14 de fev de 2012

Bela Maldade por Rebecca James

Bela Maldade

Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...

Autora: Rebecca James
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570816
Páginas: 299
Nota: 

Escrever sobre amizade é sempre complicado. Pode parecer que não, mas pensa bem: esse é um assunto tão comum que nem sempre chama sua atenção. Tem que ter um quê a mais, um detalhe extra que faça valer a pena dar a chance para o livro, caso contrário é bem melhor ler algo que faça mais o seu estilo e que traga amizade, só que não como o principal. Já Bela Maldade, de Rebecca James, é um livro sobre manipulação, sobre problemas psicológicos onde a amizade é o fato marcante. É esse detalhe que faz desse livro uma história sobre amizade que vale conhecer.

Katherine mora com a tia, que vive viajando, e não se mistura com ninguém na escola nova para não precisar contar seu grande segredo, aquele que devastou sua família e obrigou a mudança. Mas isso muda quando Alice, a garota mais popular da escola, a convida para sua festa de aniversário. De repente elas se tornam melhores amigas, inseparáveis. Mas aos poucos, Katherine vai vendo que a simpática Alice pode ser bem cruel, nem um pouco amigável - e que não gosta de ouvir 'não'.

Bela Maldade não é um livro leve, as vezes é perturbador e até assustador. Enquanto vamos conhecendo a amizade entre Katherine e Alice, assim como a protagonista, vamos nos deixando encantar por aquela amiga divertida e acolhedora. Alice pode ser um doce quando quer, e Katherine - que sofre ao reprimir o seu passado - vê nela a chance de um recomeço, de esquecer o que aconteceu e se deixa envolver. Porém, quando as coisas começam a mudar, fica cada vez mais complicado não se arrepiar com os atos de Alice, de reconhecer traços psicóticos que a personagem principal não vê. Só senti uma falta de coerência no inicio da amizade, da abordagem de Alice, meio do nada e bastante forçada.

Os personagens são muito bem formados, cada um com suas características marcantes. Katherine é fechada quanto a seus sentimentos, mesmo estando na cabeça dela, as vezes fica difícil entender o que ela está sentindo. Sinceramente, não gostei muito dela. Alice é bipolar, sem mais. Robbie, o garoto amigo que sai com elas e é apaixonado por Alice, é muito fofo e inteligente. Ele tem as melhores sacadas, consegue ver a verdade por trás de Alice, mas mesmo assim não consegue deixar de ama-la.

A narrativa de Rebecca é viciante. Lá pela página 30, quando a história engrena de verdade, você se vê envolvida na amizade delas, perdida entre os capítulos e curiosa pelo desenlace - o que vamos conhecendo aos poucos, já que o livro é dividido entre três tempos: tem o passado, como era a vida de Katherine antes do desastre que aconteceu, o presente/passado, que é onde passa a maior parte do livro com a amizade entre as garotas, e o presente/futuro, cinco anos depois do final. Esses momentos posteriores são os mais leves, para acalmar um pouco o ritmo das outras passagens. 

Eu adorei - embora tenha ficado chateada com o final e realmente necessitada de um livro mais alegre depois.   Bela Maldade é bem construído, bem narrado e interessante. Além de que a história se passa na Austrália - saindo um pouco do high school americano clichê. Recomendo - e tenha um chick lit à espera!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

5 comentários:

  1. Agora esse livro eu quero ler ! Quatro estrelas , agora sim ! Eu gosto muito dessas historias de amizade ! Acho que fiquei um pouco triste por a personagem principal ver sua familia feliz desmonorar da noite pro dia ! Vou botar esse livro na lista skoob ! Concerteza ! Valeu pela dica e otima resenha ! A capa tambem e fofa ! Beijos !

    ResponderExcluir
  2. ADOREI!!!

    eu nunca tive interesse em ler este livro, mas sua resenha me cativou... adoro escritas cativantes, que nos surpreendem!

    um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca deu aquela vontade de ir saber mais sobre ele.
    Sua resenha foi ótima, o que só aumenta a minha curiosidade para lê-lo. Achei bem legal e espero que seja tão bom quanto o que você falou.
    Realmente quero um livro um pouco mais forte para ler. Me cansei um pouco de clichês leves e nada assustadores. Seria bom lê-lo para voltar ao suspense e me entreter mais com a história, me relacionando com os personagens e até possa me fazer refletir sobre as minhas amizades atuais.
    Mas não vou fazer muitas expectativas para esse livro. Não gosto quando me decepciono. Mas quando acabar de ler espero tirar a mesma conclusão que você e da-lo 4 estrelas.
    Até mais, beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu quero ler esse livro a um tempão!!!
    Parece super bom!
    Parabéns pela resenha!!!

    Beijão
    Magia Literária

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha visto esse livro, gostei um pouquinho da capa, vi até uma edição de "capas pelo mundo" dele, e um video que falava um pouquinho dele. Acho legal um livro falar sobre amizade, muda um pouco o foco do que estamos acostumadas (pelo menos eu), sempre romances. Acho que essa Alice é uma psicopata rs do tipo de amiga que se te chama pra fazer algo com ela hoje e você não pode, ela dá um jeito de descobrir o que é que te fez dizer não a ela, e ainda te atrapalhar. Como você mesma disse, ela não aceita um "Não". Não gosta de ser rejeitada e quer sempre ser a 1ª opção. Pode ser um doce de pessoa, enquanto está sendo bajulada. Enfim, esse livro já está na minha lista de desejados.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!