10 de jan de 2012

Uma Manhã Gloriosa

Título Original: Morning Glory
Gênero: Comédia Romântica
Duração: 102min
Origem: EUA
Estréia: EUA - 30 de julho de 2010
Estréia: Brasil - 1 de abril de 2011
Estúdio: Paramount Pictures
Direção: Roger Michell
Roteiro: Aline Brosh McKenna
Produção: J.J. Abrams, Bryan Burk

Eu tenho um certo problema com filmes que são inspirados em livros, e vocês que acompanham o blog já conhecem minhas teorias sobre o assunto. Eu enrolei até não poder mais para olhar o filme Uma Manhã Gloriosa, que é baseado no livro de Diana Peterfreund (autora da série Sociedade Secreta, que eu PRECISO resenhar). Só que o filme é ótimo, e se os planetas tiverem se realinhado, o livro pode ser ainda melhor. #euquero

Becky Fuller é uma produtora de televisão que sonha trabalhar no Today, o programa número um da manhã americana, mas ao invés disso acaba trabalhando no Daybreak, um programa falido e precisa levantar a audiência, contando somente com um assistente trabalhador mas não muito criativo, e uma equipe com péssimas ideias que não está acostumada a obedecer ordens. Depois de demitir o ancora, ela contrata Mike Pomeroy, um sucesso dos telejornais mal-humorado e cheio de manias. E tudo está cada vez mais perto de desmoronar...
Uma Manhã Gloriosa é uma comédia romântica fofa, onde o romance mesmo fica em segundo plano. O filme é focado no trabalho de Becky, no fato de ela ser uma workaholic que tenta e fracassa muitas vezes na tentativa de equilibrar vida amorosa e profissional - não que ela se importe muito com isso: ela vive para o trabalho e, se pudesse, dormiria no escritório. Becky é o esteriótipo perfeito da personagem que representa, com o smartphone em uma mão e a caneca de café na outra. Bem chick lit mesmo.

Mike Pomeroy é o maior desafio da história, cheio de manias de quem está há 40 anos na televisão e já ganhou todos os prêmios possíveis de jornalismo. Ele é chato, fechado e extremamente irritante. Ele não é um personagem previsível, já aviso. Colleen é a Ana Maria Braga do filme, animada, divertida e, bem..., meio forçada. Adam, o interesse amoroso de Becky, é centrado, equilibrado e poderia ser uma graça a mais se não fosse tão secundário. 
O filme é muito bom, o elenco é excelente e tem uma química ótima. Além de que a trilha sonora é perfeita (recomendo Free me da Joss Stone, Gone in the morning do Newton Faulkner e minha nova favorita, Strip me da Natasha Bedingfield). Uma manhã gloriosa é a prova de que atores carismáticos podem, sim, fazer sucesso com um propósito simples. Se o livro for tão bom quanto o livro, quero ler agora!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

5 comentários:

  1. Ainda não vi esse filme, mas li o livro e não gostei muito, esperava mais mesmo assim ainda quero muito ver o filme.

    Pelo que fiquei sabendo o filme que deu origem ao livro, li isso na capa e vi em algumas resenhas também.

    ResponderExcluir
  2. Nathália de A. S.11 de janeiro de 2012 17:38

    Gostei do trailer... Vou ver o filme.
    Já tinha passado pelo livro algumas vezes, mas nunca me interessei em ler...
    Mudei de idéia! rsrs.

    Beijoo Jo!

    @nathalia_asc

    ResponderExcluir
  3. hahaha, também tenho problemas com filmes baseados em livros, apesar de ter vários que são muito bons e que eu amo. Já vi o filme e é super legal, o que me deu a dúvida sobre o livro também ser foi: imaginei eu lendo, e não sei se o livro prenderia tanto quanto o filme. Mas enfim... deve ser ótimo.

    ResponderExcluir
  4. Com certeza eu tenho sérios problemas com adaptações de livros pra filmes... porque é muito mas muito raramente que conseguem trazer a essencia do livro ao filme, sempre fica falatando um parte que vc sabe que era essencial pro filme mas no fim acabaram não colocando... eu tenho esse filme aqui no computador e nunca achei tempo de assistir... acho que tá na hora de ver pra poder comentar também... pela resenha aparenta ser muito bom!! Parece que é daqueles filmes divertidos e que te distraem quando se assiste!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, esse é o filme que eu tenho quase certeza que eu vou amar!!!!!
    É bem próximo do ramo que eu quero trabalhar, programas ao vivo são um desafio.
    O trailer é tão divertido. E o que você falou sobre a trilha sonora é bem verdade. Muitas vezes Joana, eu acabo prestando mais atenção na trilha sonora que no filme em si.
    Esse é o tipo de filme que eu convido minha mãe pra ver comigo. Ela ama o Harrison Ford.
    Ainda me lembro do tanto de filmes que vi dele quando era pequena só pra fazer minha mãe feliz.
    E a Rachel McAdams está no elenco *-* ela é uma fofinha.
    Eu verei esse filme com Mam's esse fim de semana.
    Desde que cresci eu adoro ver filmes realistas e com finais trágicos, dramas e etc e minha mãe odeia filmes assim. É ótimo ter opções de filmes que nós duas vamos gostar, obrigada Joana.
    Super beijo

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!