23 de fev de 2012

Morte e vida de Charlie St. Cloud por Ben Sherwood

Morte e vida de Charlie St. Cloud

Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

Autor: Ben Sherwood
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219183
Páginas: 304
Nota: 

Eu já contei por aqui que não tenho o melhor relacionamento do mundo com Nicholas Sparks (não joguem pedras, tá?). Ainda não senti uma magia louca vindo dos seus livros, como tanto me dizem que existe. Eu não tinha grandes esperanças com Morte e vida de Charlie St. Cloud, que ouvi falar que lembra muito as obras de Nicholas, mesmo que tenham me contado que o filme é bom. Foi uma surpresa me envolver com a história. E de um jeito bom, sabe?

Charlie St. Cloud morreu. Aos quinze anos, ele e o irmão mais novo, Sam, foram assistir um jogo de beisebol. Na volta, um terrível acidente tira a vida dos dois - só que Charlie é ressuscitado por um bombeiro ao mesmo tempo que promete ao irmão que, não importa o que acontecesse, eles ficariam juntos para sempre. Treze anos se passam, e a promessa continua em pé. Charlie agora trabalha em um cemitério - e consegue ver os mortos que ainda não "cruzaram a ponte/o véu/...", inclusive o irmão. Todas as tardes, eles se encontram para jogar beisebol e conversar. Até que Charlie conhece Tess Carrol, uma aventureira, e então começa a perceber se sua vida vai se resumir na morte do irmão.

Eu não esperava ser tocada tanto pela história. Se nas primeiras páginas as coisas começam devagar, quando o livro empolga, OMG! Ficar com os olhos cheios de lágrimas, a garganta seca e o coração apertado: sintomas já alertados. Tudo pronto para vc se acabar de chorar quando olhar o filme, no outro dia. Eu chorei durante TODO o filme, dava para encher rios e acabar com a escassez de água no mundo. #exagerada

Charlie é um personagem profundo, você sente sua dor, sua culpa por ter sido responsável pela morte de Sam - e, em parte, por ter sobrevivido. Mas ao mesmo tempo, ele consegue ser engraçado, ou no minimo, irreverente. Ele podia ser mais rancoroso com a vida, mas ele não tem raiva, só culpa e mais tristeza. Ele mudou sua vida por isso, abandonou os sonhos de universidade, namorar, casar..., só para ficar no cemitério perto do irmão.

Eu adorei a Tess! Ela planejava velejar ao redor do mundo, e antes vai visitar o túmulo do pai, e conhece Charlie. Eles são tão gracinhas juntos! Ela é divertida, espirituosa, e o faz ser também. Em meio a todo aquele drama, dá para sorrir nas cenas deles.

O autor é muito inteligente - e nem to falando sobre ele ser formado em Oxford e Harvard. Ben soube colocar as emoções do personagens bem clara para o leitor, mesmo o livro sendo em terceira pessoa. Morte e vida de Charlie St. Cloud passa uma mensagem muito linda. Me lembrou muito uma outra história famosa, mas que eu não posso falar senão entregaria todo o jogo. Ops.

Lindo, simplesmente lindo - e não to falando só do Zac Efron na capa, embora esse fato contribua e muito para a beleza do livro... *-* Os fãs de Nicholas Sparks vão amar, e os não muito fãs mas que gostam de uma boa história emocionante também. Recomendo - e olhe o filme depois, já preparada para chorar MUITO!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

6 comentários:

  1. Eu já assisti o filme mas não tenho vontade de ler o livro, sei lá.Joana passei aqui pra dizer que eu te mandei um selinho lá no blog.

    Beijos
    Thaila
    http://onlycrazygirl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Girlie! Já li Morte e Vida de Charlie St. Cloud e amei! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Esse Morte e vida de Charlie St. Cloud realmente me lembrou Nicholas Sparks.Você não gosta de Nicholas Sparks? Ok, eu também não morro de paixão. Eu detesto os finais dos livros, acho sempre triste. E como você mesma disse,se Ben Sherwood é formado em Oxford e Harvard, já tem muitos pontos a favor.
    Mas falando desse aqui,eu li sua resenha e adorei. Acho que resume muito bem pra quem ainda não leu o livro (como eu), mas está cuiroso a respeito. A capa do livro é bonita, mesmo sendo de filme, eu gostei, afinal Zac Efron ficou uma gracinha hehe
    Vou preparal os lencinhos para ler o livro e depois assistir o filme; o trailer eu assisti ontem, se não me falha a memória, e eu gostei bastante. Emocionante. As cenas de Charlie jogando beisebol com o irmão, com espírito de Sam são de arrepiar. E ele com Tess Carroll é tão fofo *-*
    Ah, e por falar em Zac Efron, você viu o trailer de "Um homem de sorte" ??? (Que também tem ele na capa) Esse é outro que que quero muito ler e assistir!
    Adoro romances, adoro livros e filmes nesse estilo e vou procurar pra comprar o mais rápido possivel.

    @karolyne_so
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. este livro é incrível
    eu li ele duas vezes já, só que quando vi o filme me decepcionei um pouco... acho que poderia ter sido melhor!

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não tive oportunidade de ler o livro ! Dizem que o livro é muito bom e que o filem foi um pouco decepcionante ! Quando tiver uma oportunidade vou ler concerteza esse livro !
    Gosto desse tipo de livros ! Muito boa a resenha ! Paranbens !

    ResponderExcluir
  6. Quero muito esse livro e já li resenhas super boas dele. Está na minha listinha de aquisições já faz um tempo, mas sempre vem algum que me chama mais a atenção e, sem querer, descarto-o para uma próxima vez. Mas logo logo pretendo adquiri-lo.
    Bom, eu realmente gosto dos livros do Nicholas Sparks, mesmo alguns com finais tristes. Acho uma leitura bem tranquila. E como vários comentaram que o livro lembra muito os dele, provavelmente gostarei de lê-lo. Mas voltando ao post... A resenha está ótima e só me deixou mais ansiosa para poder tê-lo.
    Ainda não vi o filme, pois prefiro SEMPRE ler o livro e apenas depois ir assisti-lo. Mas obrigada pela dica, terei lencinhos sempre ao meu lado. O ultimo filme que eu vi depois de ler o livro foi o “Um amor para recordar” e me acabei chorando, mais por saber a história do que realmente pelo filme. E é o Zac Efron não é?! Que também protagoniza o filme “Um Homem de Sorte” que também está na minha listinha.
    Como a sua resenha foi super positiva (e ótima), vou me apressar em poder tê-lo. E depois disso passo por aqui para dizer o que achei do livro. Bom, até mais!!

    @morelivros
    Beijos.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!