16 de jul de 2012

A irmã de Becky Bloom por Sophie Kinsella

A irmã de Becky Bloom - Delírios de Consumo de Becky Bloom #4
Com spoiller dos livros anteriores
Becky Bloom achou que casar com Luke Brandon seria uma caixinha da Tiffany cheia de felicidade. Mas, honestamente, a coisa não é um sonho como ela esperava. O problema começou na lua-de-mel, quando contou uma mentirinha minúscula a Luke, sobre uma comprinha de nada. Agora ela está com o orçamento contado, não tem emprego e, pior de tudo, sua querida amiga Suze tem uma nova “melhor amiga”. Becky está na maior deprê quando recebe uma notícia incrível: ela tem uma irmã, há muito tempo perdida, sumida, esquecida! Becky nunca esteve tão em-pol-ga-da!!! Finalmente uma irmã de verdade! Elas podem fazer compras juntas... escolher sapatos juntas... fazer as unhas juntas... Até que ela tem o maior choque da vida. Não pode ser verdade! Não é possível que a irmã querida de Becky Bloom possa... odiar compras!!! Socorro!!!

Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record
ISBN: 9788501072184
Páginas: 487
Nota: 
Livros anteriores: Delírios de Consumo de Becky Bloom, Delírios de Consumo de Becky Bloom na 5ª Avenida, As listas de casamento de Becky Bloom

Arrastar a leitura é um método bastante usado pra quem quer fazer livros de autores/séries preferidos durarem mais. Eu tentei isso em Jogos Vorazes, mas não rolou (como assim aguentar a ansiedade de descobrir como Katniss sai da arena? Com o Peeta?). Sou completamente o contrário. Nessa última semana eu já estava pirando por passar dias e dias com A irmã de Becky Bloom na cabeceira. Sophie Kinsella é aquele tipo de autora que você lê em um dia (por mais de 400 páginas que tenha), e quando tudo que eu tinha era tempo para um capitulo diário, foi torturante. Como lidar com minusculas doses de Becky Bloom e cia?

Depois de uma extensa lua de mel viajando pelo mundo, Becky está de volta à Londres, sua vida volta ao normal - com a exceção de Luke, muito mais tranquilo depois do tempo longe do escritório. Doce ilusão. O mundo da compradora compulsiva está de ponta cabeça: ela fez compras demais ao redor do mundo, Suze arranjou uma nova melhor amiga, acabou metendo a empresa de RP de Luke numa confusão, e claro, tem uma irmã recém encontrada. Extremamente comum e básico na vida de alguém.

A cabeça de Becky é um eterno ponto de interrogação. Impressionante que mesmo depois de três livros, ela não aprenda com seus erros. Mas também, quem pode culpá-la de comprar uma bolsa Angel, edição limitada que as celebridades fazem fila para ter, por míseras 2000 libras e um favor para um estranho? Becky se mete em confusão atrás de confusão, suas eternas tentativas de resolver e acabar estragando tudo,  sempre e incansavelmente. 

Também é engraçada sua grande ilusão em relação à irmã. Ela nunca ouviu falar sobre esse tipo de relacionamento fraterno? Morri rindo da protagonista achando que ao reencontrar sua meio-irmã, que nunca viu na vida, iriam se conectar e virar melhores amigas. Querida, não é bem assim. Melhor ainda foi o choque: Jess, dois anos mais velhas, é completamente diferente do que ela esperava: não tem compulsão por sapatos, não lê ELLE, odeia fazer compras. Mesmo sem admitir, dá para perceber que tudo que Becky queria era preencher a falta de Suze, que agora é mãe. 

Tem quem diga que esse é o mais fraco da série. É? Talvez. A narrativa hilariante, característica registrada de Sophie, continua firme e forte. O livro faz gargalhar inúmeras vezes - seu problema é que alguns personagens já conhecidos tem menos espaço, e fazem falta. Danny, o estilista fofo e aloka de NY, cadê? Suze e Tarkie estiveram reduzidos à menos de 30 páginas. Para abrir espaço para os dramas familiares dos Bloom, o divertido círculo social de Becky foi limitado, e quem gostava dos diálogos entre os amigos, ficou carente.

Mesmo sem tanto tempo para personagens que eu amo, não tem como negar que A irmã de Becky Bloom é excelente, maravilhoso e muito, muito bom. O livro faz rir, pensar, lhe obriga fechar as páginas de frustração, tentar entender por que diabos Becky fez o que fez. Não tem como não amar os chick lits da autora. Eu recomendo eternamente!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

14 comentários:

  1. aaah, não li a resenha hahaha
    sou louca para ler esta serie, mas os livros são tão carinhos que nunca consegui comprar :S

    ResponderExcluir
  2. kkk ja vi que você gosta muito dessa escritora ! E amore para ser cincera eu não li a resenha por causa dos spoiler ! Mas depois venho ver o comentarios da resenha !

    ResponderExcluir
  3. Só li as primeiras linhas e o último parágrafo, pois cont´me spoilers...hehe
    Mas você elogiou muito bem, então deve ser bom.

    ResponderExcluir
  4. Eu amei o filme Os delírios de Becky bloom!!! Mas até hoje ainda não tive a oportunidade de ler os livros, mas estou curiosa, muita gente fala que os livros fazem A diferença e que você se apaixona ainda mais pela série, que Sophie escreve chick-lits como ninguém e eu amo este gênero.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Só tenho uma coisa a comentar: Eu preciso urgentemente de uma promoção com o box dessa série.

    ResponderExcluir
  6. Ahh adoro Becky Bloom!Acho muito divertido e uma ótima leitura,mas evitei ler a resenha pro causa dos spoilers.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Acho engraçadinho, fofo, divertido, mas ler eu não quero. Não sei porque, mas esses livros não me chamam a minima atenção. Tenho uma aversão por eles :S

    ResponderExcluir
  8. Só li o primeiro da série, mas tenho muita vontade de ler os outros!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Sou louca para ler essa serie, mas ainda não consegui comprar. Aff!!! Acho a Becky super divertida e me vejo um pouco nela. Mas com certeza ainda vou ter a coleção todinha... Bjkss

    ResponderExcluir
  10. OMG, ainda não li nada dessa série, mas, se conta pontos a meu favor, ja assisti o filme 'Os delirios de consumo..." umas 5 x... =)

    ResponderExcluir
  11. qto mais livros.. melhor fica. E eu achava que esse fosse ser chato, que nem faria sentido com os demais livros. Mas que nada.. grata surpresa. Ri e chorei muito.

    ResponderExcluir
  12. Becky Bloom deve ser bem engraçada, e nesse livro, embora seja o mais fraco nesses pontos dos amigos, acho que ela deve aprontar algumas confusões com a irmã totalmente diferente dela e deve ser bem engraçado!
    Tenho tanta vontade de ler esses livros, pena que a série é enorme!

    ResponderExcluir
  13. A cada resenha dessa serie eu fico mais louca pra ler. Acho engraçado ela ter um a irmã dsupewr diferente dela, ela deve surtar muito. Bom saber que o Luke deixa ela na redia curta e que continua amando ela. Quero ler logo!

    ResponderExcluir
  14. Gente, eu simplesmente amei este livro e achei mt booom. Sobre a questão dos outros personagens terem sido muito reduzidos, eu concordo, mas acho que les conquistaram muito espaço nos outros livros, como a Suze no primeiro e segundo livros, no terceiro, o casamento dela foi a sensação do início e acho que o Danny seguiu o rumo dele,kkk. Bem, eu tmb recomendo pra todos. Agora estou louca pra ler o chá de bebê de Becky Bloom e Mini Becky Bloom- tal mãe, tal filha.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!