19 de abr de 2012

Overprotected por Jennifer Laurens

Overprotected

Ashlyn: Uma solitária princesa da sociedade vivendo em Nova York. Papai o contratou para ser o meu guarda-costas. 
Colin: inimigo da infância, agora seu protetor. 
Papai achava que eu estaria a salvo. Ele pensou que eu nunca me apaixonaria. Ele pensou que poderia manter-me com ele para sempre.
Charles: obcecado pela segurança da filha, ele contrata a pessoa que ele sabe que ela nunca poderia se apaixonar: Colin. 
Papai estava errado.

Autora: Jennifer Laurens
Editora: Grove Creek Publishing
ISBN: 978193396300690000
Páginas: 243
Nota: 

YEY, primeira resenha internacional do blog, que lindo! Já faz um bom tempo que eu tinha recebido o livro Overprotected, da autora Jennifer Laurens, para resenha, mas você sabe, ler em um idioma que não é sua língua mãe pode ser mais demorado, algumas vezes até cansativo. Eu tinha feito algumas tentativas com Overprotected e acabava por deixá-lo de lado, quando então domingo, fiz outra tentativa e não consegui largar. É tão fofo!

Ashlyn tem 17 anos, mas seus pais a tratam como se tivesse 10. Sempre com um segurança, não pode sair de casa desacompanhada, seu pai vive verificando seu celular... Do que adianta ser uma adolescente rica vivendo em Nova York, se ela não pode viver? Então ela finalmente consegue consegue convencer seu pai a demitir Stuart, o segurança que ela tanto odeia. Seria inicio de uma era de liberdade? Grande ilusão. No seu lugar, é admitido Colin, um antigo vizinho que não era bem quisto por Ashlyn. O que para ela era mais uma tortura, para seu pai era um atestado de garantia: Colin e Ashlyn nunca se apaixonariam... certo?

O que seria só mais um livro clichê, mesmo que sem o cenário high school convencional, acabou me surpreendendo. Certo, o romance é bem previsível (dã, tá escrito na contra-capa!), mas a história tem várias reviravoltas que acabam prendendo a atenção do leitor. Eu fui me deixar encantar por Overprotected lá pela página 50, mas depois só fluiu. Jennifer me surpreendeu ao acrescentar temas mais profundos, que quando você abriu o livro, não podia imaginar que estariam ali, além de me fazer refletir bastante sobre o significado de liberdade. 

Ashlyn é uma boa protagonista. Entenda bem: ela não é nenhum super heroina determinada, mas dá para entender seus dilemas e suas queixas - afinal, aos 17 anos, ninguém quer ter o celular confiscado pelo pai, amizades avaliadas pela mãe e festas cortadas de sua vida social (principalmente quando se vive na Big Apple). No mais, ela é bem divertida, espirituosa com um ótimo senso de aventura e bastante coragem. Colin... O que falar sobre Colin? Ele é muito amor, o típico príncipe encantado numa armadura reluzente montado num cavalo branco (tirando o titulo da realeza, a armadura e o cavalo). 

Overprotected é um ótimo livro, divertido e extremamente fofo. Me sinto mal por ter demorado tanto tempo para ler, para me encantar por Colin e para ficar furiosa e incrédula com o pai de Ashlyn. O nível de inglês dele é bem fácil, em momento algum peguei o dicionario. Recomendo para quem já lê em outro idioma ou quem quiser iniciar essa jornada de não esperar pelos lançamentos por aqui! 
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

----- In english:

YEY, the first international review of the blog, how beautiful! It's been a long time since I had received the book Overprotected, by Jennifer Laurens, to review, but you know, read in a language that is not their mother tongue can be longer, sometimes even exhausting. I had made some attempts to Overprotected and ended up leaving it aside when then Sunday, I made another attempt and could not quit. It's so cute!

Ashlyn is 17, but her parents treat her as if she had 10. Always with a bodyguard, can't leave the house unaccompanied, her father checking his cell phone all the time... What will it be a rich teenager living in New York, if she can not live? Then she finally manages to convince his father to resign Stuart, the security that she so hates. It would be the beginning of an era of freedom? Wishful thinking. In his place, is admitted Colin, a former neighbor who was not well liked by Ashlyn. What for her was more like torture for her father was a certificate of warranty: Colin and Ashlyn never falling in love for each other ... right?

The book would be just another cliche, even without the conventional high school setting, just surprise me. Sure, the novel is fairly predictable (duh, is writing on the back), but the story has several twists that end up holding the reader's attention. I was enchanted by Overprotected leave me there by page 50, but then just flowed. Jennifer surprised me by adding deeper issues, that when I opened the book, I couldn't imagine that would be there, and make me think very hard about the meaning of freedom.

Ashlyn is a good character. Ok, she's not a super heroine, determined, but you can understand their dilemmas and their complaints - after all, at 17, nobody wants to have the phone confiscated by your dad, your mom choose your friends, and no parties in your social life (especially when if you live in the Big Apple). At most, she's fun, witty, with a great sense of adventure and plenty of courage. Colin ... What to say about Colin? He is amazing, the typical prince in shining armor riding a white horse (taking back the title of royalty, and the horse and armor).

Overprotected is a great book, funny and extremely cute. I feel bad for taking so long to read, to enchant me by Colin and get angry and incredulous with Ashlyn's dad. The level of his English is pretty easy, at no time took the dictionary. I recommend to anyone who has read in another language or who want to start this journey not wait for the releases here!
Xoxo,
I know you love me, Girlie Poderosa

9 comentários:

  1. oi
    adorei seu blog, estou te seguindo!
    não conhecia esse livro, a capa é legal e a história tambem parece ser!
    otima resenha
    me vista

    http://lostgirlygirl.blogspot.com.br/

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Oiii,

    Vi a capa desse livro há algum tempo e fiquei curiosa para saber do que se tratava. Adorei a resenha re fiquei bem curiosa para conhecer esta história.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que chique! Adorei, parabéns, espero um dia consegir ler um livro em ingles tambem.
    Parece mesmo ser um livro bem fofo!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Adorei a estória.
    E gostei de saber que é fácil de ler, pois estou pensando em começar a ler em inglês, e não sabia com que livro começar.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li em ingles, mas se a leitura tem um nível fácil seria interessante tentar. Gostei da história, deve ser uma leitura bem leve!

    ResponderExcluir
  6. Nunca li em inglês, mas se a leitura tem um nível fácil, pode valer a pena tentar. Gostei da história, parece ser bem levinha.

    ResponderExcluir
  7. Pena que ainda não é lançado por aqui.
    Quando li a sinopse pensei: Clichê!
    Aí vc veio e disse que era mesmo huhauahuahuahua
    Mas não dá nada, todas adoramos essas histórias assim e torcemos pelo casal.

    Bjuuuss

    Nâna

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!