14 de set de 2012

Danna por Lízien Danielle

Danna
Quando um poderoso e misterioso artefato é retirado do reino sagrado e escondido por um corajoso anjo em uma das milhares de dimensões existentes entre o céu e a terra, começa uma busca implacável pelo objeto sagrado, e todos os arcanjos, incluindo Lúcifer, dão início a uma batalha velada entre eles. Em meio ao caos, o arcanjo Gabriel tem como missão proteger Danna, uma jovem artista plástica, extremamente talentosa, que se revela dona de um dom muito especial. Incumbido de guardá-la, ele se expõe ao observar cada passo dado por ela, sentindo-se muitas vezes próximo demais. E essa exposição enreda o arcanjo numa instigante e envolvente relação que o leva a desvendar os intrigantes mistérios acerca da condição humana. Enquanto ela se embevece diante da inexorável atração a que é submetida pela fascinante beleza divina revelada pelo arcanjo, descobre-se apaixonada por ele, ao mesmo tempo que também percebe que é peça fundamental na busca do objeto e que se encontra no meio de uma batalha surreal entre anjos e demônios. E mesmo diante de uma guerra silenciosa cheia de grandes conspirações, Gabriel pode pôr toda sua missão a perder quando se descobre irremediavelmente apaixonado por sua protegida.

Autora: Lízien Danielle
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira
ISBN: 9788576796770
Páginas: 302
Nota: 

Depois de Enviados, eu entrei na vibe dos anjos de novo. Essa espécie fantástica sempre tem um bom potencial pelo campo enorme, e cada autor tem sua forma de desenvolver a sua lenda. Essa é a graça: nenhuma história sai igual à outra (como VAMPIROS)!  Danna, da autora Lízien Danielle, já estava dando sopa na minha estante a um bom tempo, e mesmo eu não tendo muita certeza do que esperar, embarquei na leitura como quem não quer nada, sem grandes expectativas. Não ler a sinopse antes de começar a leitura faz um bem danado, vocês sabiam?

Somos apresentados à vida comum de Danna, a partir do acidente que matou seus pais. Ela vai morar com a avó, o tempo passa, ela cresce, se torna uma artista talentosa, vai fazer faculdade de Artes, namora com Ricardo, se apaixona pelo irmão dele, Alex... Até aí, eu achei que esse seria o grande enredo do livro - ignore a falta de anjos -, o triangulo amoroso entre os dois irmãos... HAHA, que engano. Eu não tinha noção nenhuma do que a autora faria, e mesmo sendo só mais uma história clichê, eu estava gostando. E conseguiu melhorar.

Até certa parte, eu achei que a influência dos anjos na história seria por Gabriel, arcanjo/anjo da guarda da protagonista, narrar a história. Pelas primeiras cem, cento e cinquenta páginas, ele é só isso mesmo: um narrador personagem sem ação. O livro parece até ser narrado em terceira pessoa - com alguma pequena participação pessoal ao comentar que não entendia tal condenável característica humana. Só que então, Gabriel se apaixona pela sua protegida humana e a coisa muda. Completamente.

Acho romance entre anjos e humanos os mais sem graça em comparação às outras "espécies" desses seres. Anjos caídos? Ok. Nephilins? Claro. Anjos? Er... Normalmente, esses seres celestiais são muito certinhos, sempre se condenando por pensamentos pecaminosos. Então, aqui: sou team Alex, mesmo que eu saiba que ele está em completa desvantagem. Depois Gabriel até que dá uma melhorada, mas não é tudo aquilo. Prefiro Alex. Mas pelo visto, sou a única.

Como narrador, Gabriel faz uma imagem de Danna. Como leitora, faço outra bem diferente. Segundo ele, Danna é uma mulher despretensiosa, independente, atrevida, blablabla, blablablé, blablabli. Para mim, a protagonista é só mais uma artista sentimental com a vida amorosa agitada. Claro, ela tem algo mais - seus quadros excepcionais e tal -, porém como personalidade, ela é bem fraquinha, chatinha. E que não percebe que o Alex é mais legal que o Gabriel.

A história me prendeu desde a primeira página, e todas as reviravoltas que me surpreenderam só ajudaram a aumentar minha fome pelo final. Danna é um bom romance, bem escrito, envolvente e instigante. A protagonista não é a melhor, o casal principal não foi meu favorito, mas deu para gostar bastante. Talvez eu só tenha sentido tudo isso por causa do efeito "surpresa", mas foi muito bom e recomendo.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

13 comentários:

  1. Eu geralmente costumo gostar das capas mas, achei essa meio bizarra. Não sei explicar...
    Romances com anjos são muito água com açúcar. Eles me cansam muito rápido.
    Gostei da sua resenha e, por causa dela, vou ler esse livro.

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  2. Eu amei a resenha!
    Sou muito apaixonada por livros que envolvem anjos, e amei mesmo a história, parece ser lindíssima, e fiquei feliz que não há clichês nesse livro, então com certeza, pretendo comprar! Fico feliz por os autores brasileiros, que estão cada vez mais valorizados pelas pessoas!
    bjim

    ResponderExcluir
  3. Adoro história que envolva anjos! Simplesmente adoro! Nunca ouvi falar nesse livro, mas com certeza um dia vai ficar na minha estante :D

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha e achei um maximo esse seu blabli kkk eu já li outra resenha desse livro e ainda estou com uma otima impressão dele ! Otima resenha !

    ResponderExcluir
  5. adorei a sua resenha
    adoro livros que sobre anjos :P
    ainda não conhecia este, mas achei interessante.
    realmente romance entre anjos e humanos é meio sem graça. na verdade acho que virou moda. e tbm acho super sem graça o fato deles ficarem se condenando por pensamentos hahaha
    bom, gostei do livro, pela sua resenha, no geral, mas achei super sem graça esta capa :(

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, mas como Enviados, o livro não me chamou a atenção ainda! Não fui muito fã da capa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Esse é o estilo de livro que gosto, cheio de aventura e ainda com anjos.
    Nossa! Fiquei bem curiosa em poder ler.
    Sua resenha está primorosa.

    ResponderExcluir
  8. Sua resenha despertou a minha curiosidade, no entanto o livro em si não me encantou. A história parece ser boa, mas estou cansada de anjos e a capa não me envolveu. Certamente não o compraria pela capa! :/
    Além de que a personagem principal não me parece ser alguém realmente interessante.

    Beijos,
    Samy Aquino - http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Bom... eu gosto muito de romances de anjos!!
    Entao sempre fico ansiosa qd surgi um novo...
    Vi esse na Bienal, e fiquei muito interessada...na proxima oportunidade... vou ler!!!

    ResponderExcluir
  10. A história me pareceu legal...Até a parte em que a humana se relaciona/apaixona pelos anjos.

    Sei de toda a histórias de nephelins, mãs....Não desceu, entende? D=

    ResponderExcluir
  11. A sinopse me lembrou vagamente Sussurro, hehe. Primeiro livro de anjo que li e gostei bastante. Vou dar uma olhada pra ver se acho no skoob, viciei em trocas. Mas vamos combinar, essa capa é feia de doer! hahaha

    ResponderExcluir
  12. Esse é um livro que eu já tinha vontade de ler. Sua resenha só aumentou minha vontade (marquei como desejado), apesar de não ser meu tipo de leitura favorita (não gosto de anjos, triangulos/quartetos amorosos) algo me atraiu para esse livro.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!