6 de jul de 2012

Retrato do meu coração por Patricia Cabot

Retrato do meu coração
No passado, a desengonçada Maggie Herbert vivia às turras com os meninos, entre os quais o futuro duque de Rawlings, mas tudo se resumia a provocações e brigas. Agora adultos, eles se reencontram. Porém tudo parece conspirar contra a paixão recém-descoberta. Será que os jovens conseguirão vencer preconceitos - dos outros e os próprios - em nome do amor? 

Autora: Patricia cof Meg cof Cabot 
Editora: Record
ISBN: 9788501093370 
Páginas: 377
Nota: 

Cada pessoa tem seus preconceitos com a literatura, nem tente negar. Tem gente que não lê sobrenatural, que não suporta chick lits e por aí vai. Eu, por exemplo, tenho uma pequena aversão a livros históricos. Não gosto de épocas em que não existia celular e wi-fi, um mundo muito triste. Esse fato não em impediu para dar uma chance aos romances de Patricia Cabot, codinome da tia Meg para o gênero. Retrato do meu coração, segundo livro que leio dela, é maravilhoso - e juro que não me importei com a falta de tecnologia.

Quando criança, Maggie fazia da vida de Jeremy um inferno, afinal, ele precisava de alguém que se opusesse a suas vontades, não acatasse tudo por causa do título de duque. Cinco anos se passaram desde que eles se viram pela última vez, quando ainda eram crianças desajeitadas. Agora Maggie ganhou curvas, Jeremy atingiu a maioridade, as brigas de infância podem ser substituídas por paixão. 

O livro se passa em meados dos anos 1870, na Inglaterra. A sociedade é completamente diferente do que a gente conhece, é uma hierarquia rígida que não dá nem lembranças ao século XXI. Não tinha sombra de feminismo, as famílias eram extremamente patriarcais, mulheres submissas aos pais e maridos, mal começava ai os direitos de estudar para garotas de família rica. Precisa estar ciente disso durante toda a leitura, não se deixar levar pelos ideais comuns de 2012.

Maggie é uma artista rejeitada pela família, já que mulheres de respeito casam-se com homens que tenham capacidade de sustentá-la, não ganham a vida pintando retratos da burguesia rica de Londres. Ela sempre foi diferente das irmãs, mais atrevida e ousada que a grande maioria das garotas de sua idade. Já Jeremy é o duque inconsequente, acha que tudo se resolve na ponta da espada. Isso até encontrar resistência do coração da amada. Somando a lingua afiada dela e as investidas incensáveis dele, Maggie e Jeremy formam um dos casais mais queridos da literatura. Adorei torcer por eles.

Se Meg não se dá bem com narrativa em terceira pessoa, Patricia Cabot faz isso com primor (me pergunto como, mas enfim). Por mais que seja passado distantes, a narrativa não é daquela linguagem rebuscada cheia de verbos conjugadas na 2ª pessoa. O romance não é meloso, algumas partes pareciam cena de novela mexicana com aquele grande dramalhão confuso e engraçado. Além disso, a autora é cheia de tiradas inteligentes e engraçadas.

Posso dizer que amei? I think so. Retrato do meu coração é aquele romance encantador, gostoso de ler, que você vicia e só que saber do final, aquele final especifico. Os personagens são bem formados, assim como o dialogo e os fios de mistério por trás de tudo. Não vejo a hora de ler outros títulos do pseudônimo. Recomendo com certeza!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

15 comentários:

  1. já vi varias resenhas deste livro, e cada vez que leio me encanto mais
    deve ser maravilhoso *-*

    ResponderExcluir
  2. Como assim aversão por livros historios? Não creo, são meus favoritos! Mas não são todos que eu gosto, gosto assim no estilo desse, com muito romance e pitadas de humor.
    Eu ainda não li a rosa do inverno, mas futuramente pretendo ter todos os livros da autora *-*
    Nunca tinha notado que a Meg não se dá bem com narrativa em terceira pessoa, vou prestar mais atenção.
    A capa é maravilhosa, muito melhor que a original, só não entendi pq foi publicado por outra editora, mas vai saber...
    Lingua afiada dela e as investidas incensáveis? só me deixa mais curiosa e sei que vou amar ele *-*
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Li alguns livros da Meg, e não gostei. Nunca li nada por Patricia Cabot, e tenho muita curiosidade para ver como a autora se saiu. Deve ser engraçado escrever como outra pessoa. Sei lá...espero matar essa curiosidade em breve. Bjkss

    ResponderExcluir
  4. Ai eu estou doida com esse livro! Amei de cara só pela capa! Jesus, preciso ler algo dessa autora minha gente u.u

    ResponderExcluir
  5. Nossa pelos elogios deu até vontade de ler."Não gosto de épocas em que não existia celular e wi-fi, um mundo muito triste.":risos eternos... você é hilaria.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu também não gosto de livros que se passam em epocas que não tinha essas tecnologias que temos hoje e tenho preconceito por livros históricos, mas acho que faria o mesmo que você, por Meh, ou melhor, Patricia Cabot, eu leria um livro histórico, porque sei que ela é boa no que faz e ainda mais depois da sua resenha com tantos elogios que leria mesmo!
    Na verdade também já fiz isso, li Liberte meu Coração, que se passa em epocas antigas e gostei bastante, mesmo que o livro seja em conjunto com a Mia Thermopolis tem muito da narrativa da Meg e eu gostei bastante!

    ResponderExcluir
  7. Meu preconceito literário é com o gênero sobrenatural. Gosto muito de livros com uma pegada histórica. Não sei se sabe, mas esse livro é o segundo da série dos Rawlings. Tenho uma amiga que adora ler romances e todo aniversário dela eu lhe dou um livro, sendo que esse ano a presentiei com Pode beijar a noiva, da Patricia Cabot e ela amou o livro. Fiquei bem empolgada pra ler esse. Talvez dê pra ela e pegue emprestado :)

    ResponderExcluir
  8. Sempre tive vontade para conhecer esse outro lado da Meg, mas ainda não li nenhum dela (só Liberte meu coração). Olha que esses dias estava na promoção dois desse (Pode beijar a noiva e Aprendendo a seduzir), mas acabei não comprando. Não tenho muito costume em ler romances históricos (para dizer que não leio, li esse ano Liberte meu coração e O amante da virgem, da Philipa Gregory (recomendo)).

    Mas de vez em quando é bom variar a leitura!

    Entrou com certeza na minha lista de desejados!!

    Beijos =D

    ResponderExcluir
  9. kkkk adorei a resnha ! Eu realmente tenho precpnceito com romances historicos !! xD Mas pela sua resenha deu vontade de ler esse livro ! Vou procurar pra mim ler e eu concordo com você tem vezes que da raiva em ler um livro que não seja da nossa era principalmente nessa epoca onde as coisas ainda eram bem rusticas ! u.u

    ResponderExcluir
  10. Patricia Cabot escreve muito bem, é um verdadeiro sucesso. Retrato do meu coração não é diferente...muito bom. Por isso que gostou e eu quero muito ler.

    ResponderExcluir
  11. Posso dizer uma coisa? EU PRECISO DESSE LIVRO!
    Pronto, falei... rs

    EU tenho e li A Rosa do Inverno - Rawlings #1, e amei. Foi o 1º e unico da Patricia/Meg que li, e fiquei super ansiosa pela continuação da história. Esse #2 também tem cenas hot's como o 1º???? hehe
    ADorei a resenha e já quero ler, ta na minha lista.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Mais um belo trabalho da Meg, por enquanto eu me mordendo de curiosidade, mas só tenho lido as resenhas e cada vez tenho mais vontade de ler.
    Mas está um pouco fora dos meus orçamentos, ainda mais pq e lançamento...
    acho a capa mt bonita, super trabalhada e gosto tm da historia e da escritora. Ainda nao li Rosa do Inverno mas tbm tou super curiosa para le-lo.
    bjim

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro os livros da Meg, fico presa, vai acontecendo uma coisa atrás da outra e eu vou ficando cada vez mais curiosa e é cada confusão...

    ResponderExcluir
  14. Nathália de A. S.16 de julho de 2012 23:39

    Estou louca por esse livro! É um dos meus "mais desejados de 2012"!
    Espero que seja uma continuação perfeita!
    Vai ser ótimo ver o Jeremy crescido! XD
    Adorei essa resenha Jo!

    Beijoo!

    @nathalia_asc

    ResponderExcluir
  15. Oi, sempre leio suas resenhas e gosto muito, minha opinião sobre livros bate muito com a sua e a suas resenhas sempre tem um algo a mais, que não resisto e sempre preciso ler, ainda não li Retrato do meu Coração, mas estou louquinha para ler é um dos meus desejados de 2012, não sei se você sabe, mas esse livro é continuação de Rosa do Inverno da Patrícia Cabot, nesse livro Meggie e Jeremy são apenas crianças e os personagens principais são o Edward que é tio de Jeremy e não lembro o nome da "mocinha" do livro, mas garanto que é muuuuito booooommm, se puder leia! Beijos!!!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!