também adoro quando os personagens são extremamente inteligentes! Deixa tudo mais interessante :)

    Parabéns pela resenha!

    Beijos :*
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!