4 de set de 2012

Starters por Lissa Price

Starters - Starters #1
Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...

Autora: Lissa Price
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630144
Páginas: 368
Nota: 

É uma coisa geral entre bookaholics: procurar referências entre livros antes de comprar. Isso é algo tão certo que as editoras usam sempre uma indicação de autor best seller, alusão à um título do momento na capa de seus lançamentos. Tão jogada de marketings que hoje, de repente, tudo é como Jogos Vorazes. Toda distopia é como a obra de Suzanne Collins. Não, pfv, não mais. Isso aumenta suas expectativas, faz você imaginar uma coisa, e nem sempre acaba de um jeito bom. Starters, de Lissa Price, recebeu esse atestado de semelhança, mesmo não tendo quase nada para comparar. É ótimo a seu modo, e não ótimo a la Katniss Everdeen.

Explicar porque consideram Starters uma verdadeira distopia, será como uma enorme bomba de spoiller prestes a explodir. Vamos dizer apenas que houve uma guerra, e toda a população entre 20 e 60 anos morreram. Ponto. A partir daí você é inserido no mundo que a protagonista conhece, sem nenhum parente vivo além do irmão mais novo e doente. Callie precisa sobreviver num lugar em que os jovens, chamados Starters, não merecem qualquer respeito, e os mais velhos, Enders, tem o mundo a seus pés. A partir daí, entramos num mundo onde jovens alugam seus corpos para hospedeiros velhos, para conseguir dinheiro, e intrigas políticas. Viu algo de Panem por aí?

A ideia principal do livro é original, mas senti um leve feeling que misturava A Hospedeira (Stephanie Meyer) e Feios (Scott Westerfeld), a primeira distopia que li e não gostei. Fiquei surpresa de ver o quão rápido e forte a história me prendeu. Callie vive num mundo, ao mesmo tempo, real e futurista. Sua estrutura básica não é muito diferente da que conhecemos, com apenas a diferença que os Enders podem viver até 200 anos e existem hologramas (embora vai saber o que acontece nos laboratórios subterrâneos do Japão?!). Enfim. Os Starters se dividem em dois: os que ainda tem avós e vivem bem, e os marginalizados e órfãos. Tão 2012 e tão 2120.

Callie é uma boa protagonista. Não vou dizer que ela é a mais destemida e corajosa que já conheci, mas seu esforço em sustentar o irmão, mesmo que isso inclua invasores em seu corpo, é de se admirar. Quando ela desperta no corpo da inquilina e se vê metida em mil e um problemas terrivelmente perigosos, existem uma certa relutância, algo normal e compreensível. Embora você, leitor que vê tudo de fora e em segurança, deseja que Callie tome as rédias da situação, dá para entender o lado passional dela. Mas isso muda, e não subestime a garota!

Lissa é surpreendente. Muito, muito surpreendente. O rumo que as coisas tomam é algo que você nunca esperava quando abriu o livro e se deparou com uma Callie ingênua achando que alugar o corpo mudaria sua vida. A protagonista é esperta, mas a realidade de miséria que passava falou mais alto que a lógica na hora de assinar com a Prime Destinations. De qualquer modo, a autora não se prende a clichês pra preencher páginas. Tem romance? Sim. Tem dramas existências? Tem. Entretanto, todo e qualquer livro do gênero precisa desses elementos, seja para equilibrar o cenário ou só deixá-lo mais real. E o que a autora faz no final? Fala sério, cadê continuação nas minhas mãos?

Nada a ver com Jogos Vorazes, mas simplesmente maravilhoso. Starters é inteligente, tem um cenário curioso cheio de intriga da máfia sem a máfia, uma protagonista que não poupa esforços pelo que acredita e é completamente cheio de revelações. Eu amei a leitura, sou apaixonada pela capa sinistra e quero logo saber o desfecho da série, em Enders. Recomendo!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

10 comentários:

  1. Gente, a cada dia que passa fico mais afim de ler o livro! Sei que é uma série, coisa que repudio ( pois eles obrigam a gente a comprar livros), mas quero muito ler! Nunca li nenhum distopia e tenho curiosidade :D

    ResponderExcluir
  2. Já vi Starters na livraria, mas não me chamou a atenção ainda! Não acho a capa tão bonita (é chamativa, apenas isso), mas não me interessei pela história!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei da resenha e espero ter a oportunidade de ler esse livro acho que quando for na livraria amanha eu compro ele ! ^^

    ResponderExcluir
  4. Pra falar a verdade, eu não fiquei nem um pouco curiosa pra ler esse livro quando a NC o divulgou pela primeira vez. Eu li a sinopse e não gostei… Mas tem tanta gente dizendo o quanto o livro parece ser bom, que acabei cedendo e foi para a lista dos meus desejados. Sua resenha está mt boa. Nao sou fã de Jogos Vorazes então... nem espero mt do livro...
    bjim

    ResponderExcluir
  5. Já imaginava que esse livro não teria muita semelhança com JV. Mas apesar disso e talvez por causa disso (confuso, eu sei) eu quero ler esse livro. A sinopse me deixou confusa, sua resenha me esclareceu. O que não sei se funcionará comigo é o romance.

    ResponderExcluir
  6. Distopia é um assunto muuuuito abrangente. Dá pra sair histórias bem interessantes.
    A 1ª distopia que li foi A Hospedeira e achei bem legal.
    Quero muito ler esse livro. E, apesar de bizarra, algo nessa capa me chama atenção.
    Parabéns pela resenha.

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley
    http://obsessionvalley.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente a capa é muito esquisita, o que eu amo!

    Adorei a resenha, e é verdade tem uma semelhança com A Hospedeira.
    Quero ler gostei da história!

    <3

    ResponderExcluir
  8. Eu qro muito esse livro... e eu gostei da capa!!haha

    Li a prova do livro e adorei...

    Parabens pela resenha...

    ResponderExcluir
  9. Pra falar a mais pura verdade, eu não fiquei nem um pouco curiosa pra ler esse livro quando a NC o divulgou pela primeira vez. Eu li a sinopse e não gostei, baixei o conto, mas não consegui ler por falta de vontade e empolgação… Mas tinha tanta gente dizendo o quanto o livro parece ser bom, que acabei cedendo e foi para a lista dos meus desejados.

    ResponderExcluir
  10. óóó, finalmente uma resenha cinco estrelas de starters!!!

    Fico feliz q vc tenha gostado, mesmo com os pontinho um pouco negativos q o livro tem...Tenho vontade de ler, mas tinha tanta resenha meio negativa q eu até fiquei com o pé atras, mas vc me animou! \õ/

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!