9 de ago de 2012

Sapatólatras Anônimas por Beth Harbison

Sapatólatras Anônimas - Sapatólatras Anônimas #1
Um romance que vai fisgar as leitoras... pelos pés. Quatro mulheres diferentes. Um número de sapato comum e um desejo enlouquecedor por sapatos fabulosos. Neste romance, a mulher de um político controlador, uma viciada em compras, uma atendente de disque-sexo com fobia de lugares abertos e uma babá de uma família infernal (que não liga para sapatos, mas faz qualquer coisa para sair de casa!) se encontram nas noites de terça-feira para trocar sapatos, e, no decorrer, construir amizades que as ajudarão a superar seus mais variados problemas.

Autora: Beth Harbison
Editora: Record
ISBN: 9788501080660
Páginas: 368
Nota: 

Até a mais frugal das mulheres gosta de sapatos. Saltos altos, baixos, plataformas e agulhas, meia pata ou com a sola extremamente rasteira. É a lei da vida. Sapatos pertencem à mulheres na mesma proporção que mulheres pertencem à sapatos. Beth Harbison teve a brilhante ideia de juntar dois grandes vícios num único produto pra você amar. É uma pena que não se pode calçar Sapatólatras Anônimas, pois se o livro fosse um sapato, seria um lindo scarpin de salto de cristal 12.

Se for julgar pela capa colorida, pela sinopse divertida, muita gente consideraria o chick lit mais um livro fútil para a enorme lista do gênero. Tudo bem, Sapatólatras Anônimas é sobre um grupo de mulheres que se encontram para trocar e falar sobre seus sapatos de grife. Não é nenhum exemplo de profundidade, eu concordo. Entretanto, no desenrolar da história, você vai vendo mais do que isso. Mais que botas Gucci em promoção ou sandálias Ferragamo já usadas. As quatro protagonistas tem mais do que um closet recheado de etiquetas caras, e é essa parte que prende o leitor.

No inicio, somos apresentados a uma personagem por capitulo. Você conhece as dividas de Lorna, o marido controlador de Helene, a agorafobia de Sandra... É só depois da página 100 que Joss é apresentada, seu trabalho de babá e seus patrões desagradáveis. Por mais que elas tenham essa paixão em comum, são personagens diferentes e com características bem próprias. Sinceramente, gostei mais de Sandra, seus problemas são mais reais e mais fáceis de compreender. Lorna é como Becky Bloom, só que sem parte do carisma.

Dizer que sapatos são como investimentos só fica extremamente divertido se nas palavras de Sophie Kinsella. Isso não faz de Beth Harbison uma má escritora. Como são quatro personagens principais, o ponto de vista precisa estar dividido, ou seja, terceira pessoa. Não é ruim, mas perde a chance das tiradas espirituosas que normalmente são típicas desse tipo de protagonista. Entretanto, a autora tem uma boa mão: romance, drama e mistério se misturam e deixam algumas piadas inteligentes aqui e ali.

Faltou algum detalhe para cinco estrelas, mas mesmo assim é muito bom. Sapatólatras Anônimas é bem dosado, encanta e também surpreende, faz rir e passa muito rápido. To quase correndo para ver sapatos de solado vermelho com ótimos preços no eBay. Não é o melhor chick lit do mundo, mas é legal e eu recomendo. 
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

9 comentários:

  1. ai, este livro deve ser demais!!!
    não gosto muito de salto alto, mas as vezes tenho meus momentos de loucura hahaha

    ResponderExcluir
  2. Gostei do livro, mas achei a história um pouco clichê...

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastanta do livro mas acho que to procurando outro tipo de leitura por esses dias quem sabe mais tarde ! ^^

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia que pertencia a uma série. Apesar da recomendação não sei se leria esse livro...

    ResponderExcluir
  5. Fiquei com vontade de ler esse livro também, e se se parecer com Becky Bloom melhor ainda, apesar de eu só ter assistido ao filme. Eu tive o livro nas mãos, mas tive que escolher entre ele e um outro. Escolhi o outro :/
    Beeijoo ! Bom final de semana!!

    meusantidotos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Como sempre vc trás novidades para mim e sempre fico querendo ler o q vc indica, mas estou me segurando um pouco pq tenho tantos livros comprados para ler, mas para 2013 quem sabe eu compre esse e mais alguns q vc indicou!!!
    Parabens por sua resenha, sempre excelentissimas.
    bjim

    ResponderExcluir
  7. Nunca ouvi falar sobre esse livro. Gostei do enredo do livro e acho que leria. To com tanto livro para ler, mas abriria um espaço na minha estante ^^

    ResponderExcluir
  8. Parece bem engraçado! Mas no momento não estou muito pra chick lit. Mas a dica tá anotada.

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sua resenha, acho até que vou gostar bastante do livro...
    Mas como é uma serie não posso começar agora !!!! Quem sabe mais pra frente ....

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!