17 de fev de 2012

Quando cai o raio por Meg Cabot

Quando cai o raio - Desaparecidos #1

Mandaram que eu escrevesse um relato, em primeira pessoa, sobre o que aconteceu comigo, falando toda a verdade e nada mais do que a verdade. Então tá. O que aconteceu comigo: fui atingida por um raio. Tudo culpa da Ruth, que resolveu que queria voltar da escola andando, para queimar uns quilinhos... Acabou que eu é quem fui queimada. Ninguém acreditou em mim, nem eu mesma, pra ser sincera. Eu não estava me sentindo mal, não tinha nenhuma marca ou machucado... Nem estava chamuscada! Mas logo as coisas começaram a mudar. Quando acordei no dia seguinte, de alguma forma sabia onde estavam as duas crianças cujas fotos estampavam a caixa de leite, aquelas do Disque-Desaparecidos, sabe? Pois é. Eu tinha certeza absoluta sobre onde elas estavam. O problema é que eu achava que estava fazendo uma coisa boa! Liguei para o Disque-Desaparecidos e avisei à simpática senhorinha onde estavam essas duas crianças, e depois mais outras... Até que dois não-tão-simpáticos agentes federais apareceram na minha escola para conversar comigo. Até parece! Agora sou foragida da justiça, tenho que ajudar um dos meninos que foram encontrados e ainda preciso disfarçar o quanto o motoqueiro da sala de detenção mexe comigo... Ainda bem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar... Certo?

Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501088178
Páginas: 270
Nota: 

É tão divertido conhecer as mil e uma facetas de Meg Cabot. Quer dizer... Mil e uma adolescentes com habilidades e crises de existência diferentes que Meg dá vida em seus livros. Já teve bruxa, nerd em corpo de super modelo, mentirosas convictas, princesas, reencarnação do Rei Arthur e, agora, uma foragida do FBI... Não é a toa que ela é a rainha do YA book!

Jess foi atingida por um raio, mas não morreu, não teve uma parada cardíaca e nem ficou com os cabelos chamuscados - apenas se sentiu mais viva. Ninguém acredita nela - e porque acreditariam? Não faz sentido, ainda mais que ela não tem as duas cicatrizes para provar, só uma - e considerando que o raio não pode ter entrado nela e não saído, Jess nunca foi atingida por um raio... Então por que ela sonha com o endereço das crianças desaparecidas que aparecem na caixa de leite? E porque esse endereço está sempre certo? E porque o FBI está tão empenhado em conhecê-la?

Meg é cheia de clichês, mas a gente nunca sabe o que esperar. Sempre tem alguns elementos conhecidos, como high school, protagonista divertida, um romance fofo e sutil - mas o universo que ela enquadra isso pode tanto dar certo, como não. 

Jess é uma garota durona, sabe se defender. Ela vive na detenção, pois puxa briga com garotos maiores que ofendem sua melhor amiga, Ruth, que é gordinha. Tirando esse detalhe, ela é uma boa pessoa, divertida, não se deixa afetar pelos preconceitos da escola - que é dividida entre os 'urbanos' e os 'caipiras'. Ela entendeu rápido o seu poder, soube como ajudar as crianças desaparecidas - mas não percebeu que conhecer com exatidão o paradeiro delas pode parecer algo suspeito. Faltou um pouco de esperteza por parte da protagonista...

Eu não gostei da Ruth, #prontofalei. Ela sofre bullying dos populares por seus quilos a mais e mesmo assim não aprendeu a conviver com as diferenças. Ela fica o tempo todo incomodando Jess por ela estar a fim de Rob, um caipira - como se o lugar da cidade que você mora a transformasse logo em uma idiota. Tá, Rob também não me conquistou, seu jeito bad boy não aquela pegada sedutora o suficiente. O romance é  bem sutil, não me arrancou suspiros, mas também já vi piores.

A narrativa é bem característica da Meg: doce, leve e com ótimas tiradas irônicas. A protagonista não tem muitas divagações internas, o que costuma irritar. Só senti um problema com o tempo da história: a sinopse dá muitas informações que demoram para chegar. Quando então finalmente estamos no clímax, bem pra lá da metade do livro, o desfecho é rápido demais, um fato puxa o outro e puf: estamos no final. É corrido demais!

Gostei bastante, mas não é o melhor livro da Meg. Estou colocando muitas expectativas no segundo livro, Codinome Cassandra, que espero que seja melhor e me surpreenda (assim como Sendo Nikki fez, considerando que não amei Cabeça de Vento). Personagens legais, história criativa... Quando cai o raio é bom, mas precisa de algo a mais.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

6 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar deste livro, mas nunca tive muito interesse em lê-lo. Mesmo sendo da Meg. Eu gosto bastante do jeito como ela escreve, normalmente são leituras mais leves e "fofas".
    Já li Sorte ou Azar dela e gostei, é uma leitura bem tranquila e rápida.
    Vou lê-lo e espero que seja bom. Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Ja vi esse livro ! E tenho vontade de ler ele mas ainda não achei pra comprar ! AFF ! Eu gosto bastante da Meg Cabot o meu preferido foi incasiavel ! Muito divertido de si ler ! Mais um pra minha lista de livros ! beijos !

    ResponderExcluir
  3. Aprendi a gostar da Meg. Todo livro que leio dela sempre gosto. Esse parece ter mais aventura, mais acao. Acho que vou gostar mais ainda.
    Adorei sua resenha.

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ler o livro depois dessa resenha, eu pensava que ele era algo sobre natural ou algo do tipo, agora espero ganhar ele de aniversário. Praticamente tudo que a Meg escreve é bom, o único livro dela que eu não gosto é Pegando Fogo.

    Beijos
    Thaila
    http://onlycrazygirl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da sua resenha, mas acho que não vai para a minha lista de desejados *-*
    Ainda não li nada da Meg Cabot... Mas já tenho outros títulos na lista. Esse "Quando cai o raio " não me encheu os olhos, nem achei a capa bonita, nem nada, apesar das suas 4 estrelinhas, ainda não quero ler. E você disse que falta um algo a mais... Aí pronto, não quero.

    Beijinhos
    @karolyne_so

    ResponderExcluir
  6. depois que li a serie da mediadora fiquei apaixonada pela autora...
    devorei os livros do diário da princesa em 2 tempos
    hahaha
    autora nota 10!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!