8 de jun de 2012

Garotas de Vidro por Laurie Halse Anderson

Garotas de Vidro
Lia e Cassie são amigas há anos, ambas congeladas em seus corpos. No entanto, em uma manhã, Lia acorda com a notícia de que Cassie está morta, e as circunstâncias de sua morte ainda são um mistério. Não bastasse isso, Cassie tentara falar com Lia momentos antes, para pedir ajuda. Lia tem de lidar com o pai, que é um renomado escritor, sua madrasta e a mãe, uma cardiologista que vive ocupada, salvando a vida dos outros. Contudo, seu maior tormento é a voz dentro de si mesma, que não a deixa se esquecer de manter o controle, continuar forte e perder mais, sempre perder mais, e pesar menos. Bem menos.

Autora: Laurie Halse Anderson
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630113
Página: 272

Literatura é a versatilidade em forma de palavras. Literatura pode ser um cartaz de alerta, um grito por socorro, um tapa na cara de quem não vê as falhas a sua frente. E não pense que só distopias podem servir como esse recado - livros reais, atuais, e que tocam nos pontos frágeis de pessoas que você conhece. Nos seus pontos fracos. O seu grito de alerta. Garotas de Vidro deve entrar para a lista de leituras obrigatórias no colégio, substituindo aqueles clássicos que só fazem você dormir e/ou ficar feliz por morar no século XXI.

Lia e Cassie eram melhores amigas; até não serem mais. Elas se distanciaram, e Lia só foi saber da amiga quando sua morte foi anunciada em todos jornais. "... corpo encontrado em um quarto de motel, sozinho...". Não bastasse isso, no celular tem 33 chamadas perdidas de Cassie, minutos antes de morrer. Lia se sente culpada, e desconta isso na comida: ignorando-a. Por mais que a fome a consuma por dentro, Lia precisa emagrecer, precisa ser a mais magra, precisa parar de ser nojenta, estupida. 

Nunca tinha lido sobre anorexia de uma forma tão clara, tão cruel e perturbadora. É uma obra fictícia, mas a autora escreveu de uma forma tão clara os pensamentos da protagonista que você sente o que ela sente. Só que aí entra a confusão: você não sabe o que sentir. Sem nunca ter passado pelo problema de Lia, você precisa ser imparcial. Precisa entender e acreditar. 

Em outras palavras: Lia é confusa, a narrativa é confusa. Só nessa primeira frase, já fui precipitada. Em toda a leitura, me forcei a ter um pensamento sempre presente para me impedir de julgar mal: Lia é doente. Anorexia Nervosa é uma doença tanto fisiológica, como psicológica. A personagem principal é perturbada por algo que só ela vê. E o leitor precisa saber disso para não julgá-la, e por consequência, não julgar o livro em si.

A narrativa é atrapalhada, mas algumas coisas eu não posso justificar por ser pelos pensamentos doentios de Lia. A autora deveria ter uma forma de escrever que fosse clara à quem lê. Caracterizado como narrativa clara não incluem coisas como frases sem pontuação continuadas em outra linha à esquerda. Uma ordem cronológica entre realidade, lembranças e alucinações seria mais do que bem vinda.

A leitura demorar a engrenar, mas depois que vai é difícil largar. É perturbador e ótimo simultaneamente. Eu gostei ao mesmo tempo que as palavras de Laurie me agoniavam. Garotas de Vidro é um tapa na cara da sociedade elitista que exalta a magreza, e vai servir como SOS para várias garotas ao redor do mundo que sofrem da doença de boca fechada - literalmente. Recomendo. 
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

PS: Querem promoção? Comente!
PPS: Experimente ler ao som do álbum Unbroken - Demi Lovato. 

15 comentários:

  1. a capa é linda e a resenha super interessante *-*
    quero muito ler este livro *-*

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser maravilhoso !! Quero muito ler esse livro mas por enquanto vou me concentrar em outros ! ^^ otima resenha !

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha!Estou super curiosa para ler este livro,ja que ele serve como alerta. PS: " aqueles clássicos que só fazem você dormir e/ou ficar feliz por morar no século XXI":adorei a observaçao...hilaria rsrsr
    Beijos
    Fabianne

    ResponderExcluir
  4. Senti que esse livro é forte. Pelas resenhas que venho vendo dele deu pra perceber que a história é uma daquelas que você não esquece rápido. E o tema é bem...perturbador, digamos assim. Eu quero ler com certeza!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha! Não tinha lido ainda a sinopse do livro, mas sinceramente achava que era algo sobrenatural. Fiquei totalmente de cara quando vi que tratava de um assunto tão sério, que é a anorexia... Gostei bastante. Mal posso esperar para ler...

    Beijos =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas! Eu também achava que era um livro sobrenatural antes de começar a ler. XDD Realmente a literatura tá precisando de livros assim: problemas reais mostrados de uma forma "assustadora". Obrigada pelo comentário :) Bjs.

      Excluir
  6. Eu amei a capa d livro assim que o vi, como tbm gostei muito do título, achei bem sugestivo.
    Adorei a resenha, ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro.
    Achei que o tema que a autora abordou é muito delicado, mais como vc falou, esse livro precisa incluido nas listas de livros para se ler na escola. Muitas meninas não entendem que anorexia e uma doença.
    Adorei sua resenha, acho que capitou muito bem a essência do livro.
    Bjos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dany! Obrigada :) Tenho uma lista de livros que deveriam ser adotados pelas escolas, seria uma grande mudança. Anorexia não é brincadeira como muitas garotas acham, uma aposta, uma dieta qualquer: é uma doença perigosa e que mata! Obrigada pelo comentário :) Bjs.

      Excluir
  7. Too apaixonada com esse livro ! é lindo demais essa capa*-*
    adorei sua resenha,e adorei o tema tbém, ja que não é abordado com tanta frequencia.

    ResponderExcluir
  8. QUero muito ler, ja faz parte da minha lista de desejados. Nunca li nenhum livro sobre o assunto, mas ja vi varias materias sobre, e é um assunto que me interessa.

    ResponderExcluir
  9. tenho vontade de ler esse livro principalmente pra entender mais um pouco do assunto. Achei este tema muito interressante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manuela! Garotas de Vidro é realmente uma ótima fonte de informações sobre a anorexia - e de uma forma mais perturbadora, pois vc está na cabeça de alguém que sobre da doença, sendo que no dia a dia, normalmente as pessoas se recusam a falar. Leia sim! Obrigada pelo comentário :D Bjs.

      Excluir
  10. Esse livro tem uma capa linda. Quando soube do lançamento corri ler o primeiro capitulo disponibilizado pela editora e acabei me decepcionando, pois como você colocou na resenha a narrativa é bem confusa e não consegui me envolver com a história. Mas se tiver promoção certamente participarei. Adoro esse cd da Demi Lovato, mas não costumo ler ouvindo música a unica vez que fiz isso foi quando estava lendo o fim do livro A última Musica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. When I look at you? Bjs :D Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  11. A capa do livro é linda e a história perece ser bem interessante, ja que poucos livros abordam assuntos como Anorexia nervosa, ja sofri desta doença e sei o quanto é dificil ...

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!