27 de ago de 2012

A vida é uma festa por Sarah Mason

A vida é uma festa

Para Izzy Serranti, uma inglesa de 26 anos, A Vida É uma Festa - literalmente. Ela trabalha como promoter, dando um duro danado para fazer com que todo mundo se divirta. Porém, enquanto organiza festas e eventos, Izzy tenta a sorte na busca por sua alma gêmea. Mas as coisas não andam nada fáceis... e só vão piorar quando o fantasma de Simon Monkwell - seu pior inimigo de infância, responsável por tornar o seu dia-a-dia insuportável - voltar a lhe assombrar. Quer dizer, Simon ainda está vivo... mas bem que Izzy gostaria de que ele já estivesse morto e enterrado! Então, recapitulando, para Izzy Serranti, A Vida É uma Festa - desde que Simon Monkwell não seja um dos convidados, é claro! Neste novo romance, o bom-humor e a fluência da narrativa confirmam que Sarah Mason - responsável pelo premiado Um Amor de Detetive - veio mesmo para ficar. Mas o tempo se passou e o brutamontes de 13 anos se transformou num respeitado empresário. Izzy, no entanto, está convencida de que Simon Monkwell ainda é o mesmo grosseirão de 15 anos atrás. É por isso que tem de enfrentar os mais conflitantes sentimentos quando Monty, o pai de Simon, pede que ela o ajude a organizar uma grande festa: um baile de caridade na fazenda Monkwell. Ela acaba aceitando - afinal, é uma causa nobre e o que passou, passou. Melhor ainda: Simon está bem longe, fora do país, numa viagem de negócios aos Estados Unidos. Ou não? Quase sem querer, Izzy volta a ser seduzida por essa excêntrica família e começa a perceber que suas traumáticas lembranças dos tempos de criança podem não estar totalmente de acordo com o que ela imaginava...

Autora: Sarah Mason
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528611601
Páginas: 294
Nota: 

Sempre tive curiosidade de ler Sarah Mason. Ao lado de Sophie Kinsella e Marian Keyes, a consideram uma das maiores escritoras de chick lit do momento. Além de que suas capas são lindas e muito coloridas. Então eu tive oportunidade de ler A vida é uma festa, com capa extremamente rosa, sinopse clássica do gênero, cheio de clichês, que deixa você gargalhando empolgadamente.

Você já viu essa história em algum lugar, imagino. A garota que sofria bullying na infância, sonha no momento que reverá o bullie e poderá se vingar, ou simplesmente dar tapas de luva consecutivos. Básico. Seguindo toda a ideia que um chick lit representa, nem preciso continuar narrando pra você imaginar o que acontece. Previsível? Talvez, mas cheio de partes surpreendentes. O fato de que Simon, o cara em questão, seja um empresário milionário com fama de implacável também é algo conhecido. Só eu reparei uma boa semelhança com Do seu lado? Só que, bem, o rumo é um pouquinho diferente.

Izzy é toda atrapalhada, sempre se metendo em confusões e piorando ainda mais sua situação. Seu senso de humor é ótimo, o que conta muito para um livro narrado em primeira pessoa. A personagem tem um ímã para momentos inusitados, acha que Corneto resolve qualquer problema e não sabe a hora de ficar quieta. Izzy é real e divertida, é impossível não gostar dela.

No geral, todos os personagens secundários são muito bem formados. Tia Winnie é extremamente sincera, o que cria situações muito engraçadas e de vergonha alheia. O melhor amigo da protagonista, Dom, é outro divertido, companheiro e sem papas na língua. Na verdade, sinceridade é algo que define muito os personagens da trama, nenhum poupa palavras ou o sentimento dos outros. Quer dizer... Talvez Simon - adulto - é o que se escape da regra, misterioso e com um ótimo sorriso sedutor. Não que Izzy se apaixone por ele. É claro que não. Olhe para o passado dos dois! Ninguém deve se apaixonar por alguém que a atormentou por anos... Né?

Desde que eu parei de esperar que as autoras de chick lit sejam como Sophie Kinsella, as leituras ficaram muito melhores. Sarah escreve muito bem, tem piadas excelentes e nos momentos certos, criou personagens sinceros e incríveis, sem tato nenhum e no mesmo momento, sensíveis. Amei! A vida é uma festa é divertido, fofo, com algumas surpresas e muitas festas. Recomendo! 
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

8 comentários:

  1. Já li "Um amor de detetive" dessa autora e gostei um bocado. Realmente fico sempre esperando que todos os chick-lits cheguem aos pés dos escritos pela Sophie, mas preciso me conformar de que isso nunca vai acontecer. ><

    Mas Sarah escreve de uma forma inteligente e divertida, realmente e, sim, pretendo ler outros livros dela. Esse está na lista, com certeza!

    ResponderExcluir
  2. Não li A vida é uma festa, mas vontade não falta! Quem sabe ainda esse ano eu leia? Adorei a resenha! Ultimamente to querendo ler algo mais leve, e quem sabe esse é a pedida certa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa ! O livro parece ser bem legal mas tipo assim a cpa me deu um susto kkkk serio u.u Adorei a resenha !

    ResponderExcluir
  4. Poxa eu ainda não li nada dessa autora =/ Estou há um bom tempo com Um Amor de Detetive na lista de desejados, mas devido há alguns traumas passados com leituras desse estilo morro de medo de comprar e não gostar! Mas só vejo elogios sobre o trabalho da Sarah Mason, acho que na minha próxima compra vou incluir um dos livros dela :D
    Bjim

    ResponderExcluir
  5. Já li "Um amor de detetive" escrito pela Sarah e não gostei tanto já que estava esperando por algo diferente >Um amor de detetive< e desde então não tenho mais tanta vontade de ler os livros dela. Mas A vida é uma festa é um dos que havia me interessado mais na epoca, então depois dessa sua resenha positiva pode ser que eu venha a dar uma chance para ele.

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros com esse tipo de história. Me divirto muito!
    Adorei sua resenha. Me deixou com mais vontade de ler.

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley
    http://obsessionvalley.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia essa autora !!!
    Adoro chick-lit..Sua resenha me deixou bastante animada, para conhecer a história !!!! Acabei de compra-lo no site.. ansiosa para comecar a leitura !!!!

    ResponderExcluir
  8. Eu não tenho costume de ler chick lit, mas esse parece ser bem legal. Tenho que começar a fazer uma lista do genero pra começar a incluir nas minhas leituras. EU li Do Seu Lado, e gostei bastante. Ah, só que eu não gostei dessa capa aí, apesar de ser bem colorida e chamativa, sei lá... Só pela capa eu não leria o livro.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!