16 de ago de 2012

Minhas Tudo por Mario Prata

Minhas Tudo

Sabe aquelas coisas simples, aquelas que fazem parte do seu dia a dia, dos seus bons e péssimos momentos, e quando você percebe já te acompanham há anos, por uma vida mesmo? Pois é. Com seu já característico estilo bem-humorado, certas vezes irônico, Mario Prata cede o lugar principal de seus textos a eles: a carteira, o guarda-chuva, o carimbo, o joelho, o ladrão, a fila...
Mas mais do que um inventário pessoal, o autor apresenta ao leitor crônicas de um cotidiano muito mais próximo de cada um de nós do que se pode imaginar. Afinal, vai dizer que você nunca ficou um bom tempo para regular a temperatura do chuveiro, ou parou para descobrir as besteiras que até hoje guarda na carteira e não sabe por que, ou ainda ficou tentando, igual bobo, mil técnicas para fazer o soluço passar?

Autor: Mario Prata
Editora: Planeta
ISBN: 9788576658597
Páginas: 224
Nota: 

Você com certeza já ouviu falar de Mario Prata. Todo mundo, se não leu, tem um vizinho, um primo ou um primo do vizinho (vizinho do primo?) que já leu alguma obra do autor, seja livro, seja crônica. Ele faz parte da cultura nacional, e em termos de literatura brasileira, dá de 10 em Machado de Assis e seus contos (pfvr, não jogue pedras em mim). Mas então, já compartilhei com vocês minha opinião sobre esse gênero textual?

Aqui vai: eu não leio crônicas. Entretanto, não faço isso porque não gosto delas, mas sim, porque gosto demais. Existem seres humanos mais geniais que cronistas? Mais espertos e criativos do que esses escritores que pegam uma palavra qualquer e transformam num texto inteligente e gostoso de ler? Em Minhas Tudo, Mario Prata pega um só objeto e compõe duas, três páginas sobre ele. Textos excelentes sobre coisas mínimas. É por isso que não leio crônicas. Me acho a pior criatura do mundo por não conseguir escrever daquele jeito.

É tudo narrado em primeira pessoa, e não sei dizer se são histórias reais pelo que o autor passou, ou fruto de sua imaginação. Independente disso, todas as crônicas do livro seguem um bom padrão, em que o próximo texto será sobre a palavra grifada em algum momento anterior. São realistas, são engraçados e são inteligentes (vou repetir isso mil vezes, acostume-se). Você acaba por se identificar, corre para ver como é a gaveta do seu criado mudo e as atrocidades que guarda na carteira e não lembrava. Terminei o livro com o lixo cheio!

Não é meu estilo de leitura favorito, mas foi ótimo. Minhas Tudo é aquela leitura divertida, que faz rir, que faz pensar, que passa rápido e faz você perceber que escreve muito mal. É sério. Mario Prata é inteligente (viu? de novo!), tem tiradas excelentes e sempre um comentário irônico para fazer na hora certa. Será que ele dá aulas de escrita criativa?
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

8 comentários:

  1. Tambm não pe meu esyilo preferido mas parece valer a pena esse leitura ! Vou da uma pesquisado no preço do livo pra ver se eu compro ! ^^ Otima resenha !

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua resenha mas nao do livro. :D
    Nao sou mt fã de cronicas, acho que a leitura fik chata e mtas vezes cansativa.
    mas enfim... nao faz mt meu estilo de livro tbm...
    bjim

    ResponderExcluir
  3. Ah eu quero ler! Mário Prata é sempre surpreendente (e inteligente), rsrsrsrs. Com certeza alguém vai torcer o nariz pelo q vc falou do Machado, mas cada texto tem a sua devida importância, não é mesmo? Eu tbm quero me matar por não conseguir escrever tão bem como algumas pessoas... mas eu tento! rsrs.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Não li nada do Mário Prata, e também não tenho costume de ler crônicas, mas me interessei bastante pelo livro!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Bom, esse também não é meu estilo preferido, mas não tenho preconceitos. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  6. Li sua resenha no sábado (aproveitei e adicionei o livro no skoob)e só hoje deu tempo de deixar um comentário: Ainda não li nada do Mário Prata, mas gosto muito de crônicas então pretendo ler esse livro. Concordo com o que você escreveu sobre o modo inteligente como uma cronica é escrita, faz toda a diferença.

    ResponderExcluir
  7. Já faz um tempo qie li esse livro, apesar de não ser meu estilo.. gostei da leitura, depois disso me arrisquei a ler crônicas e não me arrependi....

    ResponderExcluir
  8. ótimo....adoro, principalmente Minhas Politicamente....

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!